Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Ribeiro Couto

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
12.03.1898 Brasil / São Paulo / Santos
30.05.1963 França / Ile de France / Paris
Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Jeux de l'apprenti Animalier, 1955
Ribeiro Couto
Brasiliana Itaú/Acervo Banco Itaú

Rui Esteves Ribeiro de Almeida Couto (Santos SP 1898 - Paris, França 1963). Poeta, contista, cronista, ensaísta, romancista, diplomata e jornalista. Em 1912, ingressa no jornal santista A Tribuna, e mantém desde então uma intensa relação com o jornalismo. Muda-se para São Paulo, em 1915, para estudar na Faculdade de Direito do Largo de São Franc...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Rui Esteves Ribeiro de Almeida Couto (Santos SP 1898 - Paris, França 1963). Poeta, contista, cronista, ensaísta, romancista, diplomata e jornalista. Em 1912, ingressa no jornal santista A Tribuna, e mantém desde então uma intensa relação com o jornalismo. Muda-se para São Paulo, em 1915, para estudar na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Três anos depois, ganha o concurso literário da revista A Cigarra com o poema Anhangabaú e com o dinheiro do prêmio muda-se para o Rio de Janeiro, onde conclui o curso de direito na Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais. Trabalha nos periódicos Gazeta de Notícias e A Época. Nesse período, é apresentado ao poeta Manuel Bandeira (1886 - 1968), que se torna seu melhor amigo. Em 1921, publica seu primeiro livro de poemas, O Jardim das Confidências, com capa do artista plástico Di Cavalcanti (1897 - 1976), e, em 1922, a conselho médico, muda-se para Campos do Jordão, São Paulo, para se tratar de tuberculose. No mesmo ano, publica seus dois primeiros livros de contos, A Casa do Gato Cinzento e O Crime do Estudante Batista. Muda-se para Marselha, França, em 1928, como auxiliar no consulado do Brasil e, em 1931, transfere-se para Paris, como adido no consulado geral. Em 1934, é eleito para a cadeira número 26 da Academia Brasileira de Letras - ABL. Por causa de suas atividades diplomáticas, reside em países, como Holanda, Portugal, Suíça e Iugoslávia (na atual região de Sérvia e Montenegro). Aposenta-se em 1963.

Obras 1

Abrir módulo

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: