Resultados encontrados buscando por “Música Erudita” em Eventos e Teatro

(30) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre O Avarento

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioO Avarento: 26-5-2000
Resumo do artigo O Avarento:

A encenação de Amir Haddad (1937) alia o apreço pela literatura e o culto às formas do teatro popular. O texto na íntegra e a valorização da clareza da palavra se misturam ao uso pontual de máscaras, à música de referência nordestina, ao uso lúdico do cenário de inspiração elisabetana, ao figurino que sugere uma trupe mambembe e à explicitação do jogo teatral. O texto é construído em torno

Artigo sobre A Vida É Cheia de Som e Fúria

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioA Vida É Cheia de Som e Fúria: 17-3-2000
Resumo do artigo A Vida É Cheia de Som e Fúria:

  Realização que consagra, no eixo Rio-São Paulo, Felipe Hirsch como encenador, e Guilherme Weber como ator, ambos da Sutil Companhia de Teatro, de Curitiba, em 2000. O texto original denomina-se High Fidelity , romance escrito por Nick Hornby sobre a vida do DJ Rob Flemming, retratando a geração dos anos 80, envolvida com o caos das informações múltiplas e a fugacidade dos

Artigo sobre Arena Conta Zumbi

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioArena Conta Zumbi: 1965
Resumo do artigo Arena Conta Zumbi:

Marco da trajetória do Teatro de Arena , o espetáculo inaugura o Sistema Coringa , modelo dramatúrgico criado por Augusto Boal  (1931-2009), para viabilizar a encenação de qualquer peça com elencos reduzidos. Alterando a estrutura tradicional do gênero dramático, com suporte em uma proposta épica e crítica, Boal e Gianfrancesco Guarnieri  (1934-2006) dividem a autoria do texto e

Artigo sobre Um Molière Imaginário

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioUm Molière Imaginário: 8-3-1997
Resumo do artigo Um Molière Imaginário:

Primeira montagem em que um integrante do Grupo Galpão assina a direção de um espetáculo da companhia. Um Molière Imaginário é uma adaptação do clássico O Doente Imaginário, de Molière, com direção de Eduardo Moreira e dramaturgia de Cacá Brandão, realizada depois dos premiados espetáculos Romeu e Julieta, 1992, e A Rua da Amargura, 1994, dirigidos por Gabriel Villela. Um Molière Imaginário,

Artigo sobre A Farsa de Inês Pereira

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioA Farsa de Inês Pereira: 31-5-1978
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

A Farsa de Inês Pereira - 1978
Ruth Toledo
Registro fotográfico Ruth Toledo

Resumo do artigo A Farsa de Inês Pereira:

Marcante encenação do Grupo de Teatro Mambembe , atualiza a farsa medieval para os usos e costumes kitsch da cultura suburbana de São Paulo. Depois da primeira montagem pelo Grupo Universitário de Teatro (GUT) , numa adaptação de Décio de Almeida Prado (1917-2000) , nomeada de Farsa de Inês Pereira e do Escudeiro, em 1945, a montagem seguinte do texto de Gil Vicente (1465-1537) é de

Artigo sobre Acordei que Sonhava

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioAcordei que Sonhava: 21-3-2003
Resumo do artigo Acordei que Sonhava:

Segunda montagem do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos , adaptação de A Vida É Sonho , de Calderón de la Barca, consolida o aprofundamento na pesquisa sobre a cultura hip-hop e a estética da arte das ruas. As questões do texto original sobre destino e livre-arbítrio inspiram uma abordagem sobre a realidade brasileira. Na peça do dramaturgo espanhol, o príncipe Segismundo vive em

Artigo sobre Alice no País Divino-Maravilhoso

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioAlice no País Divino-Maravilhoso: 29-7-1970
Resumo do artigo Alice no País Divino-Maravilhoso:

A montagem, dirigida por Paulo Afonso Grisolli (1934-2004) , propõe um espetáculo que se insere na renovação estética que caracterizará o teatro da década de 1970: a quebra do realismo com a valorização dos recursos teatrais associada a um olhar crítico sobre a moralidade e os padrões de comportamento. Os autores - Tite de Lemos (1942-1989) , Luiz Carlos Maciel (1938) , Marcos Flaksman

Artigo sobre Sortilégio: Mistério Negro

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioSortilégio: Mistério Negro: 21-8-1957  |  Data de término 25-8-1957
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Espetáculo Sortilégio. Em cena: Matilde Gomes, Heloísa Herta, Stela Delfina, Ruth de Souza e Abdias do Nascimento - 1957

Registro fotográfico autoria desconhecida

Resumo do artigo Sortilégio: Mistério Negro:

Com texto de Abdias do Nascimento, fundador e diretor do  Teatro Experimental do Negro , a montagem de  Sortilégio , encenada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com artistas de renome e sucesso de público, coroa o investimento do conjunto na criação de uma dramaturgia própria, que valorize os temas ligados à cultura negra, sem perder de vista o objetivo artístico. O texto é

Artigo sobre A Pedra do Reino

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioA Pedra do Reino: 21-7-2006  |  Data de término 17-12-2006
Resumo do artigo A Pedra do Reino:

Depois das incursões de Antunes Filho (1929) pelo universo da tragédia grega nos primeiros anos de 2000, um antigo projeto de seu Grupo Macunaíma/ Centro de Pesquisa Teatral (CPT) , ganha forma: colocar no palco o universo ficcional de Ariano Suassuna (1927-2014) , escritor e dramaturgo paraibano. Baseada nos livros de Suassuna Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue

Artigo sobre Gimba

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioGimba: 17-4-1959
Resumo do artigo Gimba:

Gimba, o Presidente dos Valentes , peça de Gianfrancesco Guarnieri é o primeiro grande sucesso de direção de Flávio Rangel , surpreendente êxito não apenas no Brasil como no exterior, quando da apresentação no Festival do Théâtre des Nations, em Paris, 1960. Após o notável sucesso de Eles Não Usam Black-Tie no Teatro de Arena , em 1958, Gianfrancesco Guarnieri escreve seu segundo

Artigo sobre Bugiaria - O Processo de João Cointa

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioBugiaria - O Processo de João Cointa: 3-12-1999
Resumo do artigo Bugiaria - O Processo de João Cointa:

Com dramaturgia formada por fragmentos de documentos históricos, Moacir Chaves  (1965) concebe uma linguagem que confronta dois tipos de estética para falar de colonizadores e colonizados. A pesquisa histórica que dá origem ao espetáculo parte do processo movido pela inquisição brasileira contra o luterano João Cointa. Os documentos selecionados são de basicamente duas fontes: os

Artigo sobre Arena Conta Tiradentes

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioArena Conta Tiradentes: 21-4-1967
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Arena Conta Tiradentes - 1967
Derly Marques
Registro fotográfico Derly Marques

Resumo do artigo Arena Conta Tiradentes:

Peça concebida no Sistema Coringa , aborda a vida de Tiradentes, integra a fase dos musicais do Teatro de Arena  e reforça seus propósitos de mobilização política. Após o grande sucesso de Arena conta Zumbi , o Teatro de Arena se debruça sobre outro movimento histórico: a Inconfidência Mineira. Tomando Tiradentes como o protótipo do herói revolucionário, o texto de Augusto Boal

Artigo sobre O Mentiroso

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioO Mentiroso: 23-11-1949
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Espetáculo O Mentiroso. Em cena: Carlos Vergueiro (Arlequim), Sérgio Cardoso (Lélio), Célia Biar (Colombina), Cleyde Yáconis (Rosaura) - 1952
Fredi Kleemann
Registro fotográfico Fredi Kleemann

Resumo do artigo O Mentiroso:

Primeiro texto clássico encenado no  Teatro Brasileiro de Comédia , em 1949, no início da fase profissional da companhia, com direção de  Ruggero Jacobbi . O espetáculo evidencia o talento de  Sergio Cardoso . Tanto o encenador quanto o ator vinham de uma experiência carioca: a montagem de  Arlequim, Servidor de Dois Amos , do mesmo Carlo Goldoni, empreendida pelo 

Artigo sobre Baile do Menino Deus

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioBaile do Menino Deus: 12-11-1983
Resumo do artigo Baile do Menino Deus:

Baile do Menino Deus , auto de Natal escrito por Ronaldo Correia de Brito e Francisco Assis Lima, com músicas de Antônio Madureira, é criado em oposição à maciça difusão, no Brasil, do imaginário natalino de inspiração europeia. Em vez de papais-noéis, renas e trenós, esse alegre musical leva ao palco figuras típicas da cultura popular nordestina, como o Mateus 1 , o Jaraguá 2 , o bumba meu boi,

Artigo sobre O Abre Alas

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioO Abre Alas: 21-8-1998
Resumo do artigo O Abre Alas:

O espetáculo homenageia Chiquinha Gonzaga  (1847-1935), numa biografia musical da compositora e abolicionista carioca. A peça, escrita por encomenda do Teatro Popular do Sesi a Maria Adelaide Amaral  (1942), tem sua primeira montagem em São Paulo, sob a direção de Osmar Rodrigues Cruz  (1924-2007), em 1983. Quinze anos depois, comemorando os 150 anos de aniversário do

Artigo sobre A Mais Forte

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioA Mais Forte: 31-5-1984  |  Data de término -7-1984
Resumo do artigo A Mais Forte:

Segundo espetáculo da companhia Casa de Ópera Corporação Artística, A Mais Forte se notabiliza pelo apuro conceitual e estilístico da encenação de Carlos Bartolomeu (1953) e pela qualidade da atuação de Augusta Ferraz e Magdale Alves. A Mais Forte é uma das peças de câmara de August Strindberg, escrita em 1889. A ação se passa na década de 1880, em um café na cidade de Estocolmo,

Artigo sobre Em Nome do Desejo

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioEm Nome do Desejo: 2-3-1990
Resumo do artigo Em Nome do Desejo:

Em Nome do Desejo é a segunda montagem da Companhia Teatro de Seraphim, do Recife, dirigida por Antonio Cadengue. Na primeira metade da década de 1990, o espetáculo alcança expressiva repercussão e recebe o reconhecimento da crítica e do público nas diversas cidades brasileiras por onde excursiona. Originalmente, a montagem é concebida como prova pública do Curso Básico à Formação do

Artigo sobre O Sapato do meu Tio

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Teatro  
Data de inícioO Sapato do meu Tio: 21-9-2005
Resumo do artigo O Sapato do meu Tio:

Análise A combinação entre o teatro sem diálogo verbal e a arte da palhaçaria caracteriza o espetáculo O Sapato do meu Tio , um dos mais importantes do teatro na Bahia nos anos 2000. Protagonizado pelos atores Lúcio Tranchesi e Alexandre Luís Casali, sob direção de João Lima, o trabalho de trajetória longeva mostra as glórias e desventuras do ofício do riso, através da personificação do