Resultados encontrados buscando por “Cinema da Retomada” em Cinema

(267) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre É Tudo Verdade

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoÉ Tudo Verdade: 1942
Resumo do artigo É Tudo Verdade:

Análise Em 1942, depois de lançar Cidadão Kane ( Citizen Kane , 1941), o diretor estadunidense Orson Welles (1915-1985) inicia as filmagens de It’s All True ( É Tudo Verdade ), produzido pela companhia cinematográfica Radio-Keith-Orpheum Corporation (RKO). São previstos quatro capítulos para a primeira versão do filme: A História do Jazz, inspirado em autobiografia do músico

Artigo sobre Jogo de Cena

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoJogo de Cena: 2006
Autores da obra:
Resumo do artigo Jogo de Cena:

Análise Dirigido pelo documentarista Eduardo Coutinho (1933-2014)   Jogo de Cena , de 2006, é o décimo documentário de longa metragem e um marco da filmografia do diretor desde Santo Forte , de 1997. Com a diretora-assistente Cristiana Grumbach e a montadora Jordana Berg, que o acompanham desde então, em Jogo de Cena , Coutinho retoma o início de sua carreira como diretor de filmes

Artigo sobre Mulher, Mulher

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoMulher, Mulher: 1978  |  Data de término da criação 1979
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Mulher, Mulher:

Análise Mulher, Mulher , dirigido por Jean Garrett (1947-1996) , é o terceiro filme do cineasta produzido por Manoel Augusto Cervantes, da Maspe Filmes. Segundo informações de Nuno César Abreu 1 , o filme é uma produção típica da Boca do Lixo paulista. Cervantes financiava o filme até o final das filmagens, quando então, negociava o acabamento e o seu lançamento junto aos distribuidores.

Artigo sobre À Margem da Imagem

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoÀ Margem da Imagem: 2002
Autores da obra:
Resumo do artigo À Margem da Imagem:

À margem da Imagem (2002), de  Evaldo Mocarzel (1960) , é um documentário produzido por  Ugo Giorgetti (1942) com base em estudos de Maria Cecília Loschiavo dos Santos. Ela, filósofa e pesquisadora, coordena o projeto “Aspectos do Design no Hábitat Informal das Grandes Cidades”, vinculado à  Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP)

Artigo sobre Das Tripas Coração

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoDas Tripas Coração: 1982
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Das Tripas Coração:

Análise A produção do segundo filme de longa metragem de ficção de Ana Carolina Teixeira Soares (1945) coincide com a declinante trajetória do mercado exibidor brasileiro. A partir de 1979, o crescente aumento do custo de vida, a redução do número de salas e o esgotamento de um gênero popular como a pornochanchada, cujas premissas eróticas um limitador cinema de características estritamente

Artigo sobre O Caçador de Diamantes

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Caçador de Diamantes: 1931
Autores da obra:
Resumo do artigo O Caçador de Diamantes:

Análise Dirigido por Vittorio Capellaro (1877-1943), O Caçador de Diamantes é um dos primeiros roteiros escritos do cinema nacional de que se tem notícia. O filme narra as aventuras de D. Fernando pelo sertão selvagem. Em seu vigésimo aniversário, o rapaz é presenteado com uma espada por Mestre Garro. Logo no começo do filme, D. Fernando é apresentado com princípios nobres, por defender um

Artigo sobre Pixote, a Lei do mais Fraco

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoPixote, a Lei do mais Fraco: 1980
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Pixote, a Lei do mais Fraco:

Pixote, a Lei do Mais Fraco (1980) é o terceiro longa-metragem de Hector Babenco (1946-2016) . Retrata a trajetória de um garoto de 11 anos, apelidado Pixote, do momento em que é enviado a um reformatório até a experiência vivenciada por ele e mais três colegas após a fuga da instituição. Trata da infância marginalizada e da decadência de instituições regeneradoras em tom de denúncia. O

Artigo sobre O Homem que Virou Suco

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Homem que Virou Suco: 1980
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo O Homem que Virou Suco:

Análise Após dirigir alguns documentários sobre o processo migratório na São Paulo dos anos 1970 - como Migrantes (1972) e Caso Norte (1977) -, João Batista de Andrade (1939) aborda esse tema no longa-metragem O Homem que Virou Suco (1980), uma produção da empresa Raiz Produções Cinematográficas em parceria com a hoje extinta Empresa Brasileira de Filmes S/A - (Embrafilme). No

Artigo sobre Guerra Conjugal

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoGuerra Conjugal: 1975
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Guerra Conjugal:

Guerra Conjugal (1975) é o quarto longa-metragem ficcional dirigido por Joaquim Pedro de Andrade (1932-1988). Depois do drama romântico rural O Padre e a Moça (1965), da literatura modernista em Macunaíma (1969) e do teatro histórico brechtiano em Os Inconfidentes (1972), o diretor aborda a comédia burguesa em chave erótica, aventurando-se no terreno da pornochanchada, gênero que no

Artigo sobre Jango

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoJango: 1984
Autores da obra:
Resumo do artigo Jango:

O documentário Jango (1984) , de Silvio Tendler (1950) , narra a história política do presidente João Goulart (1919-1976), deposto pelo Golpe de Estado de 1964. Tendler trabalha por três anos com entrevistas 1 para o filme e com a montagem de um conjunto de imagens de arquivo que soma 100 horas . O diretor, que começa a rodar Jango em 1981, pouco depois da estreia de Os Anos JK:

Artigo sobre O País de São Saruê

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO País de São Saruê: 1971
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo O País de São Saruê:

Análise Primeiro documentário em longa-metragem de Vladimir Carvalho (1935). A filmagem, iniciada em 1966, graças ao apoio de Antônio Mariz (1937-1995), prefeito de Sousa, Paraíba, é interrompida pelas chuvas no vale do rio do Peixe, que altera a esperada paisagem de seca da região. Com o acréscimo de novas gravações efetuadas no ano seguinte, monta-se uma primeira versão, ainda em 16 mm e com

Artigo sobre A Rainha Diaba

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Rainha Diaba: 1974
Autores da obra:
Resumo do artigo A Rainha Diaba:

Análise A Rainha Diaba  é o segundo longa-metragem dirigido por Antônio Carlos da Fontoura (1939). A burguesia carioca, tema de seu filme anterior Copacabana me Engana (1968), é substituída aqui por um mergulho na marginalidade. A partir das ideias de Fontoura, Plínio Marcos (1935-1999) , escreve um argumento inspirado em figuras e fatos reais que conheceu na região portuária de

Artigo sobre Madame Satã

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoMadame Satã: 2002
Resumo do artigo Madame Satã:

Análise Madame Satã , lançado em 2002 1 , é o longa de estreia de Karim Ainöuz (1966) , cineasta brasileiro radicado nos Estados Unidos. O longa marca o lançamento no cinema do ator baiano Lázaro Ramos (1978) ,  intérprete de Satã, tornando-o conhecido do grande público. O filme é distribuído pela Miramax e coproduzido pela Wild Bunch, produtora francesa, também responsável pela

Artigo sobre Ônibus 174

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoÔnibus 174: 2002
Autores da obra:

Resumo do artigo Ônibus 174:

Análise Ônibus 174 é o primeiro longa dirigido por José Padilha (1967) , que já trabalha na produção de documentários, como Os Carvoeiros ( 2000 ) , de Nigel Noble (1943) . Ônibus 174  insere-se em um conjunto de filmes que, a partir dos anos 1990, voltam-se para a violência urbana, como Notícias de Uma Guerra Particular (1998/ 1999 ), de João Moreira Salles (1962) e Kátia

Artigo sobre Sonho de Rose, 10 Anos Depois

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoSonho de Rose, 10 Anos Depois: 1997
Autores da obra:
Resumo do artigo Sonho de Rose, 10 Anos Depois:

Análise O Sonho de Rose, 10 anos depois (1997) é um documentário de longa-metragem dirigido por Tetê Moraes (1943). O roteiro é assinado por Paulo Halm (1962) e Tetê Vasconcellos, e a música tema “Assentamento” é de Chico Buarque (1944) . Com produção da Vemver Brasil, o documentário é financiado, em grande parte, pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e traz a

Artigo sobre Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoNós que Aqui Estamos por Vós Esperamos: 1999
Autores da obra:
Resumo do artigo Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos:

Análise Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos (1999) é um longa-metragem documental dirigido por Marcelo Masagão (1958). O filme é uma antologia audiovisual do século XX, intercalando e sobrepondo imagens de filmes antigos, fotos, reportagens de televisão e de arquivos. O trabalho de montagem, assinado também por Masagão, cria narrativas, simultaneamente, reais e ficcionais, construídas

Artigo sobre Alô! Alô! Carnaval.

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAlô! Alô! Carnaval.: 1936
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Alô! Alô! Carnaval.:

Alô! Alô! Carnaval , com direção de Adhemar Gonzaga (1901-1978) , é o terceiro filme da parceria entre a Waldow e a Cinédia. Os outros dois são Alô! Alô! Brasil e Estudantes , ambos de 1935. Aproveitando-se da popularidade dos cantores, a Cinédia adapta os padrões da comédia musical americana. Assim, afasta-se de seu projeto primeiro, tal como expresso na revista Cinearte, de produzir filmes

Artigo sobre O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Resumo do artigo O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias:

O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias é dirigido por Cao Hamburger (1962) , realizado pelas produtoras Gullane Filmes, Caos Produções e Miravista. O roteiro é realizado por Cláudio Galperin (1962), Bráulio Mantovani (1963) , Anna Muylaert (1964) e o próprio Cao Hamburger. O enredo se passa no bairro do Bom Retiro 1 ,   em São Paulo, em 1970, marcado pela disputa da Copa do

Artigo sobre Aleluia, Gretchen!

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAleluia, Gretchen!: 1976
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfia autoria desconhecida

Resumo do artigo Aleluia, Gretchen!:

Análise Aleluia, Gretchen! é o terceiro longa-metragem de Sylvio Back (1937) , tem roteiro do próprio diretor, com a colaboração de Manoel Carlos Karam (1947) , e coprodução da Empresa Brasileira de Filmes (Embrafilme). O filme narra a saga de 40 anos de uma família de imigrantes que chega ao Brasil, em 1937, após um de seus integrantes, o democrata Ross, divergir do partido nacional

Artigo sobre Boleiros - Era uma Vez o Futebol

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoBoleiros - Era uma Vez o Futebol: 1998
Autores da obra:
Resumo do artigo Boleiros - Era uma Vez o Futebol:

Análise Boleiros - Era uma Vez o Futebol , de Ugo Giorgetti, é um filme de baixo orçamento, realizado com equipe técnica reduzida e regular. Ambientado na cidade de São Paulo, aborda os interesses diferentes das classes sociais, a exploração do trabalho e o desprezo generalizado pelo passado. Giorgetti, que também é cronista de futebol, se inspira na história do futebol paulista para contar