Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Cândida

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 03.03.2022
03.11.1954 Brasil / São Paulo / São Paulo – Teatro Brasileiro de Comédia
Único texto de Bernard Shaw encenado pelo Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), é desfavoravelmente recebido em sua estréia devido ao ritmo lento do espetáculo. Reensaiado, ganha agilidade e cai no gosto do público.

Texto

Abrir módulo

Histórico

Único texto de Bernard Shaw encenado pelo Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), é desfavoravelmente recebido em sua estréia devido ao ritmo lento do espetáculo. Reensaiado, ganha agilidade e cai no gosto do público.

O texto do profícuo autor irlandês constitui-se em fina crítica e irônica apropriação das peças de boulevard. Ameaça colocar em cena um adultério, ao fazer Cândida, a devotada esposa do reverendo Morell, encantar-se com um poeta galante, chamado Marchbanks. A situação porém, ao invés de seguir os rumos esperados, sofre uma reviravolta, e Cândida, dando provas de fidelidade a si mesma, opta por abandonar seu cortejador. Ironia e irreverência marcam as personagens centrais, o que dá ao enredo um tom de inteligência e alta teatralidade.

A montagem é conduzida por Ziembinski (1908-1978) e tem Tônia Carrero (1922) no desempenho central, secundada por Josef Guerrero. Ambos mostram-se distantes dos perfis concebidos pelo autor. Certa monotonia e lentidão comprometem o empreendimento e são destacadas pelos críticos que assistem à estréia, motivando novos ensaios que dão ao espetáculo um ritmo mais ágil e acelerado.

Os reensaios evidenciam o empenho com que o Teatro Brasileiro de Comédia - TBC reveste as suas produções, sempre em busca do melhor resultado artístico e da mais ajustada concepção às idéias centrais dos autores.

Sobre as modificações introduzidas, comenta o crítico Décio de Almeida Prado (1917-2000): "A maneira como o espetáculo se metamorfoseou de uma hora para outra, é milagre de fácil explicação. Não havia na realidade outro erro a não ser o excesso. Eliminada essa sobrecarga inútil, sem se tocar a fundo na interpretação, sem se modificar o que poderíamos chamar de estrutura do espetáculo, apareceu a direção de Ziembinski em sua nitidez, como uma das suas melhores e uma das melhores já realizadas pelos atores do Teatro Brasileiro de Comédia".1

Notas

1. PRADO, Décio de Almeida. 'Cândida'. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 12 nov. 1954.

 

Ficha Técnica

Abrir módulo
Autoria
Bernard Shaw

Tradução
João Távora

Direção
Ziembinski

Cenografia
Mauro Francini

Figurino
Clara Heteny

Elenco
Jardel Filho / Cândida
Josef Guerreiro / Cândida
Margarida Rey / Cândida
Tônia Carrero / Cândida
Ziembinski / Cândida

Produção
Franco Zampari

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • GUZIK, Alberto; PEREIRA, Maria Lúcia (Org.). Teatro Brasileiro de Comédia. Dionysos, Rio de Janeiro, n. 25, set. 1980. Edição especial.
  • MICHALSKI, Yan: Ziembinski e o Teatro Brasileiro. São Paulo: Hucitec / MEC / Funarte, 1995.
  • PRADO, Décio de Almeida. 'Cândida'. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 12 nov. 1954.
  • PRADO, Décio de Almeida. 'Cândida'. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 16 nov. 1954.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: