Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Augusto Rodrigues Duarte

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 14.06.2017
28.06.1848 Portugal / Beira Alta / Nespereira
17.11.1888 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
AUGUSTO RODRIGUES DUARTE

Banhistas, 1884
Augusto Rodrigues Duarte
Óleo sobre tela, c.i.e.
40,00 cm x 28,50 cm

Augusto Rodrigues Duarte (Nespereira, Portugal 1848 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1888). Pintor e desenhista. Chega ao Rio de Janeiro ainda criança. Em 1866, matricula-se na Academia Imperial de Belas Artes (Aiba), onde tem aulas com Victor Meirelles (1832-1903) e recebe várias premiações em pintura histórica e em modelo vivo. Em 1874, viaja...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Augusto Rodrigues Duarte (Nespereira, Portugal 1848 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1888). Pintor e desenhista. Chega ao Rio de Janeiro ainda criança. Em 1866, matricula-se na Academia Imperial de Belas Artes (Aiba), onde tem aulas com Victor Meirelles (1832-1903) e recebe várias premiações em pintura histórica e em modelo vivo. Em 1874, viaja por conta própria a Paris e inscreve-se na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts [Escola Nacional Superior de Belas Artes], tornando-se discípulo de Jean-Léon Gérôme (1924-1904). Participa do Salão de Paris de 1877, com Interior da Galeria de Apolo no Louvre. Na Exposition Universelle [Exposição Universal] de Paris, de 1878, apresenta a tela Exéquias de Atalá. De volta ao Brasil em 1879, recebe a medalha de ouro na Exposição Geral de Belas Artes desse ano. Em 1882, expõe Exéquias de Atalá no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Em 1885, o governo imperial brasileiro adquire a peça, que hoje integra o acervo do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA). Na Exposição de 1884, apresenta Lagoa nas Margens do Paraíba, Vista da Cascata Grande da Tijuca e Militar pensativo e é agraciado com o título de Cavaleiro da Ordem Imperial da Rosa. É incluído nas mostras Exposição de Paisagem Brasileira, de 1944, Retrospectiva da Pintura no Brasil, de 1948, ambas no MNBA, e na 2ª Bienal de São Paulo, de 1953, na sala A paisagem brasileira até 1900.

Obras 2

Abrir módulo
AUGUSTO RODRIGUES DUARTE

Banhistas

Óleo sobre tela

Exposições 15

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 19

Abrir módulo
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979.
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997.
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942.
  • BUENO, Alexei. O Brasil do século XIX na Coleção Fadel. Rio de Janeiro: Instituto Cultural Sergio Fadel, 2004.
  • CAMPOFIORITO, Quirino. História da pintura brasileira no século XIX. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1983.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • DORIA, Escragnolle. Augusto Duarte. Revista da Semana, Rio de Janeiro, 30 de jul. 1941.
  • DUQUE, Gonzaga. A Arte brasileira: pintura e esculptura. Rio de Janeiro: H. Lombaerts & C., 1888. 254 p.
  • DUQUE, Gonzaga. A arte brasileira: pintura e esculptura. Introdução Tadeu Chiarelli. Campinas: Mercado de Letras, 1995. (Arte: ensaios e documentos).
  • FREIRE, Laudelino. Um século de pintura: apontamentos para a história da pintura no Brasil de 1816-1916. Rio de Janeiro: Fontana, 1983.
  • GONZAGA-DUQUE, A arte brasileira. Rio de Janeiro: s.n., 1888.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • LAGOA Rodrigo de Freitas: imagens do passado e do presente, pinturas e fotografias. Apresentação Max Perlingeiro; texto Pedro Vasquez. Rio de Janeiro: Acervo galeria de arte, 1986. 52 p., il. color.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • REIS JÚNIOR, José Maria dos. História da pintura no Brasil. Prefácio Oswaldo Teixeira. São Paulo: Leia, 1944.
  • RUBENS, Carlos. Pequena história das artes plásticas no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1941. (Brasiliana. Série 5ª: biblioteca pedagógica brasileira, 198).
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: