Artigo da seção pessoas Alina Okinaka

Alina Okinaka

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deAlina Okinaka: 10-08-1920 | Data de morte 02-12-1991 Local de morte: (Brasil / São Paulo / São Paulo)

Biografia

Alina Okinaka (Hokkaido Japão 1920 - São Paulo SP 1991). Pintora. Imigra para o Brasil em 1930, onde entre 1944 e 1948, estuda pintura, com Alfredo Oliani e Dario Mecatti, no Instituto de Belas-Artes Bom Pastor. Um ano depois, em 1949, trabalha na Cerâmica Tasca, com Flávio Shiró e Kenjiro Masuda e integra o Grupo 15 ou do Jacaré e o Grupo Seibi; além de participar do Grupo Guanabara em 1959, todos em São Paulo.

Dentre as exposições de que participa, destacam-se: Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, várias edições entre 1952 e 1957; Salão do Grupo Seibi, São Paulo, várias edições entre 1952 e 1970 (várias vezes premiada); Salão Nacional de Belas-Artes, Rio de Janeiro, 1953; Coletiva do Grupo Guanabara, São Paulo, 1953/1959; Salão Bunkyô, São Paulo, várias edições entre 1972 e 1987 (várias vezes premiada); Coletiva de Artistas Nikkeis do Brasil, na Odakyu Art Gallery, Tóquio, Japão, 1988.

Postumamente, suas obras figuram nas mostras: Retrospectiva Grupo Guanabara, no Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, São Paulo, 1992; Alina e Massao Okinaka - Perenidade e Vida, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, 1993; São Paulo: Visão dos Nipo-Brasileiros, no Museu Lasar Segall, São Paulo, 1998.

Outras informações de Alina Okinaka:

  • Outros nomes
    • Alina Rei Takaishi
  • Habilidades
    • Pintora
  • Relações de Alina Okinaka com outros artigos da enciclopédia:

Exposições (20)

Artigo sobre 4º Salão Bunkyo

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de início4º Salão Bunkyo: 1975
Resumo do artigo 4º Salão Bunkyo:

Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistencia Social (São Paulo, SP)

Fontes de pesquisa (6)

  • ALINA e Massao Okinaka: perenidade e vida. Organizado por Aliança Cultural Brasil-Japão, São Paulo, SP. Texto de M. Cecília França Lourenço. São Paulo: Massao Ohno, 1993.
  • ALINA e Massao Okinaka: perenidade e vida: exposição retrospectiva. Apresentação de M. Cecília França Lourenço. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1993. Convite.
  • GRUPO Guanabara 1950-1959. Textos de Janeta Zaidman Charatz e Heloisa Maria Pinheiro de Abreu Meirelles. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa - Escritório de Arte, 1992.
  • JO SLAVIERO GALERIA DE ARTE. SLAVIERO, Josiane (coord.). Grupo Seibi. São Paulo: Escrituras, 1998.
  • LOURENÇO, Maria Cecília França (org.). São Paulo: visão dos nipo-brasileiros. Tradução Kiyomi Muramoto. São Paulo: Museu Lasar Segall, 1998. 103 p.
  • PRIMAVERA. Apresentação de Tsuyoshi Mizumoto. São Paulo: Liberdade Garô Galeria de Arte, 1987.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ALINA Okinaka. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa22265/alina-okinaka>. Acesso em: 20 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;