Artigo da seção pessoas Flávio de Carvalho

Flávio de Carvalho

Artigo da seção pessoas
Artes visuais / teatro  
Data de nascimento deFlávio de Carvalho: 10-08-1899 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Barra Mansa) | Data de morte 04-06-1973 Local de morte: (Brasil / São Paulo / Valinhos)
Imagem representativa do artigo

Retrato de Renato Magalhães Gouvêa , 1964 , Flávio de Carvalho
Reprodução fotográfica Sérgio Guerini/Itaú Cultural

Biografia
Flávio Resende de Carvalho (Amparo da Barra Mansa, RJ, 1899 - Valinhos, SP, 1973). Pintor, desenhista, arquiteto, cenógrafo, decorador, escritor, teatrólogo, engenheiro. Muda-se com a família para São Paulo em 1900. Em 1911, passa a estudar em Paris e, três anos depois, na Inglaterra, onde, em Newcastle, em 1918, inicia o curso de engenharia civil no Armstrong College da Universidade de Durham e ingressa no curso noturno de artes da King Edward the Seventh School of Fine Arts. Conclui o curso de engenharia em 1922 e nesse ano volta a residir em São Paulo, onde chega logo após a realização da Semana de Arte Moderna. Desenvolve atividades em várias áreas artísticas e intelectuais, freqüentemente de forma inovadora e provocativa. Participa de concursos públicos de arquitetura, como para o Palácio do Governo do Estado de São Paulo, em 1927, e, embora não tenha sido vencedor em nenhum deles, seus projetos são considerados pioneiros da arquitetura moderna no país. Em 1931, realiza o polêmico evento Experiência nº 2, em que caminha com boné na cabeça, de forma desafiadora, em sentido contrário ao de uma procissão de Corpus Christi e é bastante hostilizado. Em 1932, abre um ateliê, onde funda o Clube dos Artistas Modernos - CAM, com Antonio Gomide (1895-1967), Di Cavalcanti (1897-1976) e Carlos Prado (1908-1992). No ano seguinte, cria o Teatro da Experiência e encena o Bailado do Deus Morto - espetáculo de teatro-dança de sua autoria com estética inovadora, para o qual cria cenografia e figurino e que tem, em sua maioria, atores negros. Realiza, em 1934, a sua primeira exposição individual. A mostra é fechada pela polícia sob alegação de atentado ao pudor, e reaberta alguns dias depois, por ordem judicial. Em 1947, realiza os desenhos da Série Trágica, em que registra a morte da própria mãe. Após publicar, em 1956, uma série de artigos sobre moda na coluna Casa, Homem, Paisagem - em que escreve sobretudo a respeito de arquitetura e urbanismo -, que mantém no Diário de São Paulo, apresenta-se - e causa escândalo - em passeata pelo centro da cidade de São Paulo com o New Look, um traje tropical masculino por ele desenvolvido e que consiste de saia e blusa de mangas curtas e folgadas.

Comentário Crítico
Engenheiro civil formado pela Universidade de Durham, na Inglaterra, Flávio de Carvalho participa do concurso para o Palácio do Governo de São Paulo, em 1927. Seu projeto, bastante discutido, destaca-se entre os concorrentes, principalmente pelo aspecto monumental do edifício, marcado pela decomposição dos volumes e pela intensidade dramática dos jogos de luzes dos holofotes. Em 1930, participa do Congresso Pan-Americano de Arquitetos com a conferência A Cidade do Homem Nu, na qual ressalta a idéia do homem despido dos preconceitos da civilização burguesa. A tese tem ampla conexão com o movimento antropofágico. Participa de vários outros concursos, sem ganhar nenhum. Apenas dois de seus projetos são concretizados: o conjunto de casas da alameda Lorena (1936/1938) e a fazenda Capuava (1939) ambos precursores da arquitetura moderna no Brasil. A casa da fazenda é a que melhor sintetiza suas idéias de arquitetura, movida principalmente pela imaginação e correspondente às novas formas de viver e de pensar. Nela, a decoração é tão importante quanto a arquitetura. Sua frente é um trapézio alto; o interior, um grande salão sem divisórias, com cortinas de panos coloridos que dançam com o vento. Os banheiros e a cozinha são revestidos com chapas de alumínio, material extremamente moderno. Há ainda uma lareira com cúpula de alumínio que solta fumaça colorida.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Flávio de Carvalho:

  • Outros nomes
    • Flávio de Rezende Carvalho
    • Flávio de R. Carvalho
    • Flávio de Resende Carvalho
    • Flávio Rezende de Carvalho
  • Habilidades
    • pintor
    • desenhista
    • gravador
    • escultor
    • cenógrafo
    • arquiteto
    • decorador
    • crítico de arte
    • autor
    • Engenheiro
  • Relações de Flávio de Carvalho com outros artigos da enciclopédia:

Obras de Flávio de Carvalho: (52) obras disponíveis:

Todas as obras de Flávio de Carvalho:

Exposições (269)

Todas as exposições

Eventos relacionados (2)

Fontes de pesquisa (38)

  • 30 Mestres da pintura no Brasil: 30 anos Credicard. Apresentação Júlio Neves, Hector Nevarez, Luiz Marques; introdução Luiz Marques; texto Luciano Migliaccio. São Paulo: MASP, 2001. 176 p., il. p&b, color.
  • 30 Mestres da pintura no Brasil: 30 anos Credicard. São Paulo: MASP, 2001. 176 p., il. p&b, color. CAT-G SPmasp 2001/tr
  • ALMEIDA, Paulo Mendes de. De Anita ao museu. São Paulo: Perspectiva : Diâmetros Empreendimentos, 1976. 241 p., il. p&b. (Debates, 133). 709.8104 A447d
  • ALMEIDA, Paulo Mendes de. De Anita ao museu. São Paulo: Perspectiva : Diâmetros Empreendimentos, 1976. 241 p., il. p&b. (Debates, 133).
  • BARDI, Pietro Maria. O modernismo no Brasil. Prefácio Giovanni Lenti; fotografia Romulo Fialdini. São Paulo: Banco Sudameris, 1978. 186 p., il. p&b., color. (Arte e Cultura, 1). 709.8104 B246m 1978
  • CHIARELLI, Tadeu. Arte internacional brasileira. São Paulo: Lemos, 1999. 311 p., il. color. 709.81 C532a
  • CHIARELLI, Tadeu. Arte internacional brasileira. São Paulo: Lemos, 1999. 311 p., il. color.
  • LOUZADA, Maria Alice do Amaral, LOUZADA, Júlio. Artes plásticas Brasil 1997: seu mercado, seus leilões. São Paulo: Júlio Louzada, 1997. R702.9 L895a v.9, v.11
  • Fontes e Pesquisa
  • ARTE no Brasil. Prefácio Pietro Maria Bardi; introdução Pedro Manuel. São Paulo: Abril Cultural, 1979. v. 1, 556 p., il. color. 709.81 A163ar v.1
  • ARTE no Brasil. Prefácio Pietro Maria Bardi; introdução Pedro Manuel. São Paulo: Abril Cultural, 1979. v. 2, 452 p., il. color.
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997. 428 p. R750.81 A973d 2.ed.
  • BIENAL Brasil Século XX, 1994, São Paulo, SP; AGUILAR, Nelson (Org.). Bienal Brasil Século XX: catálogo. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994. 516 p., il. color. ISBN 85-85298-02-2. 700 BI588sp Sec.XX
  • CARVALHO, Flávio de. Exposição Flávio de Carvalho. Introdução Walter Zanini. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1983. 123 p. , il. color.
  • CARVALHO, Flávio de. Flávio de Carvalho: 100 anos de um revolucionário romântico. Apresentação Celita Procopio de Carvalho, Denise Mattar; texto Flávio de Carvalho, Ligia Canongia, Tadeu Chiarelli, Maria Izabel Branco Ribeiro, Valeska Freitas, Luiz Carlos Daher. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1999. 128 p. , il. color.
  • CARVALHO, Flávio de. Exposição Flávio de Carvalho. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1983. 123 p., il. p&b., color. CAT-G C331 1983
  • CARVALHO, Flávio de. Flávio de CARVALHO : 100 anos de um revolucionário romântico. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1999. 128 p., il. color. 759.981 C331f
  • CARVALHO, Flávio de. Flávio de Carvalho. São Paulo: Paulo Figueiredo Galeria de Arte, 1992. il. color. p.b. C331 1992
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1973. v.1: A a C. (Dicionários especializados, 5). R703.0981 C376d v.1 pt. 1
  • DAHER, Luiz Carlos. Flávio de Carvalho e a volúpia da forma. Introdução Custódio Ribeiro de Carvalho Júnior; texto Flávio de Carvalho. São Paulo: MWM-IFK, 1984. 215 p. (MWM-IFK).
  • DAHER, Luiz Carlos. Flávio de Carvalho e a volúpia da forma. São Paulo: MWM-IFK, 1984. 215 p., il. p&b., color. (MWM-IFK). 759.981 C331d
  • FLAVIO de Carvalho. Comentário Pietro Maria Bardi, José Geraldo Vieira. São Paulo: Edart, 1967. , 37 x 26 cm. PRANCHA 741.981 C331f
  • FLAVIO de Carvalho. Comentário Pietro Maria Bardi, José Geraldo Vieira. São Paulo: Edart, 1967. 32 pranchas, il. p&b.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. 500 anos da pintura brasileira. Produção Raul Luis Mendes Silva, Eduardo Mace. [S.l.]: Log On Informática, 1999. 1 CD-ROM. CDR 759.981 L533q
  • LEITE, José Roberto Teixeira. 500 anos da pintura brasileira. Produção Raul Luis Mendes Silva, Eduardo Mace. [S.l.]: Log On Informática, 1999. 1 CD-ROM.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p. R759.981 L533d
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p.
  • MUSEU DE ARTE MODERNA (SÃO PAULO, SP) (org.). Do modernismo à Bienal. Apresentação Luiz Seráphico de Assis Carvalho, Ilsa Kawall Leal Ferreira; comentário Marta Rossetti Batista, Fábio Magalhães, Radhá Abramo. São Paulo: MAM, 1982. 167 p., il. p&b., color.
  • MUSEU DE ARTE MODERNA (SÃO PAULO, SP) (org.). Do modernismo à Bienal. São Paulo: MAM, 1982. 167 p., il. p&b., color. 709.8104 M986d
  • OSORIO, Luiz Camillo. Flávio de Carvalho. São Paulo: Cosac & Naify, 2000. 120 p., il. color., p&b. (Espaços da Arte Brasileira).
  • Osorio, Luiz Camillo. Flávio de Carvalho. São Paulo: Cosac & Naify, 2000. 120 p., il. color., p&b. (Espaços da Arte Brasileira). ISBN 85-7503-018-3. 759.981 C331o
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Texto Mário Barata, Lourival Gomes Machado, Carlos Cavalcanti et al. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. 559 p. R703.0981 P818d
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987. 585 p. 709.8104 Cg492pr
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987. 585 p.
  • TOLEDO, J. Flávio de Carvalho: o comedor de emoções. São Paulo: Brasiliense; Campinas: Editora da Unicamp, 1994. 850 p., il. p&b.
  • TOLEDO, J. Flávio de Carvalho: o comedor de emoções. Brasiliense : Editora da Unicamp, 1994. 850 p., il. p&b. ISBN 85-11-26024-2. 759.981 C331t
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. Pesquisa Cacilda Teixeira da Costa, Marília Saboya de Albuquerque. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 1106 p. 2v. 709.81 H673 v.1
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. Pesquisa Cacilda Teixeira da Costa, Marília Saboya de Albuquerque. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 1106 p. 2v.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • FLÁVIO de Carvalho. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9016/flavio-de-carvalho>. Acesso em: 22 de Mai. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7