Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Francisco Xavier Carneiro

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
1765 Brasil / Minas Gerais / Mariana
07.08.1840 Brasil / Minas Gerais / Mariana

Dilúvio (detalhe do forro da nave), 1807
Francisco Xavier Carneiro
Pintura sobre madeira

Francisco Xavier Carneiro (Mariana MG 1765 - idem 1840). Pintor, dourador, encarnador e louvador. Era filho de uma escrava, sendo alforriado provavelmente por ocasião de seu batizado. Em 1793, realiza a policromia e douramento dos altares colaterais da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Itabirito (Minas Gerais). Três anos depois, é o respons...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Francisco Xavier Carneiro (Mariana MG 1765 - idem 1840). Pintor, dourador, encarnador e louvador. Era filho de uma escrava, sendo alforriado provavelmente por ocasião de seu batizado. Em 1793, realiza a policromia e douramento dos altares colaterais da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Itabirito (Minas Gerais). Três anos depois, é o responsável pela avaliação das obras de pintura da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto (Minas Gerais). Em 1799, é contratado para encarnar as estátuas dos Passos do Horto, Paixão, Coroação e Cruz às Costas, esculpidas por Aleijadinho, para o Santuário do Bom Jesus de Matozinhos. Em Mariana (Minas Gerais), faz o forro da nave da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, em 1807, e, por volta de 1826, executa os forros das naves da Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo. Em Itaverava (Minas Gerais), faz o forro da nave da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em 1824.

Obras 2

Abrir módulo

Exposições 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • ARAÚJO, Emanoel (org.). A Mão afro-brasileira: significado da contribuição artística e histórica. São Paulo, SP: Tenenge, 1988.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • MARTINS, Judith. Dicionário de artistas e artífices dos séculos XVIII e XIX em Minas Gerais. Rio de Janeiro: Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1974. 2v. 335p. (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 27).
  • OLIVEIRA, Myriam Andrade Ribeiro de. A pintura de perspectiva em Minas colonial: ciclo Rococó. Barroco, Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, n. 12, p. 171-180, 1982.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: