Resultados encontrados buscando por “Poesia” em Obras e Música

(12) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre Nelson Cavaquinho

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoNelson Cavaquinho: 1973
Autores da obra:
Resumo do artigo Nelson Cavaquinho:

Análise Nelson Cavaquinho (1973, Odeon) reúne canções de destaque na carreira do compositor carioca que ele próprio não tinha gravado, como “Juízo Final”, “Folhas Secas”, “A Flor e o Espinho”, “Vou Partir”. Das 16 faixas do disco, dez são em parceria com Guilherme de Brito (1922-2006) . Nelson Cavaquinho (1911-1986) compõe desde os anos 1940, mas só interpreta suas canções a partir da

Artigo sobre Vivo!

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoVivo!: 1976
Autores da obra:
Resumo do artigo Vivo!:

Vivo! é o terceiro disco do compositor e cantor pernambucano Alceu Valença (1946), lançado em 1976. O disco confirma o talento do artista em ascensão como letrista de grande potencial. As músicas do álbum misturam elementos de crônica fantástica e narrativa cotidiana, acompanhados de uma musicalidade que eletrifica a referência do ritmo baião com uma sonoridade pungente influenciada pelo rock.

Artigo sobre Luar do Sertão

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoLuar do Sertão: 1914
Resumo do artigo Luar do Sertão:

Uma das mais conhecidas músicas do cancioneiro brasileiro, Luar do Sertão tem sua primeira gravação por Eduardo das Neves (1874-1919), em disco da Odeon lançado em 1914, catalogado como toada sertaneja. Na esteira da música chamada “caipira” ou “sertaneja” – fusão de ritmos e gêneros do interior do país, tais como modas, toadas, cateretês e emboladas – esta gravação se encerra com um diálogo

Artigo sobre Secos & Molhados

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoSecos & Molhados: 1973
Autores da obra:
Resumo do artigo Secos & Molhados:

Em 23 de maio de 1973, Gerson Conrad (1952), no violão e vocal, João Ricardo (1949), no violão, vocal e gaita e Ney Matogrosso (1941), no vocal, entram em estúdio para gravar o primeiro álbum dos Secos & Molhados. Finalizado duas semanas depois, é lançado em agosto, com shows no Teatro Aquarius, e em setembro, no Teatro Itália, em São Paulo. O conjunto já faz algum sucesso com apresentações

Artigo sobre Alucinação

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoAlucinação: 1976
Autores da obra:
Resumo do artigo Alucinação:

Análise Alucinação (1976) é o segundo LP do compositor e cantor Belchior (1946-2017) . Lançado pela Philips, tem produção de Mazzola (1950) e arranjos de José Roberto Bertrami (1946-2012). Depois do trabalho de estreia, A Palo Seco (1974), o compositor alcança, com este álbum, a primeira exposição extensiva na mídia, atingindo a cifra de 30 mil cópias vendidas em um mês. Nele, estão

Artigo sobre O Presente

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoO Presente: 2006
Autores da obra:
Resumo do artigo O Presente:

Análise Lançado em 2006 pelo selo Água Forte, com patrocínio da Petrobras, O Presente faz um recorte na obra de Willy Corrêa de Oliveira (1938) , com ênfase no período de retomada da atividade de compositor, incluindo também algumas obras anteriores a esta fase. Com encarte de 64 páginas de textos do compositor sobre as peças gravadas, e desenhos de Enio Squeff, o álbum consiste em dois

Artigo sobre Ronda

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoRonda: 1945
Autores da obra:
Resumo do artigo Ronda:

Análise “Ronda” é a principal canção do repertório de Paulo Vanzolini (1924-2013), gravada por mais de 30 intérpretes, e uma das referências do cancioneiro da cidade de São Paulo. O compositor escreve a canção em 1945, período em que estuda de medicina, serve o Exército e inica sua vida na boemia. Em suas andanças noturnas por São Paulo, testemunha as histórias que lhe servem de

Artigo sobre Foi um Rio que Passou em Minha Vida

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoFoi um Rio que Passou em Minha Vida: 1969
Resumo do artigo Foi um Rio que Passou em Minha Vida:

Análise O surgimento dessa que é uma das principais músicas de exaltação à escola de samba Portela está diretamente relacionado a uma canção em homenagem à Mangueira. Em 1968, durante uma visita à casa do poeta e produtor Hermínio Bello de Carvalho (1935), Paulinho da Viola (1942) encontra sobre a mesa de trabalho do parceiro quatro letras de música que o amigo mangueirense acabara de