Artigo da seção pessoas Zé Tarcísio

Zé Tarcísio

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deZé Tarcísio: 1941 Local de nascimento: (Brasil / Ceará / Fortaleza)
Imagem representativa do artigo

Sem Título , s.d. , Zé Tarcísio
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Biografia

José Tarcísio Ramos (Fortaleza, Ceará, 1941). Pintor, artista intermídia, gravador, escultor, cenógrafo e figurinista. Realiza seus primeiros trabalhos em artes plásticas, em 1960. No ano seguinte, muda-se para o Rio de Janeiro e freqüenta o ateliê de Inimá de Paula, além de estudar na Escola Nacional de Belas Artes, entre 1964 e 1966. Sofre com a repressão militar, sendo preso por 4 dias e mantido sob censura em 1968. Em 1970, cria os figurinos e acessórios para a peça Cemitério de Automóveis, apresentada no Teatro Ruth Escobar, em São Paulo. Em 1976, sua obra Regando Pedras é reproduzida em selo pela Empresa de Correios e Telégrafos.

Outras informações de Zé Tarcísio:

  • Outros nomes
    • José Tarcísio Ramos
    • José Tarcísio
    • Tarcísio Ramos
  • Habilidades
    • Pintor
    • Artista intermídia
    • gravador
    • escultor
    • Cenógrafo
    • figurinista

Obras de Zé Tarcísio: (1) obras disponíveis:

Exposições (26)

Artigo sobre Jangada

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioJangada: 25-03-1998  |  Data de término | 12-07-1998
Resumo do artigo Jangada:

Museu Histórico do Ceará (Fortaleza, CE)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (10)

  • DRÄNGER, Carlos (coord.). Pop Brasil: arte popular e o popular na arte. Curadoria Paulo Klein; tradução João Moris, Beatriz Karan Guimarães, Maurício Nogueira Silva; texto Paulo Klein, Jean Boghici, Ladi Biezus et al. São Paulo: CCBB, 2002. 130 p. 
  • AYALA, Walmir (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1980. v.4: Q a Z. (Dicionários especializados, 5).
  • BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO, 15., 1979, São Paulo, SP. Catálogo geral. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1979.
  • BRASIL: arte do Nordeste. Introdução de Artur Benevides. Editado por Paulo Lyra. Textos de Carlos de Lima et al. Rio de Janeiro: Spala, 1986.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • NOVOS e novíssimos gravadores nacionais. São Paulo: MAC/USP, 1975.
  • PONTUAL, Roberto. Arte/ Brasil/ hoje: 50 anos depois. São Paulo: Collectio, 1973.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.
  • SALÃO NACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS, 6. , Rio de Janeiro, 1983. Arte Moderna no Salão Nacional - 1940 a 1982. Rio de Janeiro: FUNARTE, 1983. (Sala Especial do VI Salão Nacional de Artes Plásticas).
  • SCHENBERG, Mario. Pensando a arte. São Paulo: Nova Stella, 1988.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ZÉ Tarcísio. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9998/ze-tarcisio>. Acesso em: 26 de Abr. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7