Artigo da seção pessoas Fernando Paixão

Fernando Paixão

Artigo da seção pessoas
Literatura  
Data de nascimento deFernando Paixão: 07-12-1955 Local de nascimento: (Portugal / Beira Alta / Beselga)

Fernando Augusto Magalhães Paixão (Beselga, Portugal 1955). Poeta, editor e ensaísta. Além da dedicação ao trabalho editorial, Fernando Paixão produz uma poesia reflexiva, seja sobre as ausências e memórias da terra natal até a própria língua portuguesa.

Muda-se com a família para o Brasil em 1961. Forma-se em jornalismo, em 1979, pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP) e passa a se dedicar a literatura, publicando seu livro de estreia, Rosa dos Tempos, em 1980 - renegado posteriormente pelo autor. Considera seu primeiro livro Fogo dos Rios, de 1989. No ano seguinte gradua-se mestre teoria e história literatura, também pela Universidade de São Paulo, com tese que se debruça na poética do escritor português Mario de Sá-Carneiro (1890-1916).

Em 1994, publica 25 Ajulezos e em 2001, Poeira, livro de poemas que resgatam elementos de sua terra natal e acontecimentos de sua biografia sem, no entanto, tentar recontruir sua vida na aldeia portuguesa de origem, mas mostrar sua perda na mudança para o Brasil e como essas vivências se tranformaram ao longo do tempo. Em Poeira, Fernando Paixão revisita não apenas sua origem, mas suas produções anteriores. Fernano Paixão transita também pela literatura infanto-juvenil ao publicar Poesia a gente inventa (1996).

Sua poesia é marcadamente lírica, apresentando imagens de conteúdo essencial, associadas com freqüência à natureza.

Sua origem traz ainda a influência de escritores como Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro, analisado em sua tese de mestrado, publicada em 2003, com o título Narciso em Sacríficio. Dois anos depois, publica A parte da Tarde.

Escreve artigos em jornais e revistas sobre temas relacionados à literatura e mercado editorial. Em 2004, defende doutorado sobre o gênero do poema em prosa, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e, no ano seguinte, é visiting writer [escritor visitante] da Universidade de Berkeley, Estados Unidos. Atua como editor, por mais de três décadas na Editora Ática, até 2007.

Volta a escrever para o público infanto juvenil com Dia Brinquedo (2009), ano em que torna-se professor da Universidade de São Paulo, vinculado ao Intituto de Estudos Brasileiros (IEB), além lecionar como professor visitante em universidades internacionais como University of California, Los Angeles (UCLA), em 2009 e 2019 e na Universidade de Lisboa, em 2014.

Em 2017, publica O manual do estilo desconfiado: em 25 lições, no qual Fernando Paixão analisa de forma bem humorada as possibilidades da língua e da escrita. Publica ainda os livros de ensaios Arte da pequena reflexão (2014) e Acontecimento da poesia (2019).

Com grande experiência no mercado editorial, Fernando Paixão não apenas escreve poesia como colabora para a análise da produção poética, seja através de suas análises acadêmicas da obra de seus contemporâneos, como na contribuição para períodos sobre a produção e publicação de obras brasileiras.

Outras informações de Fernando Paixão:

  • Outros nomes
    • Fernando Augusto Magalhães Paixão
  • Habilidades
    • Jornalismo
    • Filosofia
    • Poeta
    • editor de livros
    • ensaísta

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (4)

  • COELHO, Marcelo. Fernando Paixão expressa a perda de suas vivências. Folha de S.Paulo. 25 ago. 2001. Ilustrada. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2508200114.htm. Acesso em: 09 jun. 2020
  • FRANCESCHI, Antônio de. Versos rarefeitos pintam azulejos poéticos. Folha de S.Paulo. 30 out. 1994. Ilustrada. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/1994/10/30/mais!/19.html Acesso em: 09 jun. 2020
  • MASSI, Augusto (org.). Fernando Paixão. In: ________. Artes e ofícios da poesia. Porto Alegre; São Paulo: Artes e Ofícios: Secretaria Municipal de Cultura, 1991. p. 307-314.
  • PAIXÃO, Fernando Augusto Magalhães. Currículo do sistema currículo Lattes. [Brasília]. 05 jun. 2020. Disponível em: http://lattes.cnpq.br/3385605974230201.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • FERNANDO Paixão. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21830/fernando-paixao>. Acesso em: 17 de Mai. 2021. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7