Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Viúva, Porém Honesta

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 14.08.2019
14.07.1983 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Montagem de Eduardo Tolentino de Araújo para o Grupo TAPA, espetáculo que marca a incursão do grupo no profissionalismo, segundo seu diretor.

Texto

Abrir módulo

Montagem de Eduardo Tolentino de Araújo para o Grupo TAPA, espetáculo que marca a incursão do grupo no profissionalismo, segundo seu diretor.

Fiel a seu espírito de respeito ao texto e aprendizado para enfrentar grandes desafios, a encenação do TAPA desta "farsa irresponsável", revela-se uma das montagens mais representativas, considerada uma das menos bem sucedidas de Nelson Rodrigues.

A trama coloca em cena uma jovem viúva, filha de um rico proprietário de jornal, acometida por súbita e desconhecida doença: ela não pode sentar-se. O pai, para contornar o problema, recorre a um psiquiatra e a uma cortesã, com o intuito de resolver a situação. Diabo da Fonseca, encarnação do demo, intervém e sugere um casamento às pressas para salvar a pobre viuvinha, expediente concretizado com um noivo encontrado na própria redação: o crítico teatral.

A cenografia despojada de Ricardo Ferreira centraliza os diversos ambientes requeridos pela trama. Os sintéticos e criativos figurinos de Lola Tolentino situam com argúcia as personagens e o diretor extrai de seus intérpretes alta carga de irreverência, inventividade e ritmo para narrar essa fábula simples mas sarcástica, nascida da indignação do dramaturgo para com a crítica de sua época.

Os destaques ficam por conta de Clarisse Derzié, como a viúva, Ernani Moraes, como o Dr. JB, e Cláudio Gaya, como Diabo da Fonseca, à frente de um conjunto coeso, brilhante e muito afinado.

Na remontagem paulista, escreve o crítico Edelcio Mostaço: "Utilizando poucas cores e uma feliz cenografia de Ricardo Ferreira, a encenação de Eduardo Tolentino de Araújo explora a agilidade típica da farsa e a leveza própria ao tema. Efeitos expressionistas a nível da narração e recursos de linguagem do cinema ajudam o espetáculo a fluir. Clarisse Derzié interpreta Ivonete, a viúva, com energia. Denise Weinberg compõe uma tia com apropriados requintes de perversão; Celso Lemos um grotesco Dr. Lambreta e Ernani Moraes um superlativo Dr. JB, alcançando todo o elenco um homogêneo jogo de cena. Os figurinos de Lola Tolentino, centrados no branco, preto e vermelho, ajudam a compor a atmosfera de baile carnavalesco do Mengo com que a encenação chega ao fim, paródia bem lograda deste modo de ser brasileiro cuja civilidade depende ainda do poder econômico".1

Notas

1. MOSTAÇO, Edelcio. Um espetáculo onde o autor optou pelo riso. Folha de S.Paulo, São Paulo, 10 jun. 1987. p. 36.

Ficha Técnica

Abrir módulo
Autoria
Nelson Rodrigues

Direção
Eduardo Tolentino de Araújo (Prêmio Mambembe)

Cenografia
Ricardo Ferreira

Figurino
Lola Tolentino

Iluminação
Aurélio de Simoni
Luiz Paulo Nenen
Samuel Betts

Elenco
Ana Luísa Lacombe / Tia Um
André Valli / Dr. JB
Brian Penido / Padre
Carla Carvalho / Tia Dois
Celso Lemos / Lambreta
Charles Myara / Pardal
Clarisse Derzié / Ivonete
Claudio Gaya / Diabo
Denise Weinberg / Tia Assembléia
Edson Fieschi / Dorothy Dalton
Eduardo Wotzik / substituição
Emilia Rey / Madame Cri-Cri
Ernani Moraes / Dr. JB e Pardel
Guilherme Sant'Anna / Otorrino
Henri Pagnoncelli / Psicanalista
Marcelo Escorel / Dorothy Dalton
Renato Castelo / Otorrino
Renato Icarahy / Psicanalista
Sandra Butterfly / Corista
Susana Kruger / Corista
Tereza Frota / Tia Solteirona

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • BRAZ, Camilo D'Angelo. Insólita realidade. Afinal, São Paulo, 26 maio 1987. p.44.
  • FUSER, Fausto. Nada mais que uma farsa irresponsável. Visão, São Paulo, 3 jun. 1987. p.8.
  • MOSTAÇO, Edelcio. Um espetáculo onde o autor optou pelo riso. Folha de S.Paulo, São Paulo, 10 jun. 1987. p. 36.
  • SAMPAIO, Maria Everalda Almeida. Grupo Tapa: Histórico, Repertório Nacional e Perfil Sociopolítico. 2003f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2003.
  • VIÚVA, PORÉM HONESTA. Direção Eduardo Tolentino de Araújo. São Paulo, 1987. 1 folder. Programa do espetáculo, apresentado no Teatro Aliança Francesa em abril de 1987.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: