Artigo da seção pessoas Barbara Heliodora

Barbara Heliodora

Artigo da seção pessoas
Teatro  
Data de nascimento deBarbara Heliodora: 29-08-1923 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro) | Data de morte 10-04-2015 Local de morte: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Bárbara Heliodora , 1964
Registro fotográfico autoria desconhecida

Biografia
Heliodora Carneiro de Mendonça (Rio de Janeiro, RJ, 1923 - idem 2015). Crítica, ensaísta, professora e tradutora. Crítica carioca que acompanha a atividade teatral desde os anos 1960, especializada na obra de William Shakespeare (1564-1616)

Inicia sua carreira em 1958, como crítica teatral da Tribuna da Imprensa. De 1958 a 1964 assina a coluna especializada do Jornal do Brasil, exercendo considerável influência graças à  seriedade, ao rigor e à erudição dos seus artigos. Tem uma posição de destaque no esforço de modernização da crítica teatral carioca desenvolvido pelo Círculo Independente de Críticos Teatrais, do qual é um dos líderes.

Afasta-se da crítica para assumir, de 1964 a 1967, a direção do Serviço Nacional de Teatro (SNT). A seguir dedica-se basicamente ao ensino. É professora de história de teatro no Conservatório Nacional de Teatro e, posteriormente, professora titular da mesma disciplina no Centro de Letras e Artes da Uni-Rio, do qual é decana até a sua aposentadoria, em 1985. Ministra cursos de pós-graduação na Universidade de São Paulo (USP), onde defende, em 1975, tese de doutorado intitulada A Expressão Dramática do Homem Político em Shakespeare, posteriormente transformada em livro. Publica também Algumas Reflexões sobre o Teatro Brasileiro, 1972; Falando de Shakespeare, outro estudo sobre o autor, 1997, e Martins Pena: uma introdução, 2000.

Dedica-se intensamente à tradução, figurando entre os seus trabalhos nesse campo muitas peças de William Shakespeare, tais como A Comédia dos Erros, Sonho de uma Noite de Verão, O Mercador de Veneza, Noite de Reis, Romeu e Julieta, César e Cleópatra, Rei Lear, entre outras; O Cerejal e A Gaivota, de Anton Tcheckov, Bodas de Fígaro, de Beaumarchais, Testemunha de Acusação e outras peças, de Agatha Christie; e os livros de teoria teatral O Teatro do Absurdo, A Anatomia do Drama, Brecht: dos males o menor, todos de Martin Esslin; Método ou Loucura, de Robert Lewis; e mais outro estudo sobre seu tema mais assíduo, Shakespeare, de Germaine Greer.

Em 1986, volta a exercer a crítica jornalística na revista Visão, passando depois a jornais e estabelecendo-se em O Globo. Na década de 1990, volta a lecionar no curso de mestrado em teatro da Uni-Rio.

Barbara Heliodora é, reconhecidamente, a grande autoridade nacional em William Shakespeare, tendo representado o país em congressos internacionais e publicado ensaios em renomadas revistas estrangeiras, tais como o Shakespeare Survey, editado na Inglaterra.

A pesquisadora Maria Inês Barros de Almeida dá um perfil do paradoxo que a crítica e teórica provoca no panorama teatral: "Barbara Heliodora é a crítica mais influente do teatro carioca. À sua opinião, rigorosa e durona, atribuem o poder de fazer e desfazer espetáculos. Pela gente de teatro é discutida, temida - já foi alvo de confrontos e desafios de diretores inconformados. A sua fama como colunista de jornal, portanto, ultrapassa outro aspecto da sua vida cultural, a que se dedica com igual intensidade. Estou me referindo à comunicação direta com o público, em salas de aula, em ensaios de textos dramáticos, em conferências, enfim, na constância com que dissemina cultura, convivendo com grande número de pessoas e atendendo-lhes à curiosidade e ao desejo de saber. É aí que aparece a Barbara mestra, madrinha dadivosa, flexível, exuberante, que conquista os espíritos e as mentes e, pelo prazer didático repartido, comunga com as platéias. Neste papel, tenho observado, Barbara Heliodora conquista a todos que a conhecem. É uma unanimidade".1

Notas
1 ALMEIDA, Maria Inês Barros de. Perfil analítico de Barbara Heliodora. Rio de Janeiro, 04 nov. 2002.

Outras informações de Barbara Heliodora:

  • Outros nomes
    • Bárbara Heliodora
  • Habilidades
    • diretor de teatro
    • figurinista
    • ensaísta
    • crítico de teatro
    • tradutor
    • professor de teatro
    • roteirista

Representação (1)

Midias (4)

Itaú Cultural

Itaú Cultural

Itaú Cultural

Itaú Cultural

Espetáculos (26)

Todos os espetáculos

Fontes de pesquisa (9)

  • SÁ, Nelson de. Morre aos 91 anos a crítica teatral Barbara Heliodora no Rio de Janeiro. Folha de S. Paulo. Online. Ilustrada. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2015/04/1614815-morre-aos-91-anos-a-critica-teatral-barbara-heliodora-no-rio-de-janeiro.shtml. Acesso em: 10 abr. 2015.
  • ALBUQUERQUE, Johana. Barbara Heliodora (ficha curricular). In: _________. ENCICLOPÉDIA do Teatro Brasileiro Contemporâneo. Material elaborado em projeto de pesquisa para a Fundação VITAE. São Paulo, 2000.
  • CENAPAULISTANA. São Paulo.Disponível em: < http://www.cenapaulistana.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1758:a-tempestade>. Acesso em : 30 de maio de 2011 Não catalogado
  • EICHBAUER, Hélio. [Currículo]. Enviado pelo artista em 24 de abril de 2011. Espetáculo: O Mercador de Veneza - 1996. Não catalogado
  • MICHALSKI, Yan. Barbara Heliodora. In: ___________. PEQUENA Enciclopédia do Teatro Brasileiro Contemporâneo. Material inédito, elaborado em projeto para o CNPq. Rio de Janeiro, 1989.
  • Programa do Espetáculo - Dias Felizes - 1995. Não Catalogado
  • Programa do Espetáculo - Longa Jornada de Um Dia Noite Adentro - 2003. Não catalogado
  • Programa do Espetáculo - Pato com Laranja - 1978 Não catalogado
  • Programa do espetáculo -Comédia dos Erros - 2008 Não catalogado

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • BARBARA Heliodora. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa8215/barbara-heliodora>. Acesso em: 27 de Mai. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7