Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Dança

Encontro Nacional de Escolas de Dança

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 17.12.2020
05.09.1962 - 10.09.1962 Brasil / Paraná / Curitiba
O Encontro Nacional de Escolas de Dança do Brasil ocorre pela primeira vez em Curitiba, de 5 a 10 de setembro de 1962, por iniciativa de Paschoal Carlos Magno (1906-1980). É realizado por uma parceria entre o Conselho Nacional de Cultura, a Universidade do Paraná [atual Universidade Federal do Paraná (UFPR)] e a Secretaria de Educação e Cultura ...

Texto

Abrir módulo

Histórico

O Encontro Nacional de Escolas de Dança do Brasil ocorre pela primeira vez em Curitiba, de 5 a 10 de setembro de 1962, por iniciativa de Paschoal Carlos Magno (1906-1980). É realizado por uma parceria entre o Conselho Nacional de Cultura, a Universidade do Paraná [atual Universidade Federal do Paraná (UFPR)] e a Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Paraná, com o apoio do Instituto Yázigi. A coordenação geral do evento cabe a Durval Eduardo Pacheco de Carvalho, diretor do Departamento de Educação e Cultura da Universidade do Paraná, e Sálvio de Oliveira, assessor geral do Conselho Nacional de Cultura.

O Conjunto Nacional de Danças Folclóricas do México e de grupos folclóricos locais se apresentam na noite de abertura. Participam da solenidade, além do próprio Paschoal Carlos Magno, os patronos: Roberto Lyra (1902-1982), ministro de Negócios da Educação e Cultura; Ney Amintas de Barros Braga Roberto Lira (1917-2000), governador do Estado do Paraná; Flávio Suplicy de Lacerda (1903-1983), reitor da Universidade do Paraná; e Jucundino da Silva Furtado, secretário de educação e cultura do Estado do Paraná. Os convidados de honra são: Maria Olenewa (1896-1965), homenageada do evento, Vaslav Veltchek (1897-1968) e William Dolar.

Na abertura também é realizada uma mostra com filmes de dança, com o apoio das embaixadas da Alemanha, da Dinamarca, dos Estados Unidos, da França e da Inglaterra. Entre os contemplados, estão os trabalhos sobre a bailarina estadunidense Martha Graham (1894-1991), o dançarino mexicano José Limón (1908-1972) e o francês Maurice Béjart (1927-2007).

O evento conta ainda com a comunicação oral de trabalhos escritos sobre dança, posteriormente publicados e distribuídos aos participantes, e um seminário para tratar de uma série de temas pertinentes à área, como a criação de um balé nacional e de uma lei de amparo ao bailarino, investimento em divulgação da dança moderna, fomento de intercâmbio entre professores e alunos brasileiros e estrangeiros e formação pedagógica do futuro professor de dança.

A realização do Encontro de Escolas de Dança do Brasil, além de permitir a troca de experiências, a atualização de informações e o debate sobre temas referentes à profissão, possibilita traçar um panorama da dança produzida no país, com dados que contemplam locais e realizadores dos eventos.

Em 1963 ocorre o segundo e último Encontro Nacional de Escolas de Dança, em Brasília. Nos anos seguintes, algumas iniciativas oriundas dessa experiência têm lugar em Curitiba, mas possuem vida curta. É o caso dos 1º e 2º Encontro de Escolas de Dança do Paraná, realizados respectivamente em 1965 e 1966; o Festival de Escolas de Dança do Paraná; e o 1º Festival de Ballet Paranaense. Além disso, é criada a Associação Paranaense de Professores de Ballet, com o objetivo de unificar propósitos e ações entre escolas. 

Muitas questões levantadas no 1º Encontro de Escolas de Dança do Brasil permanecem atuais. Há a necessidade de espaços que favoreçam a discussão, a troca de experiências, a diversidade e a difusão de conhecimento. Essas atividades ampliam a compreensão da dança no Brasil, criam novos públicos e servem como plataforma para artistas.

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • I ENCONTRO de Escolas de Dança do Brasil. Programa I Encontro de Escola de Dança do Brasil, realizado em setembro de 1962.
  • MARTINS, Giancarlo. Uma nova geografia de ideias: diversidade de ações comunicativas para a dança. 2007. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
  • SUCENA, Eduardo. A dança teatral no Brasil. Rio de Janeiro: Ministério da Cultura: Fundação Nacional de Artes Cênicas, 1989.
  • VELOZZO, Marila. A imagem do Teatro Guaíra em Curitiba: influência e contaminação da mídia. 2005. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: