Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
HistóricoA Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo nasce em 1995, quando o grupo A Culpa É da Mãe (1991-1995) se desfaz. O coletivo reúne os fundadores Adriana Nunes, Ricardo Pipo e Welder Rodrigues - juntos desde a peça A Culpa É da Mãe (1991) - a Adriano Siri, Jovane Nunes e Victor Leal. O grupo começa a se apresentar fora da capital federal, até...

Texto

Abrir módulo

Histórico
A Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo nasce em 1995, quando o grupo A Culpa É da Mãe (1991-1995) se desfaz. O coletivo reúne os fundadores Adriana Nunes, Ricardo Pipo e Welder Rodrigues - juntos desde a peça A Culpa É da Mãe (1991) - a Adriano Siri, Jovane Nunes e Victor Leal. O grupo começa a se apresentar fora da capital federal, até que se muda para o Rio de Janeiro, em 2000. Na cidade, seus componentes fazem trabalhos na televisão, principalmente em programas da Rede Globo, como Casseta e Planeta, Zorra Total, Malhação e Linha Direta. Essa colaborações impulsionam a visibilidade nacional e ampliam o êxito comercial da companhia, que se orgulha de manter "uma relação de companheirismo e respeito mútuo" nos "ajustes de interesses individuais em coletivos".1

Desde a primeira montagem, o grupo trabalha com improviso, humor e inserção de cacos, compondo uma imagem bem planejada de irreverência nas várias peças mantidas em repertório, como Hermanoteu na Terra de Godah (1995), Sexo - A Comédia (1996), Notícias Populares (1997) ou Dingou Béus (1998). Todos os espetáculos são elaborados a partir da criação coletiva e trazem diálogos com elementos prosaicos e de senso comum difusos pela cultura de massa. Isso ocorre também em peças que satirizam personagens clássicos, como Hamlet, ou bíblicos, como Hermanoteu, sempre partindo "da troca de ideias e da observação do que está em evidência no dia a dia (programas de TV, comerciais, informações via internet ou acontecimentos políticos)".2 Na busca pela empatia em todos os lugares em que se apresenta, o coletivo utiliza referências locais nas piadas e cenas. Eventos correntes atualizam o conteúdo cômico de seu repertório.

A jornalista Lúcia Cerrone, do Jornal do Brasil, analisa que Sexo - A Comédia, apesar de utilizar situações clichês, é "uma comédia em alto estilo de humor".3 Segundo a revista Época, o grupo trata de temas importantes, que refletem momentos de crise no Brasil de maneira divertida e despretensiosa, com "humor politicamente incorreto sem cair no óbvio da chacota preconceituosa".4 A peça é considerada a mais vista da história de Brasília, segundo o Correio Braziliense.

Em 2000, a remontagem de Hermanoteu na Terra de Godah conta com a parceria do humorista Chico Anysio no papel de Deus, em gravação off. Após apresentar o personagem Joseph Klimber, do espetáculo Notícias Populares, em programa televisivo de entrevistas em 2006, o vídeo ganha projeção nacional como um dos mais acessados da internet. Em 2010, na seleção de Sérgio Maggio e Marina Severino do Correio Braziliense dos 50 espetáculos mais importantes nos 50 anos da cidade, os jornalistas incluem na lista A Culpa É da Mãe e Notícias Populares pelo "humor que vai além do besteirol, forte influência inicial do grupo" e pela "dramaturgia crítica e amarrada em ótimos esquetes".5 O grupo é considerado impulsionador de várias companhias de besteirol da capital federal, como G-7, De 4 É Melhor e Sete Belos, entre outros.

Notas
1 Os Melhores do Mundo/Adriano Siri, Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo. In VILLAR, Fernando Pinheiro; CARVALHO, Eliezer Faleiros de. Histórias do teatro brasiliense. Brasília: CEN-IdA: UnB, 2004, p. 223.

2 CALDAS, Renata. Usina de ideias. Correio Braziliense, 22 jun. 2003, Caderno C.

3 CERRONE, Lúcia. A graça da vez não tem apelação. Jornal do Brasil, 2 jul. 1998.

4 FRANZOLA, Ana Paula; GARCIA, Lauro Lisboa. Talento para rir na crise. Época, 21 out. 2002, p. 108-109. 

5 MAGGIO, Sérgio; SEVERINO, Marina. 50 espetáculos que marcaram Brasília. Correio Braziliense, 9 mai. 2010, p. 4-5.

Espetáculos 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 7

Abrir módulo
  • CALDAS, Renata. Usina de ideias. Correio Braziliense, 22 jun. 2003, Caderno C.
  • CARVALHO, Eliezer Faleiros de. Breve panorama histórico do teatro brasiliense. In Histórias do teatro brasiliense. Brasília:CEN-IdA: UnB, 2004.
  • CERRONE, Lúcia. A graça da vez não tem apelação. Jornal do Brasil, 2 jul. 1998.
  • FRANZOLA, Ana Paula; GARCIA, Lauro Lisboa. Talento para rir na crise. Época, 21 out. 2002, p. 108-109.
  • MAGGIO, Sérgio; SEVERINO, Marina. 50 espetáculos que marcaram Brasília. Correio Braziliense, 9 mai 2010, p. 4-5.
  • SIRI, Adriano; Os Melhores do Mundo, "Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo", in VILLAR e CARVALHO (orgs.), (2004), p. 223.
  • VILLAR, Fernando Pinheiro; CARVALHO, Eliezer Faleiros de (org.). Histórias do teatro brasiliense. Brasília: CEN-IdA: UnB, 2004.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: