Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Núcleo Carioca de Teatro

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Com espetáculos dirigidos por Luiz Arthur Nunes, a companhia busca a linha teatralista, transpondo para o palco obras não dramatúrgicas.

Texto

Abrir módulo

Histórico

Com espetáculos dirigidos por Luiz Arthur Nunes, a companhia busca a linha teatralista, transpondo para o palco obras não dramatúrgicas.

O Núcleo Carioca de Teatro é composto, além do diretor, pelos atores Nara Keiserman, Maria Esmeralda, Francisco de Figueiredo e Shimon Nahmias. Trabalhando sobre os recursos épicos do teatro, a adaptação das obras literárias preserva a voz do narrador, adotando os atores-rapsodos, que contam as histórias.

No espetáculo de estréia, premiado como um dos melhores do ano, o grupo pesquisa as convenções do melodrama para criar A Maldição do Vale Negro, 1988. Em 1991, o grupo encena crônicas de Nelson Rodrigues em A Vida Como Ela É, premiado como melhor espetáculo do ano pelo Sated. Aqui começa a se definir a linha de pesquisa do encenador, que trabalha com bonecos e com a manipulação dos próprios atores para criar seu teatralismo. Em 1993, o diretor adapta para o palco Cândido ou O Otimismo, de Voltaire. Em 1996, faz uma seleção de seis contos brasileiros em Tragédias Cariocas para Rir, propondo um jogo cênico que valoriza o gesto e a super-representação e um teatralismo sublinhado pelo uso de máscaras, bonecos e sons produzidos pelos atores. A interpretação frontal funde o narrador e a personagem, ao mesmo tempo que é marcada por um calculado exagero. Essa linha de dramaturgia e linguagem é retomada em O Correio Sentimental de Nelson Rodrigues, 1999, em que Luiz Arthur reúne algumas cartas publicadas por Mirna - pseudônimo de Nelson Rodrigues como consultor sentimental do jornal Diário de Notícias - e o folhetim A Mulher que Amou Demais. Os atores compõem, com a pantomima, um coro que comenta as cartas. Segundo a crítica Barbara Heliodora, o espetáculo é "uma experiência formal realizada com grande categoria" 1 em que os atores compõem caricaturas a partir da artificialidade das emoções exageradas. Em 2000, o grupo retoma Nelson Rodrigues, agora com O Menino de Paixões de Ópera, crônicas autobiográficas do autor e, em 2002, realiza a remontagem do premiado A Vida Como Ela É.

O Núcleo Carioca de Teatro se dedica de forma contínua a uma linha de pesquisa bastante utilizada no teatro dos anos 1990 - a encenação de obras literárias que, sem sofrerem adaptação para a forma dialógica, abrem aos encenadores e atores um vasto campo de pesquisa sobre os recursos do teatro épico.

Notas

1. HELIODORA, Barbara. Precisão teatral extraída do exagero. O Globo, Rio de Janeiro, 10 jul. 1999. Segundo Caderno, p. 3.

Espetáculos 9

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • ALBUQUERQUE, Johana. Luiz Arthur Nunes (ficha curricular) In: _________. ENCICLOPÉDIA do Teatro Brasileiro Contemporâneo. Material elaborado em projeto de pesquisa para a Fundação VITAE. São Paulo, 2000.
  • HELIODORA, Barbara. Precisão teatral extraída do exagero. O Globo, Rio de Janeiro, 10 jul. 1999. Segundo Caderno, p. 3.
  • LUIZ, Macksen. A literatura sobe ao palco. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 28 nov. 1996.
  • NÚCLEO Carioca de Teatro. Rio de Janeiro: Funarte / Cedoc. Dossiê Grupo Teatro Adulto.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: