Artigo da seção pessoas Yutaka Toyota

Yutaka Toyota

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deYutaka Toyota: 1931 Local de nascimento: (Japão / Honshu / Tendo)
Imagem representativa do artigo

Espaço Negativo Infinito , 1969 , Yutaka Toyota
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Biografia
Yutaka Toyota (Tendo, Japão, 1931). Pintor, escultor, desenhista, gravador e cenógrafo. No início da década de 1950, frequenta a Universidade de Arte de Tóquio, Japão. Transfere-se para o Brasil em 1962 e, no ano seguinte, é premiado no 2º Salão do Trabalho, em São Paulo, e no 12º Salão Paulista de Arte Moderna. Entre 1965 e 1968, vive em Milão, Itália, onde conhece designer Bruno Munari (1907-1998). Recebe prêmio na 10ª Bienal Internacional de São Paulo em 1969. Em 1964, expõe individualmente no Museu de Arte Moderna do Rio Grande do Sul (MAM/RS). Ganha prêmios no 1º Salão Esso de Jovens Artistas em 1965; em 1968, na 2ª Bienal de Artes Plásticas da Bahia, em Salvador, e no Salão de Santo André, São Paulo. No mesmo ano, participa do 12º Salão Seibi, em São Paulo. A partir da década de 1970, realiza esculturas para espaços públicos e edifícios no Brasil e no exterior. Entre outros locais estão: a Praça da Sé (1978), o Hotel Maksoud Plaza (1979), ambos em São Paulo; Parque Toyotomi em Hokkaido, Japão (1979). Em 1973, apresenta mostra individual no Museu de Arte Moderna de Kyoto e, em 1974, expõe na mostra Artistas Japoneses nas Américas, no Museu de Arte Moderna de Tóquio. Participa do Panorama de Arte Atual Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), em 1972 e 1985, sendo premiado no primeiro. Em 1991, é eleito melhor escultor pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), em São Paulo.

Comentário Crítico
No início da década de 1960, a pintura e o desenho de Yutaka Toyota tendem ao informalismo com ressonâncias "zen-budistas", traduzidas na utilização de formas circulares, segundo o historiador da arte Walter Zanini. Em Abstração Cinza (1963), a recorrente forma circular aparece sobreposta a uma faixa horizontal e preenchida por outra retangular. Essa sobreposição causa a sensação de que o círculo se projeta para fora, em direção ao espectador; o fundo em cinza esverdeado torna-se mais claro ao redor do círculo, reafirmando essa sensação e conferindo volume. Apesar da presença constante de formas geométricas, o gesto que lhes dá origem é perceptível, e por isso a obra de Toyota pode ser entendida dentro da tendência informal.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Yutaka Toyota:

  • Outros nomes
    • Toyota
    • Yotaka Toyota
  • Habilidades
    • pintor
    • escultor
    • gravador
    • desenhista
    • cenógrafo

Obras de Yutaka Toyota: (9) obras disponíveis:

Exposições (162)

Todas as exposições

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (13)

  • 1º SALÃO de Pintura Figurativa Contemporânea. São Paulo : Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, 2001.
  • 29º SALÃO Bunkyo. São Paulo : Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, 2000
  • TOYOTA, Yutaka. Toyota. Apres. Renato Magalhães Gouvêa e Oscar Niemeyer. Pref. Olívio Tavares de Araújo. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, 1978.
  • TOYOTA, Yutaka. Toyota. Textos Oscar Niemeyer e Marc Berkowitz. Cali: Museo de Arte Moderno La Tertúlia Cali - Colômbia, 1982.
  • TOYOTA, Yutaka. Toyota. São Paulo: Choice, 1985.

    TOYOTA. Toyota: esculturas, pinturas, serigrafias. Rio de Janeiro: AM Niemeyer Artegaleria; São Paulo: Paulo Figueiredo Galeria de Arte, 1987.

    ZANINI, Walter, org. História geral da arte no Brasil. Apres. Walther Moreira Salles. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles: Fundação Djalma Guimarães, 1983. v.2, p.688, p.769.

  • Artigo
    "Bienal fez entrega do prêmio de aquisição". São Paulo, Diário Popular, 15 out. 1969. Acervo MAM-SP.
  • ARTISTAS nipo-brasileiros. Apres. Walter Zanini. Texto de Aracy Amaral. São Paulo: MAC/USP, 1966. (I Colóquio Brasil - Japão).
  • EXPOSIÇÃO dos pintores Nipo-Brasileiros contemporâneos. São Paulo : Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa  1995.
  • FERNANDES, Ana Cândida Franceschini de Avelar. Artistas Plásticos no Suplemento Literário de O Estado de São Paulo (1956-1967). 2007. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) -Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - FFLCH/USP, 2007.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.

    LOURENÇO, Maria Cecília França. Vida e arte dos japoneses no Brasil: 80 anos da imigração japonesa no Brasil. Apresentação Fujio Tachibana, Pietro Maria Bardi; comentário Tomoo Handa, Teiiti Suzuki. São Paulo: MASP, 1988.

    NA ARTE da colônia japonesa no Brasil. Apres. Yosuke Yoshida. Textos de Jayme Maurício et al. São Paulo: MASP, 1988.

    Panorama de Arte Atual Brasileira. São Paulo: Museu de Arte Moderna, 1972.

    Panorama de Arte Atual Brasileira. São Paulo: Museu de Arte Moderna, 1985.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Texto Mário Barata, Lourival Gomes Machado, Carlos Cavalcanti et al. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. 559 p.
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987. 585 p.
  • SPINELLI, João. Arte Nipo-Brasileira: momentos. São Paulo: Takano, 2001

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • YUTAKA Toyota. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa8772/yutaka-toyota>. Acesso em: 17 de Jan. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7