Artigo da seção pessoas Hans Grudzinski

Hans Grudzinski

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deHans Grudzinski: 1921 | Data de morte 1986 Local de morte: (Brasil / São Paulo / Mauá)
Imagem representativa do artigo

Pelada , 1982 , Hans Grudzinski
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Biografia
Hans Grudzinski (Novi Vrbas, Iugoslávia, atual Sérvia 1921 - Mauá SP 1986). Gravador, desenhista, pintor e arquiteto. Forma-se arquiteto em 1940. Em 1947, transfere-se para o Brasil, fixando-se em Mauá, São Paulo. Entre 1954 e 1956, estuda pintura na Associação Paulista de Belas Artes, e em 1959 cursa artes gráficas, na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap). No mesmo ano, é orientado pelo gravador Lívio Abramo (1903-1992) no Estúdio Gravura, em São Paulo, onde participa de uma coletiva em 1961. Em 1963, expõe na 1ª Bienal Americana de Gravura, em Santiago, Chile. Em 1966, é agraciado com medalha de ouro no 2º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea José Pancetti (MACC). Obtém prêmio no Salão Paulista de Arte Moderna e participa da 9ª Bienal de São Paulo, em 1967. No ano seguinte, conquista medalha de prata em artes gráficas, no Salão de Arte Contemporânea de São Caetano do Sul, São Paulo. Ganha prêmio Conselho Estadual de Cultura do 1º Salão Paulista de Arte Contemporânea, em 1969. Em 1970, é premiado pelo conjunto da obra no Salão de Arte Brasileira Religiosa de Londrina, Paraná. Em São Paulo, expõe em individuais nas galerias São Luís, em 1963 e 1965, e Documenta, em 1970, 1980 e 1983. Apresenta ainda trabalhos no Panorama de Arte Atual Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), em várias ocasiões, entre 1969 e 1980, quando é premiado na 4ª Mostra Anual de Gravura, no Museu da Gravura , Curitiba, Paraná. Entre 1947 e 1967, trabalha em uma fábrica de porcelanas, em Mauá, São Paulo.

Comentário crítico
A produção gráfica de Hans Grudzinski deteve-se principalmente na gravura em metal, tendo trabalhado especialmente com as técnicas da água-tinta, água-forte e ponta-seca. Inicia-se no estudo da gravura com Lívio Abramo (1903-1992), em 1959, recém-chegado de um período de estudo no ateliê do gravador inglês Stanley William Hayter (1901-1988), com quem se aperfeiçoara na incisão sobre metal.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Hans Grudzinski:

  • Outros nomes
    • Hans Suliman Grudzinski
    • Hans Suliman-Grudzinski
  • Habilidades
    • pintor
    • gravador
    • desenhista
    • arquiteto

Obras de Hans Grudzinski: (1) obras disponíveis:

Exposições (84)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (7)

  • LOUZADA, Júlio. Artes plásticas Brasil 1985: seu mercado, seus leilões. São Paulo: J. Louzada, 1984. 1142 p.
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário Brasileiro de Artistas Plásticos. Brasília, Instituto Nacional do Livro, 1973, p.301).
  • GRUDZINSKI, Hans S. Hans Grudzinski: gravuras (folheto). Texto de Armindo Trevisan. São Paulo, Documenta, nov. 1980.
  • GRUDZINSKI, Hans S. Hans Grudzinski: gravuras (folheto). Textos de Armindo Trevisan, Ivo Zanini e Jacob Klintowitz. São Paulo, Documenta, nov. 1983.
  • GRUDZINSKI, Hans. Aprendendo com o artista:a gravura de Grudzinski. São Bernardo do Campo: Núcleo Henfil de Ação Cultural, 1990. il. color.
  • OS COLECIONADORES - Guita e José Mindlin:matrizes e gravuras. Curadoria Jacob Klintowitz; apresentação Horacio Lafer Piva, Jaime A. Greene; texto José Mindlin, Jacob Klintowitz. São Paulo: 1998. [64] p. , il. color.
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. Pesquisa Cacilda Teixeira da Costa, Marília Saboya de Albuquerque. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 1106 p. 2v.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • HANS Grudzinski. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9421/hans-grudzinski>. Acesso em: 25 de Jun. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7