Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Depois da Queda

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 22.03.2017
22.07.1964 - 01.11.1964 Brasil / São Paulo / São Paulo
Registro fotográfico Arquivo Paulo Autran

Paulo Autran (Quentin) e Maria Della Costa (Maggie) em cena de Depois da Queda, 1964
Maria Della Costa
Acervo Idart/Centro Cultural São Paulo

Montagem do Teatro Maria Della Costa (TMDC), conduzida por Flávio Rangel (1934-1988). O texto, de Arthur Miller (1915-2005), é encenado em Nova York em 1964. Flávio assiste à estreia e se entusiasma, assinando a primeira montagem da peça fora dos Estados Unidos. O enredo apresenta traços autobiográficos do autor, enfocando a convivência e o casa...

Texto

Abrir módulo

Histórico

Montagem do Teatro Maria Della Costa (TMDC), conduzida por Flávio Rangel (1934-1988). O texto, de Arthur Miller (1915-2005), é encenado em Nova York em 1964. Flávio assiste à estreia e se entusiasma, assinando a primeira montagem da peça fora dos Estados Unidos. O enredo apresenta traços autobiográficos do autor, enfocando a convivência e o casamento entre um intelectual e uma pop star cinematográfica, inspirados no relacionamento do próprio Arthur Miller com Marilyn Monroe (1926-1962).

O clima de mistério que pesa sobre o final da vida de uma das mais cobiçadas e enigmáticas atrizes de Hollywood, torna Depois da Queda digna de grandes especulações na imprensa e cria suspense sobre ela. Estruturada com recursos expressionistas, a peça alterna cenas do passado e do presente, bem como os cortes do fluxo narrativo através das reminiscências e indagações de Quentin, constituindo um material dramático de grande qualidade nas mãos de uma equipe sensível e um diretor habilidoso. Maria Della Costa (1926-2015) vive Maggie enquanto Paulo Autran (1922-2007) dá corpo a Quentin, à frente de numeroso e competente elenco. Flávio Rangel comanda a realização, fazendo incidir a tônica dramática sobre Quentin, a fim de manter a tensão do espetáculo. Flávio Império (1935-1985) compõe uma cenografia estruturada em planos, sem móveis e adereços, possibilitando um uso moderno do espaço cênico, valorizado pelos efeitos de iluminação.

O crítico Décio de Almeida Prado (1917-2000) não poupa elogios à encenação: "Não há muito o que se dizer sobre o trabalho de Flávio Rangel [...] os elogios que lhe cabem estão assim disseminados por todo o espetáculo - um dos mais harmoniosos que jamais vimos no teatro nacional". Sobre os intérpretes, destaca: "Quentin é um espelho que reflete as demais personagens. É pura consciência, pura subjetividade. Assim o interpreta Paulo Autran, como um homem mais de pensamento que de ação, dividido sempre pelo seu agudo senso de autocrítica. [...] Maria Della Costa, como Maggie, é ao contrário pura animalidade, pura inconsciência - qualidades não intelectuais que atraem poderosamente o intelectual - ou pelo menos essa é a imagem que fabricou para si mesma, o abrigo em que se refugiou. [...] Lado a lado, Paulo e Maria formam um par perfeito, acompanhando com exemplar maleabilidade as variações do texto. Surpreende-nos não tanto a sinceridade, a emoção autêntica - virtudes que não faltam ao nosso melhor teatro - como o excelente domínio técnico".1

Assistida por um empresário argentino, este conduz Flávio Rangel e o cenógrafo Flávio Império a repetirem, em Buenos Aires, a mesma encenação, também lá coroada de êxito.

Notas

1. PRADO, Décio de Almeida. 'Depois da Queda'. In: ______. Teatro em Progresso. São Paulo: Martins: 1964. p. 297-304.

Ficha Técnica

Abrir módulo
Autoria
Arthur Miller

Tradução
Ênio Silveira
Flávio Rangel

Direção
Flávio Rangel

Direção (assistente)
Delmar Mancuso

Cenografia
Flávio Império

Figurino
Helio Martinez

Iluminação
Antonio Augusto Manso

Elenco
Airton Garcia / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Almir Amorin / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Aurea Campos / Carrie
Carlos Garcia / Pai
Delmar Mancuso / Homem; Presidente
Dina Sfat / Felice
Edson Santos / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Elza Rian / Elsie
Elza Verli / Enfermeira
Emiliano Queiroz / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Fernando Balleroni / Mickey - Outubro
Francisco Fabrizio / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Israel Silva / Lucas
João Ojevan / Reverendo
José Carlos Massagarti / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal - julho
Juca de Oliveira / Mickey
Líbero Rípoli Filho / Lou
Lino Sérgio / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
Márcia Real / Louise
Maria Della Costa / Maggie
Max Charles Falzetta / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal - julho
Miguel Luiz de Vasconcelos / Rapazes do parque; Diretores de TV e Membros do Tribunal
N. N. / Lucas / Enfermeira - Julho
Paulo Autran / Quentin (Prêmio APCT)
Suzy Arruda / Mãe
Sylvio Zilber / Dan
Tereza Austregésilo / Holga

Produção
Sandro Polloni

Contrarregra
Helio Silva

Maquinista
Enôr Fonseca

Obras 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • DEPOIS DA QUEDA. Direção Flávio Rangel. São Paulo, 1964. 1 folder. Programa do espetáculo, apresentado no Teatro Maria Della Costa em julho de 1964.
  • MAGALDI, Sábato; VARGAS, Maria Thereza. Cem anos de teatro em São Paulo (1875-1974). São Paulo: Senac, 2000.
  • PRADO, Décio de Almeida. Depois da Queda. In: ______. Teatro em progresso: crítica teatral, 1955-1964. São Paulo: Martins, 1964.
  • SIQUEIRA, José Rubens. Viver de teatro: uma biografia de Flávio Rangel. São Paulo: Nova Alexandria, 1995.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: