Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Petrônio Bax

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 12.04.2017
11.05.1927 Brasil / Minas Gerais / Carmópolis de Minas
19.11.2009 Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte
Petrônio Pereira Bax (Carmópolis de Minas MG 1927 - Belo Horizonte MG 2009). Pintor, escultor e desenhista. Filho de pai holandês e mãe brasileira, interessa-se por desenho e escultura desde a infância. Inicia-se nas artes como autodidata, por volta de 1940, em Belo Horizonte. Nessa cidade, estuda pintura com Guignard (1896-1962) e escultura com...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Petrônio Pereira Bax (Carmópolis de Minas MG 1927 - Belo Horizonte MG 2009). Pintor, escultor e desenhista. Filho de pai holandês e mãe brasileira, interessa-se por desenho e escultura desde a infância. Inicia-se nas artes como autodidata, por volta de 1940, em Belo Horizonte. Nessa cidade, estuda pintura com Guignard (1896-1962) e escultura com Franz Weissmann (1911-2005), no Instituto de Belas Artes da Escola Guignard, entre 1946 e 1951. Pinta paisagens de Minas Gerais, flores e retratos, porém o mar é o tema mais constante em suas telas, herança das histórias contadas por seu pai sobre a Holanda. Na década de 1970, recebe duas homenagens em Belo Horizonte: a crítica o escolhe como Destaque das Artes do ano de 1972 e a Minas Filmes produz um filme sobre ele, lançado em 1978. Em 1986, é eleito membro efetivo do conselho curador da Escola Guignard. Além de dedicar-se à pintura, escreve poesias. Em 1999, publica o livro Espelho de Alexandra. É membro fundador da Academia de Letras de Divinópolis. Aparece nos principais dicionários e enciclopédias de Artes Plásticas do país, bem como em livros, vídeos e documentários sobre a vida de Guignard. Em Divinópolis, há uma galeria que leva seu nome.

Exposições 83

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 13

Abrir módulo
  • Bax : Trinta anos de vida artística 1944/1974. Belo Horizonte, 1974.
  • CONTAGEM. Prefeitura. Alunos de Guignard em Contagem. Curadoria Maristella Tristão; apresentação Newton Cardoso. Contagem, 1997. s. p. il. color.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • EXPOSIÇÃO dos murais das escolas municipais de Belo Horizonte. Belo Horizonte: [s.n.], 1976. , il. color.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • O adeus a Petrônio Bax. Disponível em: . Acesso em: 31 ago. 2010. Não catalogada
  • O mundo submerso de Bax. O Estado de Minas : catálogo. Belo Horizonte, 1974c.
  • PETRÔNIO BAX. Disponível em : [www. chica. com. br/agosto2000/15_bem_vindo/naarea. htm]. Acesso em : 25 de out. 2001.
  • PETRÔNIO BAX. Disponível em : [www. chica. com. br/setembro2000/14_bem_vindo/naarea. htm]. Acesso em : 25 de out. 2001.
  • RIBEIRO, Marília Andrés (org.); SILVA, Fernando Pedro da (org.). Um século de história das artes plásticas em Belo Horizonte. Belo Horizonte: C/Arte, 1997. (Centenário).
  • SALÃO GLOBAL DE INVERNO, 8. , 1981, Belo Horizonte, MG. Minas / Arte atual. Belo Horizonte: Rede Globo, 1981.
  • UTOPIAS contemporâneas. Curadoria José Alberto Nemer. Belo Horizonte: Fundação Palácio das Artes, 1992.
  • VIEIRA, Ivone Luzia. A Escola Guignard na cultura modernista de Minas: 1944-1962. Pedro Leopoldo: Companhia Empreendimento Sabará, 1988.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: