Artigo da seção termos e conceitos Espacialismo

Espacialismo

Artigo da seção termos e conceitos
Artes visuais  

Definição
Movimento artístico criado em Milão, Itália, pelo artista argentino Lucio Fontana (1899-1968). O processo inicial do movimento se dá com a publicação do Manifesto Branco, em Buenos Aires, no ano de 1946. Nele, Lucio Fontana e outros artistas, redatores do manifesto, defendiam a união de arte e ciência em torno de um mesmo objetivo, o de projetar cores e formas num espaço real, utilizando técnicas atuais como luz néon e a televisão, ao mesmo tempo em que negava o espaço ilusório criado na pintura tradicional. Em 1947, o artista apresenta a obra inaugural do movimento - uma sala pintada de preto - chamando-a Ambiente Espacial Negro, e reafirma as idéias do manifesto publicado no ano anterior com a publicação do Manifesto Técnico do Espacialismo, que exalta a importância do espaço real, existente além da tela e da escultura, e o uso da ciência e da tecnologia na transformação plástica desse ambiente.

Fontes de pesquisa (4)

  • CHILVERS, Ian (org.). Dicionário Oxford de arte. Tradução Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
  • FONTANA, Lucio. Lucio Fontana: a ótica do invisível. Texto Paulo Herkenhoff, Murilo Mendes, Hélio Oiticica, Pier Luigi Tazzi. Milano: Charta, 2001.
  • MARCONDES, Luiz Fernando. Dicionário de Termos Artísticos. Rio de Janeiro: Rio, 1998.
  • OSBORNE, Harold. Guía del Arte del Siglo XX. Madri: Alianza, 1990.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ESPACIALISMO . In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo48/espacialismo>. Acesso em: 23 de Abr. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7