Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Paloma Vidal

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 16.07.2021
04.03.1975 Argentina / Buenos Aires / Buenos Aires
Paloma Vidal (Buenos Aires, Argentina, 1975).  Aos 2 anos de idade muda-se com os pais para o Rio de Janeiro, onde passa a infância e a juventude. A autora, no entanto, jamais se naturaliza brasileira, e a condição de estar entre duas línguas e duas culturas tem implicações em sua obra, tanto acadêmica quanto literária. Em 1999, gradua-se em let...

Texto

Abrir módulo

Paloma Vidal (Buenos Aires, Argentina, 1975).  Aos 2 anos de idade muda-se com os pais para o Rio de Janeiro, onde passa a infância e a juventude. A autora, no entanto, jamais se naturaliza brasileira, e a condição de estar entre duas línguas e duas culturas tem implicações em sua obra, tanto acadêmica quanto literária. Em 1999, gradua-se em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, no ano seguinte, ingressa em nova graduação, filosofia, na mesma instituição, formando-se em 2006. Em 2003, publica seu primeiro livro de contos, A Duas Mãos. No mesmo ano, passa a editar a revista Grumo, publicação anual que aborda as relações entre as literaturas brasileira e argentina. Entre 2002 e 2006, elabora tese de doutorado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Realiza parte da pesquisa em Los Angeles, Estados Unidos, onde, paralelamente à escrita da tese, elabora seu primeiro romance, Algum Lugar (2009). Ainda em 2009, passa a lecionar na Universidade Federal de São Paulo, na área de teoria literária.

Análise

Os temas abordados por Paloma Vidal - tanto em suas obras acadêmicas quanto ficcionais - relacionam-se fortemente a sua biografia: desde o primeiro livro de contos, A Duas Mãos (2003), Paloma debruça-se sobre motivos como viagens, deslocamentos, o exílio. O teor autobiográfico da abordagem de tais temas torna-se nítido quando se conhecem as origens da escritora, que vem para o Brasil com os pais, perseguidos pela ditadura na Argentina. A questão do viver em trânsito assim se impõe em diversos aspectos que tangem sua produção ficcional, seja territorial, seja cultural ou linguístico.

Em um dos contos de A Duas Mãos, por exemplo, cujo título, Tempo de Partir, remete à problematização do contínuo "estar em trânsito", a ambiguidade cultural vivenciada pela personagem principal se dá no nível mais profundo da consciência: o da linguagem. A protagonista pensa em "portunhol", ou seja, percebe e articula sua compreensão do mundo por meio de um idioma híbrido, composto de português e espanhol.

Ainda no mesmo livro, aparecem outras características marcantes do estilo da autora, como a constituição de um ponto de vista majoritariamente feminino e a investigação das razões da escrita. Tais aspectos são retomados no romance Algum Lugar (2009), no qual uma personagem feminina elabora um doutorado nos Estados Unidos - mais uma vez pautado por elementos autobiográficos que alimentam o universo ficcional da autora.

Com base nessas experiências de deslocamento, até mesmo no âmbito do relacionamento amoroso, Paloma tece reflexões estéticas sobre a constituição da identidade e da escrita em contexto contemporâneo.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: