Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

O Concílio do Amor

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 27.01.2017
16.11.1989 Brasil / São Paulo / São Paulo – Centro Cultural São Paulo (CCSP)
Registro fotográfico Ary Brandi

O Concílio do Amor, 1989
Ary Brandi
Acervo Idart/Centro Cultural São Paulo

Montagem de Gabriel Villela, segunda encenação profissional do diretor, em parceria com o grupo Boi Voador, utilizando os porões do Centro Cultural São Paulo.

Texto

Abrir módulo

Histórico

Montagem de Gabriel Villela, segunda encenação profissional do diretor, em parceria com o grupo Boi Voador, utilizando os porões do Centro Cultural São Paulo.

A peça de Oscar Panizza é considerada uma blasfêmia anti-católica à época de seu lançamento, em 1895, levando o dramaturgo à prisão. A trama, perpassada de ironia, sarcasmo e virulência contra as hipócritas restrições impostas pela religião, coloca Deus, Nossa Senhora e o Diabo como articuladores de uma vingança contra a Humanidade, afundada em luxúria, à época da suntuosa corte do papa Alexandre VI. O Demônio, como modo de punir na raiz tantos malefícios, cria a sífilis, condenando os pecadores a sucumbirem ao permanecerem em pecado.

A encenação de Gabriel Villela estabelece evidentes conotações com a AIDS, embora sua realização não seja funérea ou mórbida. Uma linguagem barroca, pontuada de canções e remissões à imagética católica, estrutura a maior parte das marcações, conferindo ao todo um misto de referências cultas e populares.

Explorando com habilidade os grandes vãos abertos nos porões do Centro Cultural São Paulo, a montagem materializa seu pretendido tom grandiloqüente e atemporal, numa ambientação cenográfica assinada pelo próprio encenador.

Destacam-se no numeroso elenco Jairo Mattos, Luiz Rossi, Charles Lopes, Maria do Carmo Soares, Jair Assumpção e Davi Taiu.

Sobre a realização, o crítico Alberto Guzik tece seus comentários: "O grupo Boi Voador, com a produção de O Concílio do Amor, amplia as sólidas bases que fazem dele um dos grupos experimentais de maior relevo com que contamos hoje. (...) O espetáculo, montado nos porões do Centro Cultural São Paulo, aproveita a teatralidade fantástica da arquitetura do local para conseguir belos efeitos. Mesmo trabalhando em condições de produção adversas, o grupo Boi Voador alinhavou uma montagem de grande plasticidade e extraordinário impacto. Gabriel Villela (...) sublinhou o aspecto paródico, a forte sátira de Oskar Panizza. Se com isso perde uma parte da força iconoclasta do original, por outro lado acentua os ângulos críticos da obra".1

Notas

1. GUZIK, Alberto. Maldito e ousado: é o Concílio no palco. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 27, 21 nov. 1989.

Ficha Técnica

Abrir módulo
Autoria
Oscar Panizza

Direção
Gabriel Villela (Prêmio Shell)

Cenografia
Gabriel Villela (Prêmio Mambembe)

Figurino
Charles Lopes
Charles Möeller (Prêmios Mambembe, Shell, Apetesp e APCA)
Luis Carlos Rossi

Iluminação
Edvaldo Rodrigues

Direção musical
Tunica

Trilha sonora
Tunica

Coreografia
Fernando Les
Heroldo M. dos Reis Arruda

Elenco
Alexa Leiner / Madalena; Lucrécia Bórgia
Alexandre Paternost / Querubim; Lutador; Demônio
Cacá Amaral / Oscar Panizza
Charles Lopes / Deus
Cristiana Pikielny / Anjo; Fidalga
Davi Rocha Taiu / Jesus Cristo
Elaine Carvalho / Anjo; Salomé; Mulher
Jairo Mattos / Diabo
João Fonseca / Agnes de Deus; D. Sância
Lara Córdula / Anjo; Dançarina; Frinéia
Luciana Mello / Anjo; Dançarina; Helena de Tróia
Luis Carlos Rossi / Freira; Papa Alexandre VI
Marcos Azevedo / Anjo; Mensageiro; Fidalgo
Maria do Carmo Soares / Virgem Maria
Maurício Machado / Querubim; Lutador; Demônio
Mônica Barbosa / Verônica
Mônica Salmaso / Verônica
Patrícia Melone / Anjo; Dançarina; Heloísa
Roberta Nunes / Anjo Negro; Dançarina; Lilith

Obras 1

Abrir módulo

Espetáculos 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 3

Abrir módulo
  • GUZIK, Alberto. Maldito e ousado: é o Concílio no palco. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 27, 21 nov. 1989.
  • O CONCÍLIO DO AMOR. Direção Gabriel Villela. São Paulo, 1989. 1 folder. Programa do espetáculo, apresentado no Centro Cultural São Paulo em novembro de 1989.
  • RIOS, Jefferson del. O Concílio do Amor, com um toque experimental. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 nov. 1989. Caderno 2, p. 2.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: