Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Federico Oppido

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 03.08.2016
01.09.1877 Itália / Basilicata / Tito
16.05.1950 Brasil / São Paulo / São Paulo
Federico Oppido (Tito, Basilicata, Itália 1877 - São Paulo, São Paulo, 1950). Moveleiro, decorador de interiores e desenhista. Descendente de uma família de pintores e moveleiros, imigra com a família para o Brasil em 1888, estabelecendo-se na cidade de São Paulo. Em 1900, funda em sociedade com o irmão Nicola, a Federico Oppido & C., fábrica de...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Federico Oppido (Tito, Basilicata, Itália 1877 - São Paulo, São Paulo, 1950). Moveleiro, decorador de interiores e desenhista. Descendente de uma família de pintores e moveleiros, imigra com a família para o Brasil em 1888, estabelecendo-se na cidade de São Paulo. Em 1900, funda em sociedade com o irmão Nicola, a Federico Oppido & C., fábrica de móveis e tapeçaria, futuramente denominada Fábrica de Móveis Federico Oppido & Irmão. A empresa trabalha por encomendas produzindo móveis para particulares e lojas especializadas. Entre seus clientes estão D. Olívia Guedes Penteado (1872-1934), o conselheiro Antônio da Silva Prado, o presidente da província Altino Arantes, o arquiteto Christiano Stockler das Neves (1889-1982), a Casa Andrade, a Móveis Jacob Lafer e a Móveis Teperman entre outros.  Em 1929, desfaz a sociedade com o irmão e funda uma nova fábrica A Futurista. Na década de 1930, produz uma cama de viúva para D. Olívia Guedes Penteado, adquirida anos mais tarde pelo colecionador Adolpho Leirner (1935) para integrar sua coleção de arte construtiva. Para a historiadora Maria Cecília Naclério Homem, o artista  "[...] Produziu obras no ecletismo, em art nouveau e em art déco, [...]. Federico Oppido fez parte do movimento de modernização do móvel no Brasil, por ter realizado importantes trabalhos neste último estilo e por ter colaborado com o artista suíço-brasileiro John Graz, na confecção de móveis tubulares, que decoraram os interiores das primeiras residências modernistas em São Paulo, projetadas pelo arquiteto Gregori Warchavchik".1 A partir da década de 1940, trabalha por conta produzindo móveis que são vendidos para a Móveis Lafer.

Nota
1 HOMEM, Maria Cecília Naclério. Presença da Itália na produção do móvel e do desenho brasileiros: "Fábrica de Móveis Federico Oppido & Irmão". Pós, v.18, n.30, São Paulo, dez. 2011. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v18i30p138-153 >. Acesso em: 01 ago. 2016.

Exposições 3

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 1

Abrir módulo
  • HOMEM, Maria Cecília Naclério. Presença da Itália na produção do móvel e do desenho brasileiros: "Fábrica de Móveis Federico Oppido & Irmão". Pós, v.18, n.30, São Paulo, dez. 2011. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v18i30p138-153 >. Acesso em: 01 ago. 2016.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: