Artigo da seção termos e conceitos Pastel

Pastel

Artigo da seção termos e conceitos
Artes visuais  

Definição

Tipo de lápis de cor, criado no século XV e fabricado em forma de pequenos cilindros, a partir de uma mistura de pigmentos com cola e goma-arábica. É usado para desenhar e pintar, normalmente em papel de tom neutro, e exige o uso de um fixador ou de uma proteção de vidro para manter seus pigmentos secos presos ao suporte em que foi aplicado. É considerado o mais opaco de todos os materiais usados nas artes visuais e teve grande importância na realização de retratos, durante o século XVIII, na Europa. Odilon Redon (1840-1916), e sobretudo o artista Edgar Degas (1834-1917), deram ao pastel um novo estatuto, já que até então ele se limitara ao uso por amadores e diletantes e artistas de pouco prestígio. O termo também é usado para nomear a técnica e o tipo de pintura feita com esse material.

Fontes de pesquisa (4)

  • A INVENÇÃO da Pintura. Direção Pierre Marchand. São Paulo: Melhoramentos, 1994.
  • CHILVERS, Ian (org.). Dicionário Oxford de arte. Tradução Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
  • LUCIE-SMITH, Edward. Dicionário de Termos de Arte. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1990.
  • MARCONDES, Luiz Fernando. Dicionário de Termos Artísticos. Rio de Janeiro: Rio, 1998.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • PASTEL . In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo3817/pastel>. Acesso em: 21 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;