Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Marcelo Gama

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 05.05.2017
03.03.1878 Brasil / Rio Grande do Sul / Mostardas
07.03.1915 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Marcelo Gama (Mostardas, Rio Grande do Sul, 1878 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1915). Fez apenas os estudos primários, em Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, em 1875. No período de 1898 a 1900, fundou o jornal Artes e Letras, em Porto Alegre, e a revista Lua, em Cachoeira do Sul. Em 1899 teve estréia sua peça A Peste Bubônica, co-autoria de...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Marcelo Gama (Mostardas, Rio Grande do Sul, 1878 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1915). Fez apenas os estudos primários, em Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, em 1875. No período de 1898 a 1900, fundou o jornal Artes e Letras, em Porto Alegre, e a revista Lua, em Cachoeira do Sul. Em 1899 teve estréia sua peça A Peste Bubônica, co-autoria de Zéferino Brasil, na capital gaúcha, encenada pela Companhia Silva Pinto. Publicou crônicas sobre O Salão de Artes Estadual, no jornal Correio do Povo, em 1901. No ano seguinte, foi lançado seu primeiro livro de poesia, Via Sacra, de estética simbolista. Ainda em 1902, ocorreram as estréias do monólogo O Sonho e da peça teatral O Sol-à-Mão, escritos em parceria com Zéferino Brasil. Em 1903, teve seus poemas Versos de um Coração e Ode à Morte publicados no Almanaque Literário Estatístico do Rio Grande do Sul. Na década de 1910, publicou ainda Avatar (1904) e Noite de Insônia (1907). Em 1944, foi lançado o livro póstumo Via Sacra e Outros Poemas. Segundo a crítica Regina Zilberman, "a inauguração da estética simbolista no Sul é atribuída a Marcelo Gama, autor de Via Sacra, de 1902".

Fontes de pesquisa 7

Abrir módulo
  • AGUIAR, Vera Teixeira de. Marcelo Gama. Porto Alegre: IEL, 1989. (Letras rio-grandenses).
  • BARRETO, Lima. Um fato. In: ___. Vida urbana: artigos e crônicas. Pref. Antônio Houaiss. 2.ed. São Paulo: Brasiliense, 1961. (Obras de Lima Barreto, 11). p.90-91
  • GÓES, Fernando. Marcelo Gama. In: ___. Panorama da poesia brasileira: o Simbolismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1959. v.4. p.304-307
  • MURICY, Andrade. Marcelo Gama. In: ___. Panorama do movimento simbolista brasileiro. 2.ed. Brasília: INL, 1973. v.2. (Literatura brasileira, 12). p.714-727
  • RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Marcelo Gama. In: ___. Poesia simbolista: antologia. São Paulo: Melhoramentos, 1965. p.316-321
  • SCHULER, Donaldo. Consolidação e reorientação da poesia nas duas primeiras décadas do século XX: Marcelo Gama. In: ___. A poesia no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Mercado Aberto: IEL, 1987. (Documenta, 22). p.99-101
  • ZILBERMAN, Regina. Os simbolistas. In: ___. A literatura do Rio Grande do Sul. 3.ed. atual. e ampl. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1992. (Série revisão, 2). p.21-41

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: