Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Monica Barth

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 10.04.2017
1961 Brasil / São Paulo / São Paulo
Reprodução fotográfica Monica Barth

Die Korrespondenz UR, 1994
Monica Barth
Desenho/instalação
295,00 cm x 220,00 cm

Monica Barth Pereira (São Paulo SP 1961). Pintora, desenhista e artista multimídia. Forma-se em publicidade e propaganda pela Fundação Armando Álvares Penteado - Faap em 1982. Entre 1979 e 1990 participa de cursos de artes, desenho, gravura em metal e pintura ministrados por artistas como Carlos Fajardo, Dudi Maia Rosa, entre outros. Em 1989 est...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Monica Barth Pereira (São Paulo SP 1961). Pintora, desenhista e artista multimídia. Forma-se em publicidade e propaganda pela Fundação Armando Álvares Penteado - Faap em 1982. Entre 1979 e 1990 participa de cursos de artes, desenho, gravura em metal e pintura ministrados por artistas como Carlos FajardoDudi Maia Rosa, entre outros. Em 1989 estuda os processos artesanal e oriental de fabricação de papel. Nesse mesmo ano, participa do Grupo de Aquarela com Ubirajara Ribeiro. Desde 1991 leciona no curso de educação artística da Faculdade de Artes Plásticas da Faap, além de promover em seu ateliê cursos para grupos de estudos de teoria e prática do desenho e desenvolver trabalhos voltados à arte-educação para museus, formando monitores e criando oficinas culturais. Das principais premiações que recebe, destacam-se a menção especial do 50º Salão Paranaense de Curitiba em 1993, e o Prêmio Gunther, concedido pelo Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo - MAC/USP em 1995.

Análise

Os trabalhos iniciais de Mônica Barth exploram a temática urbana. Em obras como São Paulo I, 1982, a cidade aparece fragmentada, soma de sobreposições de ícones urbanos, como o poste de luz e a fiação elétrica. Em Instalações B, 1987 e Na Cidade, 1988, há uma tentativa de revelar o espaço urbano que, todavia, apenas se insinua, sem conseguir formar um todo ou mostrar-se integralmente.

A partir de meados da década de 1990, Barth orienta sua pesquisa para a transparência e a escrita, em obras como Percurso de Textos, 1996 e Diário de Transparências, 1995. Sobre tais trabalhos, a artista comenta que na transparência e no vazio surge a memória do próprio processo de trabalho, envolvendo registros e anotações fragmentadas, remetendo a diversas etapas sobrepostas. Em outras obras, Barth substitui o plano transparente e reproduz fragmentos de textos empregando óleo sobre tela, como em Diário de Textos n°6, 1997 e Diário de Textos n°15, 1998. A crítica Nancy Betts observa que, nessas telas, a letra se torna rígida e despersonalizada, o que confere ao todo um caráter mecânico. Condensados e descontextualizados, os fragmentos de texto sugerem tensões, fraturas e isolamento.

Em 1997, Barth realiza para o Projeto Parede do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP a obra Textos de Percurso: El Gesto de Pintar, na qual utiliza tipos móveis de madeira sustentados por canaletas para reconstruir fragmentos de texto do filósofo Vilém Flusser.

Obras 17

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Construção UM

Aquarela e colagem

Exposições 70

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 21

Abrir módulo
  • AVESSO do avesso. Curadoria Sérgio Pizoli. São Paulo: Paço das Artes, 1996.
  • AVESSO do avesso. Curadoria Sérgio Pizoli. São Paulo: Paço das Artes, 1996. SPpa 1996/av
  • Arte Brasileira no Acervo do MAM/SP: Doações Recentes 1996-1998. Rio de Janeiro: CCBB, 1998. Não catalogado
  • BARTH, Mônica. Currículo enviado em Outubro de 2012. Não catalogado
  • BARTH, Mônica. Diário de textos. Curadoria Nancy Betts. São Paulo: Escritório de Arte Rosa Barbosa, 1998. B284d 1998
  • BARTH, Mônica. Diário de textos. Curadoria Nancy Betts.São Paulo: Escritório de Arte Rosa Barbosa, 1998. B284d 1998
  • BARTH, Mônica. Diário de textos. Curadoria Nancy Betts; projeto gráfico José Roberto Freire; fotografia Lucila Wroblewski; apresentação Nancy Betts. São Paulo: Escritório de Arte Rosa Barbosa, 1998. folha dobrada, il.
  • BARTH, Mônica. Monica Barth: desenhos e pinturas. São Paulo/SP: Itaugaleria / Av. Brasil, 1990. 1 peça, color.
  • BARTH, Mônica. Monica Barth: desenhos e pinturas. São Paulo/SP: Itaugaleria / Av. Brasil, 1990. 1990 IGSPb 009
  • BARTH, Mônica. Mônica Barth: desenhos/pinturas. Ribeirão Preto/SP: Itaugaleria, 1989. 1 peça, p&b.
  • BARTH, Mônica. Mônica Barth: desenhos/pinturas. Ribeirão Preto/SP: Itaugaleria, 1989. 1989 IGRP 005
  • BARTH, Mônica. [Currículo]. Enviado pela artista em Outubro de 2012.
  • BIENAL NACIONAL DE SANTOS, 4., 1993, Santos, SP. 4ª Bienal Nacional de Santos: artes visuais. Santos: Prefeitura Municipal, 1993.
  • BIENAL NACIONAL DE SANTOS, 4., 1993, Santos, SP. 4ª Bienal Nacional de Santos: artes visuais. Santos: Prefeitura Municipal, 1993. SPbns 4/1993
  • DESENHOS e pinturas: Monica Barth Pereira e Clara Barbosa de Oliveira. São Paulo: Galeria SESC Paulista, 1986. SPsesc 1986
  • DESENHOS e pinturas: Monica Barth Pereira e Clara Barbosa de Oliveira. São Paulo: Galeria SESC Paulista, 1986. il. color.
  • GEMAEL, Rosirene. A cidade placenta, cria e geratriz. Correio de Notícias, Curitiba, 20 mar. 1987. Não catalogado
  • MUSEU DE ARTE MODERNA (SÃO PAULO, SP). Arte brasileira no acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo: doações recentes 1996-1998. Curadoria Tadeu Chiarelli. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1998.
  • MUSEU DE ARTE MODERNA (SÃO PAULO, SP). Arte brasileira no acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo: doações recentes 1996-1998. Curadoria Tadeu Chiarelli. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1998. SPmam 1998/ab
  • TRANSPARÊNCIAS. Curadoria Nancy Betts; design gráfico Maria Helena Pereira da Silva; texto Nancy Betts. São Paulo: Escritório de Arte Rosa Barbosa, 1999. SPearb 1999/t
  • TRANSPARÊNCIAS. Curadoria Nancy Betts; design gráfico Maria Helena Pereira da Silva; texto Nancy Betts. São Paulo: Escritório de Arte Rosa Barbosa, 1999. folha dobrada, il. color.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: