Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Cinema

Ocupação Nelson Pereira dos Santos

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 23.04.2018
24.08.2013 - 29.09.2013 Brasil / São Paulo / São Paulo – Itaú Cultural

Ficha Técnica

Abrir módulo
Artista participante
Nelson Pereira dos Santos

Mídias (3)

Abrir módulo
Fabiano Canosa - Ocupação Nelson Pereira dos Santos (2013)
O produtor cultural Fabiano Canosa fala sobre a exibição no exterior de filmes do Nelson Pereira dos Santos, sobre os filmes dele que se passam no Rio de Janeiro e sobre a relação de seus filmes com a censura. Depoimento gravado para a Ocupação Nelson Pereira dos Santos, em julho de 2013, no Rio de Janeiro/RJ. Créditos: Direção e Edição: Karina Fogaça Produção: Paula Bertola Entrevista: Thiago Rosenberg Captação de imagem: Cassandra Mello Captação de Áudio: Alexandre Turina Trechos de filmes: "Rio 40 Graus" (1955), "Rio Zona Norte" (1957), "Vidas Secas" (1963), "Azyllo Muito Louco" (1970), "Como Era Gostoso o Meu Francês" (1971), "El Justicero" (1967), "Memórias do Cárcere" (1984) e "Fome de Amor" (1968)
Ana Maria Magalhães - Ocupação Nelson Pereira dos Santos (2013)
A atriz Ana Maria Magalhães fala sobre quando conheceu Nelson Pereira dos Santos, sobre o processo criativo do diretor nos filmes em que trabalharam juntos, sobre Nelson enquanto diretor de atores e sobre a construção de sua personagem em "Como Era Gostoso o Meu Francês" (1971). Depoimento gravado para a Ocupação Nelson Pereira dos Santos, em julho de 2013, no Rio de Janeiro/RJ. Créditos: Direção e Edição: Karina Fogaça Produção: Paula Bertola Entrevista: Thiago Rosenberg Captação de imagem: Cassandra Mello Captação de Áudio: Alexandre Turina Trechos de filmes: "Azyllo Muito Louco" (1970) e "Como Era Gostoso o Meu Francês" (1971)

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: