Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Álvaro Moreyra

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
23.11.1888 Brasil / Rio Grande do Sul / Porto Alegre
12.09.1964 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Álvaro Maria da Soledade Pinto da Fonseca Vellinho Rodrigues Moreira da Silva (Porto Alegre RS 1888 - Rio de Janeiro RJ 1964). Cronista, poeta, dramaturgo, diretor teatral, jornalista e radialista. Sob influência do simbolismo francês, em 1909, estréia com o livro de poemas Degenerada. No ano seguinte muda-se para o Rio de Janeiro e forma-se em ...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Álvaro Maria da Soledade Pinto da Fonseca Vellinho Rodrigues Moreira da Silva (Porto Alegre RS 1888 - Rio de Janeiro RJ 1964). Cronista, poeta, dramaturgo, diretor teatral, jornalista e radialista. Sob influência do simbolismo francês, em 1909, estréia com o livro de poemas Degenerada. No ano seguinte muda-se para o Rio de Janeiro e forma-se em direito. Viaja pela Europa, entre 1913 e 1914, casando-se na volta com a atriz e feminista Eugênia Brandão (1899 - 1948) - a residência do casal torna-se ponto de encontro de artistas e intelectuais cariocas. Em 1918 assume a direção da revista Paratodos, que revela vários escritores e artistas plásticos modernistas, como Mário de Andrade (1893 - 1945), Oswald de Andrade (1890 - 1954), Manuel Bandeira (1886 - 1968), Carlos Drummond de Andrade (1902 - 1987), Murilo Mendes (1901 - 1975), Tarsila do Amaral (1886 - 1973) , Oswaldo Goeldi (1895 - 1961), Di Cavalcanti (1897 - 1976), entre outros. Cria o Teatro de Brinquedo, em 1927, primeiro eco da Semana de Arte Moderna de 1922 na área teatral. Entre 1942 e 1951 trabalha como criador e intérprete de crônicas na Rádio Cruzeiro do Sul e apresentador dos programas Folhas Mortas e Conversa em Família, na Rádio Globo. É eleito membro da Academia Brasileira de Letras - ABL em 1959. Deixa uma série de crônicas e poemas inéditos, reunidos e publicados postumamente, em 1994, no livro Cada um Carrega o seu Deserto.

Espetáculos 6

Abrir módulo

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: