Resultados encontrados buscando por “Cinema de autor” em Obras e Cinema

(153) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre Anjos da Noite

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAnjos da Noite: 1987
Autores da obra:
Resumo do artigo Anjos da Noite:

Análise Anjos da Noite (1987), escrito e dirigido por Wilson Barros (1948-1992) , tem roteiro premiado pela Embrafilme e ganha financiamento parcial. O orçamento é complementado por aporte financeiro da produtora Superfilmes e de outros coprodutores, como a atriz Marília Pêra (1943-2015) e o compositor Sérvulo Augusto (1955).  O diretor pertence à geração de cineastas

Artigo sobre Dona Flor e Seus Dois Maridos

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoDona Flor e Seus Dois Maridos: 1976
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Dona Flor e Seus Dois Maridos:

Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976), dirigido por  Bruno Barreto (1955) , é baseado no romance homônimo de Jorge Amado (1912-2001) e tem o roteiro adaptado por Bruno Barreto, Eduardo Coutinho (1933-2014) e Leopoldo Serran (1942-2008). Distribuído pela Embrafilme, é o terceiro longa-metragem do diretor, e surge de sua vontade de realizar uma comédia irreverente e sensual, em diálogo com

Artigo sobre Bye Bye Brasil

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoBye Bye Brasil: 1997
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Bye Bye Brasil:

Bye Bye Brasil (1979) é oitavo longa-metragem de Carlos Diegues (1940) . Através de um cenário mambembe que percorre o interior do Brasil, o longa mescla e aponta as contradições entre o moderno e o tradicional na cultura brasileira. Bye Bye Brasil narra a história de uma trupe de artistas mambembes, que roda com a Caravana Rolidei pelo interior do Brasil. O mágico Lorde Cigano [ José

Artigo sobre Amores

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAmores: 1997
Autores da obra:
Resumo do artigo Amores:

Domingos Oliveira (1936-2019) permanece 20 anos afastado de atividades cinematográficas, período em que se dedica a escrever e dirigir para televisão e teatro. O diretor retorna ao cinema com Amores , filme baseado no texto teatral homônimo escrito por ele e Priscilla Rozenbaum (1960) , sua esposa. A peça estreia em janeiro de 1996 e é bem recebida por público e crítica, conquistando o Prêmio

Artigo sobre Lição de Amor

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoLição de Amor: 1975
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Lição de Amor:

Primeiro longa-metragem de Eduardo Escorel (1945) , baseado no romance Amar, Verbo Intransitivo (1927), de Mário de Andrade (1893-1945) . A produção viabiliza-se graças ao prêmio Embrafilme de incentivo às transposições literárias para o cinema. Para o crítico de cinema Jean-Claude Bernardet (1936) , ao patrocinar adaptações da literatura brasileira, o regime militar da época pretende “criar

Artigo sobre Os Anos JK: uma trajetória política

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoOs Anos JK: uma trajetória política: 1980
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Os Anos JK: uma trajetória política:

Os Anos JK: uma trajetória política , com produção da Terra Filmes e distribuição da extinta Empresa Brasileira de Filmes S.A.(Embrafilme), é o primeiro longa-metragem dirigido por Silvio Tendler e trata da trajetória da vida pública e pessoal do ex-presidente Juscelino Kubitschek, falecido em 1976, em decorrência de um acidente de carro na Rodovia Dutra. O documentário é narrado por Othon

Artigo sobre Terra Estrangeira

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoTerra Estrangeira: 1995
Autores da obra:

Resumo do artigo Terra Estrangeira:

Terra Estrangeira é a segunda realização ficcional de Walter Salles (1956) e primeiro longa-metragem codirigido com Daniela Thomas (1959). Fotografada em preto e branco por Walter Carvalho (1947), a obra é filmada em três países de continentes diferentes: Brasil, Portugal e Cabo Verde. O filme dialoga com um momento importante da história contemporânea do país e do cinema nacional. Em 1990, o

Artigo sobre A Força dos Sentidos

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Força dos Sentidos: 1979
Autores da obra:
Resumo do artigo A Força dos Sentidos:

Análise Sétimo filme do diretor e fotógrafo Jean Garrett (1946-1996) , A Força dos Sentidos  é produzido dentro do sistema da Boca do Lixo, em São Paulo, pela Kinema Filmes, do produtor e também diretor Cláudio Cunha (1946-2015) . O longa, assim como a grande parte da obra de Garrett, é um drama erótico, que também se filia ao horror e ao suspense. Em A Força dos Sentidos , fica

Artigo sobre Nunca Fomos Tão Felizes

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoNunca Fomos Tão Felizes: 1984
Autores da obra:
Resumo do artigo Nunca Fomos Tão Felizes:

Análise Nunca Fomos tão Felizes é o primeiro longa-metragem dirigido por Murilo Salles, cuja carreira cinematográfica começa na direção de fotografia em filmes como A Estrela Sobe (1974) e Dona Flor e seus Dois Maridos (1976), ambos realizados por Bruno Barreto (1955) . Livre adaptação do conto Alguma Coisa Urgentemente , do escritor João Gilberto Noll (1946-2017) , Nunca Fomos tão

Artigo sobre Antônia

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAntônia: 2006
Autores da obra:
Resumo do artigo Antônia:

Antônia (2006) é um longa-metragem brasileiro dirigido pela cineasta Tata Amaral (1960) . O filme destaca a trajetória de mulheres negras que vivem na periferia de São Paulo e formam um grupo de rap feminino, a despeito do sexismo, racismo e violência. O longa-metragem é um drama musical ambientado no bairro de Brasilândia, região carente da zona norte de São Paulo. Os moradores da própria

Artigo sobre Rua sem Sol

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoRua sem Sol: 1954
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Rua sem Sol:

Rua sem Sol é o segundo longa-metragem de Alex Viany (1918-1992) e o primeiro filme da produtora de Oswaldo Massaini (1919-1994), a Cinedistri, em coprodução com Brasil Vita Film e Unida. Com vasto repertório cinematográfico formado em anos de exercício como crítico, o diretor opõe-se o cinema comercial e dedica sua obra a dramas sociais e personagens populares. Esse esforço para adensar o

Artigo sobre Vera

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoVera: 1986
Autores da obra:
Resumo do artigo Vera:

Vera (1986) é o segundo longa-metragem de Sérgio Toledo (1956) e sua primeira obra ficcional, depois da experiência com documentários. Para realizar um filme com qualidade internacional, a produção recorre a investimentos da Embrafilme e da iniciativa privada.  Inspirado em pesquisas realizadas na Fundação de Bem-Estar do Menor (Febem), o roteiro acompanha o drama de Vera Bauer, uma

Artigo sobre É Proibido Beijar

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoÉ Proibido Beijar: 1954
Autores da obra:
Resumo do artigo É Proibido Beijar:

Análise É Proibido Beijar é o segundo e último longa-metragem dirigido pelo fotógrafo italiano radicado no Brasil, Ugo Lombardi (1911-2002), e a penúltima produção da primeira fase da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Trata-se de uma comédia romântica que tenta introduzir atores dramáticos [ Tônia Carrero (1922) e Mário Sérgio (1929-1981)] no humor. O filme é realizado após o sucesso

Artigo sobre O Viajante

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Viajante: 1998
Autores da obra:
Resumo do artigo O Viajante:

Análise O Viajante é o décimo longa-metragem de Paulo Cezar Saraceni (1933-2012) e sua terceira e última adaptação da obra do escritor mineiro Lúcio Cardoso (1912-1968) , encerrando a "trilogia da paixão" iniciada com Porto das Caixas (1962) e A Casa Assassinada (1971). O livro homônimo de Lúcio Cardoso que dá origem ao filme estava sendo escrito quando o escritor faleceu, em 1968. O

Artigo sobre Amarelo Manga

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAmarelo Manga: 2003
Autores da obra:
Resumo do artigo Amarelo Manga:

Análise Amarelo Manga é o primeiro longa-metragem do diretor pernambucano Cláudio Assis (1955) e inscreve-se na tendência chamada "árido movie", que, segundo o próprio Assis, inclui filmes feitos em "locações nordestinas, com histórias universais e música de vanguarda" 1 . Pode ser considerado uma continuação estética e formal de um curta-metragem do mesmo diretor, Texas Hotel (1999), nome

Artigo sobre Hitler do IIIº Mundo

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoHitler do IIIº Mundo: 1968
Autores da obra:
Resumo do artigo Hitler do IIIº Mundo:

Análise Hitler III Mundo é dirigido por José Agrippino de Paula (1937-2007) . Único longa-metragem em 35mm do cineasta, realizado com recursos limitados e filmado entre os anos de 1968-69, período de intensificação da repressão militar no Brasil. Na época, Agrippino já apresenta significativa atuação nos campos da literatura, com os romances Lugar Público (1965) e PanAmérica (1967), e

Artigo sobre O Escorpião Escarlate

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Escorpião Escarlate: 1990
Autores da obra:
Resumo do artigo O Escorpião Escarlate:

Análise O Escorpião Escarlate é o terceiro longa-metragem do cineasta Ivan Cardoso (1952), com roteiro do escritor Rubens Francisco Lucchetti (1930). É inspirado em dois seriados radiofônicos de sucesso nos anos 1950: As Aventuras do Anjo , criado, produzido e protagonizado por Álvaro Aguiar (1926-1988) para a Rádio Nacional, entre 1948 e 1965; e O Escorpião Escarlate ( 1956 ), escrito

Artigo sobre O Beijo da Mulher Aranha

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Beijo da Mulher Aranha: 1985
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo O Beijo da Mulher Aranha:

O Beijo da Mulher Aranha (1985) é o quarto filme de ficção de Hector Babenco (1946-2016) , produzido entre 1984 e 1985, durante uma crise do cinema brasileiro. O encarecimento dos ingressos devido à alta inflação do período e a redução do número de espectadores colocam em xeque o modelo de financiamento estatal. Para ampliar o circuito de exibição, alguns filmes brasileiros começam a falar

Artigo sobre Toda Nudez Será Castigada

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoToda Nudez Será Castigada: 1972
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Toda Nudez Será Castigada:

Toda Nudez Será Castigada  (1972). Terceiro longa-metragem de Arnaldo Jabor (1940) . Adaptação da peça teatral de Nelson Rodrigues (1912-1980) , encenada pela primeira vez, em 1965, pelo diretor e ator Ziembinski (1908-1978). O filme tem como protagonistas a prostituta Geni (Darlene Glória) e o viúvo Herculano (Paulo Porto). Eles se conhecem depois que Patrício (Paulo César Pereio),

Artigo sobre Vento Norte

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoVento Norte: 1951
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Vento Norte:

Vento Norte , de Salomão Scliar (1925-1991) , é o primeiro longa-metragem do diretor. Tem a participação de atores amadores e de pescadores da cidade de Torres, no Rio Grande do Sul. Narra a luta cotidiana de um grupo de pescadores para garantir a sobrevivência 1 . João [Roberto Bataglin (1926-1994)] é um forasteiro que chega à aldeia e pede abrigo na casa de Antonio (Manoel Macedo), o líder