Pessoas

Clóvis Graciano

Outros Nomes: Clóvis Graciano | Graciano
  • Análise
  • Biografia
    Clóvis Graciano (Araras SP 1907 - São Paulo SP 1988). Pintor, desenhista, cenógrafo, gravador, ilustrador. Reside em São Paulo a partir de 1934. Realiza estudos com o pintor Waldemar da Costa (1904 - 1982), entre 1935 e 1937. Em 1937, integra o Grupo Santa Helena, com Francisco Rebolo (1902 - 1980), Mario Zanini (1907 - 1971) e Bonadei (1906 - 1974) e outros. Freqüenta como aluno ouvinte o curso de desenho da Escola Paulista de Belas Artes, até 1938. Membro da Família Artística Paulista - FAP, em 1939 é eleito presidente do grupo. Participa regularmente dos Salões do Sindicato dos Artistas Plásticos e, em 1941, realiza sua primeira individual. Em 1948, é sócio-fundador do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP. Viaja para a Europa em 1949, com o prêmio recebido no Salão Nacional de Belas Artes. Permanece dois anos em Paris, onde estuda pintura mural e gravura. A partir dos anos 1950, dedica-se principalmente à pintura mural. Faz ilustrações de obras literárias, como o livro Cancioneiro da Bahia, de Dorival Caymmi (1914), publicado pela editora Martins, em 1947, e o romance Terras do Sem Fim, de Jorge Amado (1912 - 2001), pela editora Record, em 1987. Em 1971, assume o cargo de diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo - Pesp. De 1976 a 1978, exerce a função de adido cultural em Paris. Ao longo de sua carreira permanece fiel ao figurativismo, com o predomínio de temas sociais.

    Comentário crítico
    Clóvis Graciano estuda pintura com Waldemar da Costa (1904 - 1982), e integra o Grupo Santa Helena em 1937. Com o prêmio obtido no Salão Nacional de Belas Artes, em 1949, viaja para Paris, onde estuda gravura e pintura mural. Produz paisagens bastante construídas e naturezas-mortas cujas qualidades, no dizer do crítico Mário de Andrade (1893 - 1945), residem na singularidade do corte, na rapidez da execução e no grafismo sintético.

    O artista revela admiração pela obra de Candido Portinari (1903 - 1962), em especial pela Série Bíblica, recorrendo à determinação espacial pós-cubista, em que os planos se superpõem, destruindo a representação ilusória da perspectiva e utilizando ainda o recurso da deformação das mãos e dos pés das figuras.

    Nos anos 1940, a obra de Clóvis Graciano é marcada pela figura humana e pelos temas sociais, como o dos retirantes. Produz também auto-retratos, que revelam variáveis psicológicas, expressando tensões íntimas. Realiza ainda várias telas com temas de músicos e de dança. A partir da década de 1950, realiza várias pinturas murais, com destaque para as obras Armistício de Iperoig, na Fundação Armando Álvares Pesnteado - Faap (1962); Operário, na Avenida Moreira Guimarães (1979) e o painel no edifício do Diário Popular, inspirados em afrescos do Renascimento e desenvolvendo a narrativa em espaços construídos por planos geométricos.

Espetáculos

Exibir

Exposições

Exibir

Evento

Fontes de Pesquisa

Planilha enviada pelo pesquisador Edélcio Mostaço

40 anos: Grupo Sta. Helena. São Paulo: MIS : Paço das Artes, 1975. [32] p., il. color.

AJZENBERG, Elza Maria (Org.). Operários na Paulista : MAC USP e artistas artesãos. São Paulo: MAC, 2002. 92 p., il. p&b color. ISBN 85-7229-009-5.

ZANINI, Walter. Clóvis Graciano: arte como valor social. Galeria Revista de Arte, São Paulo, n. 12, p. 34-37, 1988.

PONTUAL, Roberto. Arte/ Brasil/ hoje : 50 anos depois. São Paulo: Collectio, 1973. 401 p., il. p&b.

LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p., il. p&b., color.

LOURENÇO, Maria Cecília França. Maioridade do moderno em São Paulo Pt.2: anos 30/ 40. 1990. 254 p., il. p&b. Doutorado - , São Paulo, 1990. Orientação de: Aracy Amaral.

O GRUPO Santa Helena. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1996. 56 p., il. p&b., color.

ZANINI, Walter (Org.). História geral da arte no Brasil - II. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães : Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 616 p., il. color.

BIENAL Brasil século XX, 1994, São Paulo, SP; AGUILAR, Nelson (Org.). Bienal Brasil século XX : catálogo. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994. 516 p., il. color. ISBN 85-85298-02-2.

GRACIANO, Clóvis. Clóvis Graciano . São Paulo: Club Athlético Paulistano, 2000. [8] p., il. p&b, color.

GRACIANO, Clóvis. Clóvis GRACIANO. São Paulo: [s.n.], 1975. 117 p., il. p&b., color.

GRACIANO, Clóvis. Clóvis Graciano : acervo exposição e comentários. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1985. 2 p., 1 il. p&b.

GRACIANO, Clóvis. Graciano 72. Brasília: Caixa Econômica Federal, 19--. [6] p., il. p&b.

LEITE, José Roberto Teixeira. 500 anos da pintura brasileira. Produção Raul Luis Mendes Silva, Eduardo Mace. [S.l.]: Log On Informática, 1999. 1 CD-ROM.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. De Anita ao museu . São Paulo: Perspectiva : Diâmetros Empreendimentos, 1976. 241 p., il. p&b. (Debates, 133).

AMARAL, Aracy. Arte para quê? : a preocupação social na Arte brasileira 1930-1970: subsídio para uma história social da Arte no Brasil. São Paulo: Nobel, 1984. 435 p., il. p&b. ISBN 85-213-0254-1.

ANDRADE, Mário de. Ensaio sobre Clovis Graciano. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, n. 10, p. 156-175, 1971.

ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. v. 2, 452 p., il. color.

ASSIS, Célia de (coord.). Monumentos urbanos : obras de arte na cidade de São Paulo. São Paulo: Prêmio, 1998. 128 p., il. color.

DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti. Brasília: INL, 1973-1980. v.2, il., (Dicionários especializados, 5).

40 anos: Grupo Sta. Helena. São Paulo: Paço das Artes/MIS, 1975.

AJZENBERG, Elza Maria (org.). Operários na Paulista: MAC USP e artistas artesãos. Apresentação Horacio Lafer Piva, Elza Maria Ajzenberg; introdução Daisy Valle Machado Peccinini de Alvarado; texto Alecsandra Matias de Oliveira, Lauci Bertoluci, Rosana Marçal, Maria Cecília França Lourenço, Cristina Freire, Helouise Costa, Katia Canton, Alice Brill, Mario Schenberg, Vera Filinto; curadoria Daisy Valle Machado Peccinini de Alvarado. São Paulo: MAC, 2002. 92 p., il. p&b color.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. De Anita ao museu. São Paulo: Perspectiva: Diâmetros Empreendimentos, 1976. (Debates, 133).

AMARAL, Aracy. Arte para quê? Subsídio para uma história social da arte no Brasil: a preocupação social na arte brasileira: 1930-1970. São Paulo: Nobel, 1984.

ARTE no Brasil. Prefácio Pietro Maria Bardi; introdução Pedro Manuel. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 2 v.

ASSIS, Célia de (coord.). Monumentos urbanos: obras de arte na cidade de São Paulo. São Paulo: Prêmio, 1998.

DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: INL, 1973-1980. 4v., il., (Dicionários especializados, 5).

BIENAL BRASIL SÉCULO XX. Catálogo. Organização Nelson Aguilar; apresentação Edemar Cid Ferreira. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994.

GRACIANO, Clóvis. Clóvis Graciano. São Paulo: Club Athlético Paulistano, 2000. [8] p. il. p&b, color. 

GRACIANO, Clóvis. Clovis Graciano. Texto Mário de Andrade; apresentação José Roberto Teixeira Leite. São Paulo: [s.n.], 1975. 117 p., il. p&b., color.

GRACIANO, Clóvis. Clóvis Graciano: acervo exposição e comentários. Texto Annateresa Fabris. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1985. 2 p., 1 il. p&b.

GRACIANO, Clóvis. Graciano 72. Texto Francisco Luiz de Almeida Salles. Brasília: Caixa Econômica Federal, 19--. [6] p., il. p&b.

LEITE, José Roberto Teixeira. 500 anos da pintura brasileira. Produção Raul Luis Mendes Silva, Eduardo Mace. [S.l.]: Log On Informática, 1999. 1 CD-ROM.

LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Edição Raul Mendes Silva. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p., il. p&b., color.

LOURENÇO, Maria Cecília França. Maioridade do moderno em São Paulo: anos 30/40. 1990, 2 v. Tese (Doutorado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Universidade de São Paulo - FAU/USP, São Paulo, 1990.

O GRUPO Santa Helena. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1996.

PONTUAL, Roberto. Arte/Brasil/hoje: 50 anos depois. São Paulo: Collectio, 1973.

ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 1.106 p., il. color. 2v.