Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Viagem ao Centro da Terra

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 14.08.2019
06.11.1992 Brasil / São Paulo / São Paulo
Espetáculo montado em 1992 no atual túnel Presidente Jânio Quadros, no Ibirapuera, no período em construção, proposta inovadora de Ricardo Karman e Otávio Donasci, que trabalham com o conceito de expedição e performance.

Texto

Abrir módulo

Espetáculo montado em 1992 no atual túnel Presidente Jânio Quadros, no Ibirapuera, no período em construção, proposta inovadora de Ricardo Karman e Otávio Donasci, que trabalham com o conceito de expedição e performance.

Preparado durante um ano e meio, a realização pouco tem a ver com os padrões de um teatro convencional. Aproveitando o túnel desativado sob o Rio Pinheiros, planejado para interligar duas áreas de São Paulo, Ricardo Karman e Otávio Donasci transformam este espaço em locação para sua criação.  

Do roteiro constam evocações de grandes epopéias, como Homero, Camões, Dante, e Gilgamesh, destinadas a gerarem situações insólitas, surpreendentes, desafiando a lógica dos eventos. Na explicação dos autores, a realização é concebida como uma expedição, havendo a introdução do conceito de "público-herói", em que o espectador é "participante" considerado protagonista, enquanto os atores e atrizes são os coadjuvantes, denominados "performers". O conflito entre as cenas existe não entre dois atores mas entre participantes e performers.

A "expedição", concretamente, é uma travessia por experiências originais e desconhecidas, processualmente criadas como um work in progress e costuradas em um roteiro de locais e ações. O objetivo é fazer os participantes ouvirem uma narração e posteriormente vivenciarem, dentro do possível, algumas das emoções vividas pelos personagens da fábula. A atriz e modelo Luciana Vendrami é o destaque entre os intérpretes.

A crítica Mariângela Alves de Lima assim sintetiza a realização: "Os espectadores percorriam a pé um longo trajeto, imersos na escuridão e amassando a lama, onde encontravam cenas fragmentadas de diferentes narrativas épicas. Iniciando-se na pré-história do gênero através de um homem que narrava um trecho do Gilgamesh, prosseguia em direção à Divina Comédia, deparava-se com fragmentos de Os Lusíadas e de outras criações igualmente portentosas. Depois de tudo reemergiam para a superfície sob a vigilância de uma videocriatura, ou seja, de uma personagem cuja cabeça era encimada por uma narrativa gravada em vídeo".1

Notas

1. LIMA, Mariângela Alves de. O teatro paulista. Sete Palcos, Coimbra, Portugal, n. 3, set. 1998. p. 29-34. 

Ficha Técnica

Abrir módulo
Autoria
Dante Alighieri
Edgar Allan Poe
Guimarães Rosa
Jorge Luis Borges
Julio Verne
Konstantinus Kaváfis

Adaptação
Otavio Donasci
Ricardo Karman

Direção
Otavio Donasci
Ricardo Karman

Figurino
Fernanda Fernandes

Trilha sonora
Kodiak Bachine

Elenco
Anísio Clementino / Performer
Antônio Netto / Gerente; Minotauro
Ari Meneghini / Safe-Sex
Cláudia Brunini / Beatriz
Eduardo Neumann / Safe-Sex
Fátima Barbaroi / Fio de Ariadne; Safe-Sex; Libido-Sux
Francisco Carvalho / Capiau
Ivan Janson / Cavaleiro do Apocalipse
Jefferson Primo / Aborígine
Juanito Saca / Performer
Kleber Viviani / Fio de Ariadne; Safe-Sex
Lázara Seugling / Esfinge
Lorivaldo Vitorino / Capiau
Luis Carlos Gomes / Capiau
Magdale Alves / Guia Turística; Faxineira
Marcelo Diniz / Safe-Sex
Marília Chiaramelli / Safe-Sex; Libido-Sux
Marinho Falcão / Fio de Ariadne; Safe-Sex
Mariyvone Klock / Mulher do Minotauro; Esfinge
Miriam de Palma / Agência; Safe-Sex
Paul Pfeifer / Performer; Contra-regra
Ricardo Dantas / Fio de Ariadne; Safe-Sex
Rodney de Andrade / Fio de Ariadne
Rosana Damas / Fio de Ariadne; Safe-Sex
Vânia Carvalho / Safe-Sex; Libido-Sux

Participação especial
Luciana Vendramini / Libido-Sux; Anjo Negro
Marilu Figueiredo / Solista - Voz de Beatriz

Fontes de pesquisa 2

Abrir módulo
  • LIMA, Mariangela Alves de. O teatro paulista. Sete Palcos, Coimbra, Portugal, n. 3, set. 1998.
  • SALOMÃO, Marici. São Paulo ganha teatro a 12 metros de profundidade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 4 set. 2001. Caderno 2.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: