Artigo da seção termos e conceitos Fotografia Buraco-de-Agulha

Fotografia Buraco-de-Agulha

Artigo da seção termos e conceitos
Artes visuais  

Definição
Também conhecida como fotografia estenoscópica (de stenopaic photography) ou pinhole, consiste na obtenção de negativos fotográficos sem a utilização das câmaras industrialmente produzidas, através do emprego de câmaras improvisadas com materiais tão pouco ortodoxos quanto caixas de charuto, de leite, de biscoito, de chocolate ou de esparadrapo. Usadas com finalidade didáticas - para explicar aos neófitos o princípio da camera obscura - são também empregadas pelos fotógrafos autores para a obtenção de efeitos especiais impossíveis de serem obtidos com as câmaras convencionais. Uma expressiva adepta deste sistema é a norte-americana Ruth Thomsen, sendo que entre os fotógrafos brasileiros que se dedicaram com mais sucesso à fotografia buraco-de-agulha nos últimos anos, podemos destacar os nomes de Regina Alvarez e Paula Troppe, ambas no Rio de Janeiro, e Kenji Ota (1952), em São Paulo.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • FOTOGRAFIA Buraco-de-Agulha. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo3862/fotografia-buraco-de-agulha>. Acesso em: 27 de Jul. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7