Artigo da seção pessoas Eduardo Sued

Eduardo Sued

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deEduardo Sued: 10-06-1925 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Sem Título , 1988 , Eduardo Sued

Biografia
Eduardo Sued (Rio de Janeiro RJ 1925). Pintor, gravador, ilustrador, desenhista, vitralista e professor. Gradua-se na Escola Nacional de Engenharia do Rio de Janeiro, em 1948. No ano seguinte estuda desenho e pintura com Henrique Boese (1897-1982). Entre 1950 e 1951, trabalha como desenhista no escritório do arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012). Em 1951, viaja para Paris, onde freqüenta as academias La Grande Chaumière e Julian. Em sua estada na capital francesa entra em contato com as obras de Pablo Picasso (1881-1973), Joán Miró (1893-1980), Henri Matisse (1869-1954) e Georges Braque (1882-1963). Retorna ao Rio de Janeiro em 1953 e freqüenta o ateliê de Iberê Camargo (1914-1994) para estudar gravura em metal tornando-se mais tarde, seu assistente. Leciona desenho e pintura na Escolinha de Arte do Brasil, em 1956 e, no ano seguinte, transfere-se para São Paulo, onde ministra aulas de desenho, pintura e gravura, na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), de 1958 a 1963. Em 1964, volta a morar no Rio de Janeiro e publica o álbum de águas-fortes 25 Gravuras. O artista não se vincula a nenhum movimento mantendo-se alheio aos debates da época. Sua carreira teve uma breve etapa pautada no figurativismo, mas logo se encaminha para abstração geométrica. Nos anos de 1970, aproxima-se das vertentes construtivas, desenvolvendo sua obra a partir da reflexão acerca de Piet Mondrian (1872-1944) e da Bauhaus. Entre 1974 e 1980, ministra aulas de gravura em metal no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ).

Comentário Crítico
Antes de decidir pela carreira artística, Eduardo Sued freqüenta de 1946 a 1948 a Escola Nacional de Engenharia no Rio de Janeiro. Em 1949 inicia formação como artista plástico no curso livre de pintura e desenho do pintor alemão Henrique Boese. De 1950 a 1951 colabora como desenhista de arquitetura no escritório de Oscar Niemeyer. Com o dinheiro da venda de algumas aquarelas, parte para Paris em 1951, lá permanecendo até 1953. Durante a estada na França entra em contato direto com as obras da École de Paris, de Pablo Picasso, Joán Miró, Henri Matisse e Georges Braque. Como aluno freqüenta as Académies Julian e de La Grande Chaumière, que mais do que escolas eram locais onde os estudantes se expressavam livremente por meio do desenho e da pintura. De volta ao Brasil, inicia curso de gravura em metal com Iberê Camargo, tornando-se mais tarde seu assistente no ateliê. Sobre este contato, o artista afirma: "Iberê foi um artista sério, dedicado, um modelo para mim".

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Eduardo Sued:

  • Outros nomes
    • Eduardo Sued
  • Habilidades
    • pintor
    • desenhista
    • professor de artes plásticas
    • gravador
    • engenheiro
    • ilustrador
    • vitralista

Obras de Eduardo Sued: (18) obras disponíveis:

Midias (1)

Nascido no Rio de Janeiro e formado em engenharia, Eduardo Sued vive em Paris na década de 1950. O acesso a museus, ao trabalho de grandes pintores e a própria experiência cotidiana na Europa são fundamentais para sua formação artística. De volta ao Brasil e interessado em gravura em metal, o artista estuda com Iberê Camargo e produz peças inspiradas no expressionismo e no trabalho de Pablo Picasso. Sued compara seu processo criativo com o funcionamento da natureza: “Eu, humildemente, procuro imitar a natureza no seu processo. De uma tela branca, que seria a terra, eu vou procurar transformá-la em orquídeas”.

Produção: Documenta Vídeo Brasil Captação, edição e legendagem: Sacisamba Intérprete: Carolina Fomin (terceirizada) Locução: Júlio de Paula (terceirizado)

Exposições (164)

Todas as exposições

Eventos relacionados (2)

Artigo sobre 7ª sp-arte

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de início7ª sp-arte: 12-05-2011  |  Data de término | 15-05-2011
Resumo do artigo 7ª sp-arte:

Fundação Bienal de São Paulo

Fontes de pesquisa (32)

  • ARNAUD, Raquel (coord.), CIMINO, Fabio (coord.). Eduardo Sued, Nuno Ramos, Frida Baranek. Texto Lisette Lagnado. São Paulo, 1993.
  • ARTISTAS brasileiros dos anos 60 e 70 na coleção Rubem Knijnik. Porto Alegre: Espaço No Galeria Chaves, 1981.
  • ARTISTAS brasileiros na 20ª Bienal Internacional de São Paulo. São Paulo: Fundação Bienal, 1989.
  • BIENAL BRASIL SÉCULO XX, 1994, São Paulo, SP. Bienal Brasil Século XX: catálogo. Curadoria Nelson Aguilar, José Roberto Teixeira Leite, Annateresa Fabris, Tadeu Chiarelli, Maria Alice Milliet, Walter Zanini, Cacilda Teixeira da Costa, Agnaldo Farias. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994.
  • BRITO, Ronaldo. Eduardo Sued: uma obra para a inteligência do olhar. In: Arte Hoje. Rio de Janeiro, n.2, p.22, agosto 1977.
  • COLEÇÃO Rubem Knijnik: arte brasileira anos 60/70/80. Apresentação Evelyn Berg Ioschpe; fotografia Mabel Leal Vieira; texto Thomas Cohn. Porto Alegre, 1986.
  • DESTAQUES da arte contemporânea brasileira. Apresentação Aparício Basílio da Silva. São Paulo, 1985.
  • DESTAQUES da Coleção Unibanco. Apresentação Antonio Fernando De Franceschi. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 1998.
  • DUARTE, Paulo Sérgio. Cores como vetores de força. In: SUED, Eduardo. Eduardo Sued. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1999.
  • DUARTE, Paulo Sérgio. Novas obras de Sued exibem a própria história de seu método. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 10 dez. 1994, Cultura.
  • EDUARDO Sued, Carlos Fajardo: Victor Grippo, Hércules Barsotti, Marco do Valle,. São Paulo: Gabinete de Arte Raquel Babenco, 1984.
  • EDUARDO Sued. Entrevista Lúcia Carneiro, Ileana Pradilla. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1998. (Coleção Palavra do Artista).
  • EM busca da essência: elementos de redução na arte brasileira. Curadoria e texto Sheila Leirner e Gabriela Suzana Wilder; apresentação Sheila Leirner. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1987. 
  • EXPOSIÇÃO Brasil-Japão de Arte Contemporânea, 9ª. Curadoria Wesley Duke Lee, Arcangelo Ianelli, Dudu Santos. São Paulo: Fundação Brasil-Japão de Artes Plásticas, 1990.
  • GESTO e estrutura: Amilcar de Castro, Antônio Dias, Eduardo Sued, Iberê Camargo, Jorge Guinle, Mira Schendel. São Paulo: Gabinete de Arte Raquel Arnaud, s.d.
  • GRAVURA: arte brasileira do século XX. Apresentação Ricardo Ribenboim; texto Leon Kossovitch, Mayra Laudanna, Ricardo Resende. São Paulo: Itaú Cultural : Cosac & Naify, 2000. 270 p.
  • LAKS, Sergio (coord.). Gravura moderna brasileira acervo Museu Nacional de Belas Artes. Curadoria Rio de Janeiro: MNBA, 1999.
  • MARTINS, Carlos (coord. ). Acervo gravura doações recentes 1982/1984. Rio de Janeiro: MNBA, 1984. 36 p. 27 il. p&b.
  • MORAES, Angélica. O construtor de cores. Revista Veja, São Paulo, 08 mar. 1989. p.106
  • MORANDI no Brasil. São Paulo: Centro Cultural, 1995.
  • MOSTRA do Redescobrimento (2000: São Paulo, SP), AGUILAR, Nelson (org.), SASSOUN, Suzanna (coord.). Arte contemporânea. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo: Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000. 255 p. il. color.
  • MOSTRA itinerante do acervo do MAC. Novo Hamburgo: Feevale, 2000. 14 p. il. color.
  • MOSTRA Rio Gravura: catálogo geral dos eventos. Rio de Janeiro: Prefeitura Municipal, 1999. 231 p. il. p. b. color.
  • NAVES, Rodrigo. Evidência e dissolução. In: SUED, Eduardo. Eduardo Sued: pinturas. São Paulo: Galeria Luisa Strina, 1989.
  • PRECISÃO: Amilcar de Castro, Eduardo Sued, Waltercio Caldas. Tradução Alita Kraiser. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1994. 79 p. il. p. b. color.
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued. Rio de Janeiro: Paço Municipal, 1992. il. color. , foto p. b
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued. Texto de Walter Sebastião. Belo Horizonte: Manoel Macedo Galeria de Arte, 2001.
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued. Texto Paulo Sérgio Duarte. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1999. [16 p. ] il. color.
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued. Texto Ronaldo Brito. São Paulo: Gabinete de Arte Raquel Arnaud, 1993. il. color.
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued. Texto Ronaldo Brito. São Paulo: Gabinete de Arte, s.d. [8 p. ] il. color.
  • SUED, Eduardo. Eduardo Sued: pinturas 1980-1998. Rio de Janeiro: Centro de Arte Hélio Oiticica, 1998. 96 p. il. color.
  • SUED, Eduardo. Pinturas. Apresentação Walmir Ayala. Rio de Janeiro: Galeria Bonino, 1968.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • EDUARDO Sued. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa8960/eduardo-sued>. Acesso em: 23 de Out. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7