Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Edgard de Souza

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 21.06.2017
1962 Brasil / São Paulo / São Paulo

Bagos, 1993
Edgard de Souza
Couro sobre madeira

Edgard de Souza (São Paulo, São Paulo, 1962). Pintor, escultor, desenhista e gravador. Inicia estudos artísticos na Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado, em São Paulo; licencia-se em 1984. Na faculdade, entra em contato com artistas ligados à arte conceitual, em especial Nelson Leirner (1932). Além de objetos tridime...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Edgard de Souza (São Paulo, São Paulo, 1962). Pintor, escultor, desenhista e gravador. Inicia estudos artísticos na Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado, em São Paulo; licencia-se em 1984. Na faculdade, entra em contato com artistas ligados à arte conceitual, em especial Nelson Leirner (1932). Além de objetos tridimensionais, executa desenhos, gravuras e pinturas.

Entre 1998 e 1999, elabora uma série de cibachromes, técnica fotográfica na qual o artista se retrata em luta e interação consigo mesmo. Desde a década de 90, participa de importantes mostras no Brasil e no exterior. Em 2000, a editora Cosac & Naify publica o livro Edgard de Souza, de autoria do crítico Carlos Basualdo.

Análise

A obra de Edgard de Souza parte da descontextualização de objetos cotidianos. Nessa operação o artista busca desestabilizar conceitos e convenções sobre arte, propondo um novo olhar sobre objetos e formas que estão à volta e a construção de novos sentidos e significados. Esse pensamento está fortemente ligado a propostas da arte conceitual, possivelmente relacionadas a sua formação, com artistas como Regina Silveira (1939) e Nelson Leirner (1932), no curso de artes plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap). Entre 1989 e 1990 produz obras nas quais utiliza materiais como pele de vaca, cobra e carneiro, madeira, espuma e veludo, que indicam formas de mobiliários e são apresentadas de maneira inusitada e irônica.

Outro importante aspecto de sua obra é a produção de objetos e esculturas que remetem ao corpo humano. São formas que se aproximam do imaginário surrealista, ambíguas e fragmentadas, com indícios e vestígios da corporalidade, causando simultaneamente familiaridade e estranhamento. Desejo, sensualidade, sexualidade e erotismo são aspectos que adquirem materialidade em suas obras e provocam no espectador a percepção de si mesmo e de sua condição humana, seu corpo, sensações, experiências e memórias. No fim da década de 1990, o artista produz uma série de fotografias, nas quais trabalha com a própria imagem, que geram significados ambíguos e opostos: atração e repulsa, espelhamento e estranhamento, identidade e alteridade, ruptura e unidade.

Obras 7

Abrir módulo

Exposições 121

Abrir módulo

Eventos relacionados 2

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 18

Abrir módulo
  • BASUALDO, Carlos. Edgard de Souza. In: EDGARD de Souza. Versão em inglês Gabriel Pérez-Barreiro; versão em português Luiz Antonio Araújo. São Paulo: Cosac & Naify, 2000. 116 p., il. color.
  • BASUALDO, Carlos. Edgard de Souza. Versão em inglês Gabriel Pérez-Barreiro; versão em português Luiz Antonio Araújo; produção Camila Rocha. São Paulo: Cosac & Naify, 2000. 116 p.
  • BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO, 24. , 1998, São Paulo, SP. Um e/entre outros/s. Curadoria Paulo Herkenhoff, Adriano Pedrosa. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1998.
  • ESPELHOS e sombras. Tradução William T. Shelton, Noemi Jaffe Cartum; curadoria e texto Aracy Amaral. São Paulo: MAM, 1994. 88 p., 23 il. color.
  • GALERIA LUISA STRINA. Beige: Caetano de Almeida, Edgard de Souza, Iran do Espírito Santo. Texto Tadeu Chiarelli. São Paulo: Galeria Luisa Strina, 1996. 1 folha dobrada, 3 il. color.
  • GENOCCHIO, Benjamin. Be(com)ing. In: MATERIAL, immaterial. Curadoria Benjamin Genocchio; texto Lisette Lagnado, Anthony Bond. Sydney: Art Gallery of New South Wales, 1994. 63 p. il. P. 20-22.
  • IMAGENS de segunda geração. São Paulo: MAC/USP, 1987. 23 p., il. p.b.
  • KATO, Gisele.Variações de um tema só. Bravo on line. Disponível em : [http://www.bravonline.com.br/noticias.php?id=298]. Acesso em: 01 ago 2006.
  • LAGNADO, Lisete. Edgard de Souza, loucura e ressaca. Revista Trópico. Disponível em: [http://pphp.uol.com.br/tropico/html/textos/2464,1.shl]. Acesso em: 01 ago 2006.
  • MONACHESI, Juliana. Edgard de Souza (con)funde universos. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 abr. 2000. Ilustrada. Disponível em: [http://netart.incubadora.fapesp.br/portal/Members/julmonachesi/primeirostextos/edgard]. Acesso em: 01 ago 2006.
  • PERFIL da Coleção Itaú. Curadoria Stella Teixeira de Barros. São Paulo: Itaú Cultural, 1998.
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 2., 1984, São Paulo, SP. 2º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: MIS : Paço das Artes, 1984.
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 4. , 1986, São Paulo. 4º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1986.
  • SOUZA, Edgard de. Edgard de Souza, a voluta e outros trabalhos: [Edgard de Souza, The voluta and other works]. Apresentação Marcelo Mattos Araújo; texto Adriano Pedrosa, Lisette Lagnado. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 2004. 64 p., il. color.
  • SOUZA, Edgard de. Edgard de Souza. São Paulo: Galeria Luisa Strina, 1994. , il. color.
  • SOUZA, Edgard de. Edgard de Souza. Texto Antonio Godino Cabas; versão em inglês Gilberto Soffiati. Curitiba: Casa da Imagem, 1998. [16 p.], il. color.
  • SOUZA, Edgard de. Edgard de Souza. Tradução Adriano Pedrosa. São Paulo: Galeria Luisa Strina, 1997. s.p., il. p.b.
  • TRIDIMENSIONALIDADE: arte brasileira do século XX. São Paulo: Itaú Cultural: Cosac & Naify, 1999.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: