Artigo da seção pessoas Octávio Araújo

Octávio Araújo

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deOctávio Araújo: 22-03-1926 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / Terra Roxa) | Data de morte 26-06-2015 Local de morte: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Préamar , 1971 , Octávio Araújo
Reprodução fotográfica Kyong-Il Chum (John)

Biografia

Octávio Ferreira de Araújo (Terra Roxa, SP, 1926 - São Paulo, SP, 2015). Gravador, pintor, desenhista, ilustrador, artista gráfico. Estuda pintura na Escola Profissional Masculina do Brás, em São Paulo, com Edmundo Migliaccio e José Barchitta, entre 1939 e 1943. Integra o Grupo dos 19, em 1947. Dois anos depois, viaja para Paris, onde estuda gravura na École National Supérieure des Beaux-Arts [Escola Nacional Superior de Belas Artes] e freqüenta o Gabinete de Estampas do Musée du Louvre [Museu do Louvre]. Retorna ao Brasil em 1951, e no ano seguinte passa a residir no Rio de Janeiro. Indicado pelo pintor Clóvis Graciano (1907-1988), trabalha como auxiliar de Candido Portinari (1903-1962). Com o prêmio de gravura do Salão Para Todos, realizado no Rio de Janeiro, em 1959, viaja para a China. Recebe em 1960 uma bolsa de estudos do Instituto Répin, em Leningrado, atual São Petersburgo, patrocinada pelo Ministério da Cultura da União Soviética (atual Rússia). Em 1961, frequenta o Instituto Poligráfico em Moscou. Permanece nessa cidade por oito anos, e trabalha como ilustrador de livros latinos-americanos, tradutor e dublador de documentários. É realizada em 1972 a mostra Octávio Araújo: 20 Anos Depois, no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateubriand (Masp), e, em 1979, é publicado o livro Octávio Ferreira de Araújo: 10 Anos de Pintura, de José Roberto Teixeira Leite.

Análise

Em suas pinturas e gravuras, Octávio Araújo revela seu interesse por obras de pintores flamengos, alemães e italianos dos séculos XV e XVI, por vezes inspirando-se diretamente em figuras retiradas dessas obras.

Alguns estudiosos percebem, nos trabalhos do artista, afinidade com o surrealismo, principalmente pela apresentação de uma atmosfera onírica. Segundo ele próprio, sua obra visa a despertar um clima original de mistério e magia no espectador. Nesse sentido, a figura da mulher é associada aos elementos da natureza. Araújo mescla, numa mesma composição, imagens muito diferentes, como as de animais, objetos, escadas ou ruínas, criando com elas cenas inesperadas.

Outras informações de Octávio Araújo:

  • Outros nomes
    • Octávio Ferreira de Araújo
    • Otávio Araújo
    • Otávio de Araújo
    • Araújo
    • O.A.
    • Otávio
    • Octávio de Araújo
  • Habilidades
    • pintor
    • gravador
    • artista gráfico
    • desenhista
    • ilustrador
    • tradutor
    • dublador

Obras de Octávio Araújo: (37) obras disponíveis:

Todas as obras de Octávio Araújo:

Midias (1)

Edição de texto e roteiro Cacá Vicalvi Edição de Imagens Samantha Audi Produção Documenta Vídeo Brasil Itaú Cultural

Exposições (86)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (9)

  • 19 pintores. São Paulo: Tema Galeria de Arte, 1968. [10] p. SPtga 1968
  • ARAÚJO, Octávio. Octávio Araujo: 20 anos depois. São Paulo, SP: MASP, 1972. [36] p., il. p&b, color.
  • Respeitado por críticos e colegas, Octávio Araújo morre aos 89 anos em SP. Diário do Grande ABC. Disponível em: http://www.dgabc.com.br/Noticia/1461037/respeitado-por-criticos-e-colegas-octavio-araujo-morre-aos-89-anos-em-sp. Acesso em: 29 jun. 2015.
  • ARAÚJO, Emanoel (org.). A Mão afro-brasileira: significado da contribuição artística e histórica. Prefácio Joel Rufino dos Santos. São Paulo: Tenenge, 1988. 398 p.
  • ARTE no Brasil. Texto José Roberto Teixeira Leite, Ana Maria Jover, Ottaviano De Fiore, Ivo Zanini, Carlos Alberto Cerqueira Lemos. São Paulo: Abril Cultural, 1982. 319 p., il. p&b., color.
  • GRAVURA: arte brasileira do século XX. Apresentação Ricardo Ribenboim; texto Leon Kossovitch, Mayra Laudanna, Ricardo Resende. São Paulo: Itaú Cultural : Cosac & Naify, 2000. 270 p.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Octavio Ferreira de Araujo: 10 anos de pintura. 2.ed. São Paulo: Klara Gourianova, 1979. 111 p.
  • MUSEU DE ARTE MODERNA (SÃO PAULO, SP) (org.). Do modernismo à Bienal. Texto Marta Rossetti Batista, Fábio Magalhães, Radhá Abramo. São Paulo: MAM, 1982. 167 p., il. p&b., color.
  • OS GRUPOS: a década de 40. Texto de Lisbeth R. Gonçalves. São Paulo: Museu Lasar Segall, 1977. 43 p. (Ciclo de Exposições de Pintura Brasileira Contemporânea).

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • OCTÁVIO Araújo. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa5513/octavio-araujo>. Acesso em: 20 de Ago. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7