Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Penna Prearo

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 03.04.2017
30.09.1949 Brasil / São Paulo / São Roque

Olhos sobre a Tela, Extrema MG, 1987
Penna Prearo
Matriz - positivo

Ariovaldo Carlos Prearo (São Roque, São Paulo, 1949). Fotógrafo. Autodidata, inicia a carreira profissional em 1972, registrando shows musicais e peças de teatro. Desde então, trabalha como autônomo nas áreas de fotografia editorial e de publicidade e se destaca na produção de capas de discos. Colabora com revistas como Placar, Show Bizz, Trip, ...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Ariovaldo Carlos Prearo (São Roque, São Paulo, 1949). Fotógrafo. Autodidata, inicia a carreira profissional em 1972, registrando shows musicais e peças de teatro. Desde então, trabalha como autônomo nas áreas de fotografia editorial e de publicidade e se destaca na produção de capas de discos. Colabora com revistas como Placar, Show Bizz, Trip, Caras e Saúde, e com o jornal O Estado de S. Paulo. Entre 1990 e 1993, é responsável pelo estúdio fotográfico do jornal Folha de S. Paulo. Em paralelo, desenvolve ensaios em que agrega à fotografia características da pintura e do teatro, pois trabalha com situações encenadas cujos resultados são imagens borradas e de cores saturadas. Em 1978, expõe no 1º Colóquio Latino-Americano de Fotografia, no México e, no ano seguinte, na 1ª Trienal de Fotografia do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP, entre outras mostras. Realiza a individual Olho por Olho, com nus femininos mascarados, ou com o rosto oculto, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP, em 1993. Em seguida, desenvolve a série São Todos Filhos de Deus, com fotos de grupos de pessoas portando o retrato de Jesus Cristo na face, como se fossem máscaras. Recebe o prêmio aquisição do J.P. Morgan de Fotografia, em 1999.

Análise

No trabalho de Penna Prearo, a fotografia não é somente uma maneira de registrar a aparência das coisas e situações cotidianas, mas uma ferramenta para a criação de cenas fictícias que parodiam a realidade. Suas seqüências lembram fragmentos de narrativas não-lineares e remetem à cultura underground e, por vezes, suburbana da cidade de São Paulo.

O artista produz imagens encenadas em que é comum o mascaramento dos personagens. Confere um aspecto pictórico às fotografias trabalhando com cores saturadas e formas borradas, cujas manchas de luz parecem pinceladas gestuais. As figuras estão quase sempre solitárias e parecem alheias ao seu entorno, como na foto da mulher sentada no chão de um quarto vazio com a silhueta da cidade ao fundo, da série Olhos sobre Tela, 1991/1994.

Em São Todos Filhos de Deus, 1999, ele mostra grupos de pessoas portando o retrato de Jesus Cristo na frente do rosto, como se todos se escondessem por trás da mesma máscara ou crença. As fotos parecem feitas por um amador e registram circunstâncias a princípio triviais: uma família que se refresca numa banheira de plástico no quintal de casa e um time de futebol, por exemplo. No entanto, as imagens são comentários irônicos sobre a padronização de comportamentos, idéias e aspirações.

Obras 12

Abrir módulo

Exposições 43

Abrir módulo

Feiras de arte 2

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • FARIAS, Agnaldo. Penna Prearo. Olho na mira. In: PREARO, Penna. Olho por olho. Apresentação Agnaldo Farias. São Paulo: MAC, 1993. , il. color.
  • PENNA PREARO. Fotosite. Disponível em: [http://fotosite.terra.com.br/portfolios/penna.swf]. Acesso em: março 2006.
  • PENNA PREARO. Site do Artista. São Paulo, s.d. Disponível em: [http://www.matemart.com.br/penna/index.htm]. Acesso em: março 2006.
  • SAMPA! : fotografias de São Paulo = fotografie uit São Paulo = fotografie aus São Paulo. Tradução Gudrun Klasen, V. L. Dutra de Lucena; prefácio Stijn Huijts; introdução Helouise Costa; texto Peter Fransman. Sittard: Museu Municipal Het Domein, 1996. s.p.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: