Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Daniel Renault

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 10.04.2017
25.01.1966 Brasil / Minas Gerais / Belo Horizonte

Sem Título, 1990
Daniel Renault
Matriz-negativo

Daniel Rabelo Tamm Renault (Belo Horizonte, Minas Gerais, 1966). Fotógrafo e publicitário. Estuda fotografia criativa, publicitária e vídeo na Escola Politécnica de Londres, entre 1985 e 1987. Depois de atuar como assistente nos dois anos seguintes, trabalha como chefe do laboratório e assistente de curadoria do Setor de Fotografia do Museu da I...

Texto

Abrir módulo

Biografia 

Daniel Rabelo Tamm Renault (Belo Horizonte, Minas Gerais, 1966). Fotógrafo e publicitário. Estuda fotografia criativa, publicitária e vídeo na Escola Politécnica de Londres, entre 1985 e 1987. Depois de atuar como assistente nos dois anos seguintes, trabalha como chefe do laboratório e assistente de curadoria do Setor de Fotografia do Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS/SP), no período compreendido entre 1989 e 1993. Nesse ano, realiza exposição individual integrando o  projeto Foto de Autor, do MIS. Ainda em 1993, participa da coletiva Fotos Noturnas, promovida pela Aliança Francesa. No ano seguinte, integra exposição coletiva no Paço das Artes de Belo Horizonte e participa da Retrospectiva de Fotografia Brasileira realizada pelo Sesc Pompéia, em São Paulo. Entre 1993 e 1997, realiza cenário fotográfico para a peça teatral Othello, indicada para o prêmio Shell de melhor cenografia. Direciona-se, a partir de 1996, para a fotografia publicitária, montando estúdio próprio e criando a empresa Mamute Mídia, no ano seguinte, para atuar nos campos da mídia interativa e da produção de cd-roms. Desde então, realiza trabalhos para agências, escritórios de design gráfico e relatórios anuais corporativos. Atualmente, Daniel Renault é fotógrafo e editor de fotografia da revista Qual é? do portal Terra.

Análise

A prática artística de Renault caracteriza-se pela adoção e conjugação de vários gêneros fotográficos. Em 1990, Renault participa do projeto Foto de Autor, promovido pelo Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS/SP). Nas fotos em preto-e-branco apresentadas pelo artista, vemos cenas da metrópole durante a madrugada. O fotógrafo percorre as ruas vazias com sua câmera, registrando praças desertas e trabalhadores da noite, num contraponto ao frenesi que caracteriza a mesma metrópole durante o dia. Fotografando cenas urbanas noturnas, tema recorrente em sua trajetória artística, Renault realiza uma série de cunho documental. Porém, a essa intenção de registro une-se um claro propósito autoral. O artista procura qualificar suas imagens vinculando-as à singularidade de seu olhar. Seleciona enquadramentos, composições e luz de modo a criar um ambiente que reflita seu envolvimento com os lugares que fotografa. Esse hibridismo de gêneros também está presente nos retratos que Renault faz. Em 1991, o artista desenvolve a série Criança, como parte do projeto Documentação Fotográfica do MIS, em 1991. Nesta série, o tema do menor abandonado é trabalhado pelo fotógrafo através de retratos inseridos no cotidiano de um menino de rua, mostrando seu dia-a-dia num cortiço e em instituições de amparo ao menor. Atualmente, Renault possui agência própria, na qual também realiza projetos de fotografia publicitária e corporativa.

Obras 11

Abrir módulo

Sem Título

Ensaio técnica sanduíche de vidro e matriz-positivo

Exposições 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 3

Abrir módulo
  • RENAULT, Daniel. Criança. São Paulo: MIS, 1991. , il. p&b.
  • RENAULT, Daniel. Currículo enviado pelo artista.
  • RENAULT, Daniel. Daniel Renault. São Paulo: MIS, 1990. (Foto de Autor).

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: