Artigo da seção pessoas Adriana Calcanhotto

Adriana Calcanhotto

Artigo da seção pessoas
Música  
Data de nascimento deAdriana Calcanhotto: 03-10-1965 Local de nascimento: (Brasil / Rio Grande do Sul / Porto Alegre)

Biografia

Adriana Calcanhotto (Porto Alegre RS 1965). Cantora, compositora. Inicia a carreira cantando em bares e casas noturnas de sua cidade natal, até se mudar para o Rio de Janeiro, em 1980. Na infância tem em casa um ambiente que favorece seu aprendizado musical, é filha de Carlos Calcanhoto, baterista da Doctor Jazz Band, e da bailarina Morgada Cunha. Começa a ter aulas de violão aos 6 anos e compõe suas primeiras músicas na adolescência.

Lança seu primeiro disco, Enguiço (Sony, 1990), com músicas de Caetano Veloso, Roberto Carlos e Erasmo Carlos, Lupicínio Rodrigues e duas de sua autoria. A música Mentiras, de seu segundo disco, Senhas (Sony, 1992), integra a trilha sonora da novela Renascer (1993), da TV Globo. O álbum A Fábrica do Poema (Sony, 1994) é um disco experimental com músicas em parceria com o poeta Waly Salomão, na faixa-título; Antonio Cícero, em Inverno; a musicalização de um texto do catálogo da mostra do cineasta Joaquim Pedro de Andrade, Por que Você Faz Cinema; além da regravação de O Verme e a Estrela, de Cid Campos e Arnaldo Antunes (1960), com participação do poeta Augusto de Campos (1931).

Grava ao vivo o disco Público, em 2000, em que apresenta uma releitura da música da Jovem Guarda Devolva-Me, de Renato Barros e Lilian Knapp, cantando acompanhada somente do violão. Ganha o Disco de Ouro com o álbum Cantada, lançado em 2002.

Em 2004, pela gravadora BMG, lança o disco Adriana Partimpim, cujo título é seu apelido de infância, dedicado ao público infantil com base em repertório adulto, com a música Ciranda da Bailarina, de Edu Lobo e Chico Buarque,  e Saiba, de Arnaldo Antunes.

Em seu trabalho de 2008, o CD Maré dá continuidade à Trilogia do Mar, iniciada com o álbum Marítimo (1998), com canções de Dorival Caymmi, Sargaço Mar; Caetano Veloso, Onde Andarás; Marina Lima, Três; e parcerias com Moreno Veloso, na composição da música título. No mesmo ano publica o livro Saga Lusa - O Relato de uma Viagem, no qual conta, de modo humorado, o surto psicótico que viveu em Portugal, após misturar um coquetel de remédios para gripe com cortisona, para tratar uma disfunção glandular.

 

Comentário crítico

Na obra de Adriana Calcanhoto percebe-se uma relação entre várias áreas de expressão artística. Ela cria capa para quase todos os seus discos, dialoga com a obra de Hélio Oiticica, com a música Parangolé Pamplona e a capa do disco Marítimo, em que aparece usando um parangolé. Compõe Por que Você Faz Cinema, inspirada no catálogo da exposição do cineasta Joaquim Pedro de Andrade. Com a poesia, faz parcerias com Augusto de Campos, na canção O Verme e a Estrela, e com Waly Salomão, na faixa-título do disco A Fábrica do Poema (Sony, 1994).

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Adriana Calcanhotto:

  • Outros nomes
    • Adriana da Cunha Calcanhoto
    • Adriana Calcanhoto
  • Habilidades
    • Compositor
    • Cantor/Intérprete
    • escritora
    • Arranjador
    • Produtor musical

Exposições (2)

Eventos relacionados (7)

Fontes de pesquisa (6)

  • AMARAL, Euclides (Ed.). Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008
  • ADRIANA Calcanhoto In: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Cultural Cravo Albin.Disponível em: http://www.dicionariompb.com.br/adriana-calcanhotto. Acesso em: 15 agosto 2009.
  • BARBOSA, Marco Antonio; LOUREIRO, Mônica. Cantada: Adriana Calcanhotto. 03/12/2002. Disponível em: http://www.cliquemusic.com.br/br/lancamentos/lancamentos.asp?nu_critica=862. Acesso em: 13 ago. 2009
  • EICHBAUER, Hélio. [Currículo]. Enviado pelo artista em 24 de abril de 2011. Shows: Fábrica do Poema - 1995; Adriana Calcanhoto - 1996; Mar Ritmo - 1998; Público - 1999; Adriana Calcanhoto - 2004; Maré - 2008. Não catalogado
  • FERREIRA, Mauro. Adriana Partimpim: Disco para crianças de todas as idades é sopro de renovação para Adriana Calcanhotto. 09/08/2004. Disponível em: http://www.terra.com.br/istoegente/261/diversao_arte/musica_adriana_partimpim.htm. Acesso em: 13 ago. 2009
  • SOUZA, Tárik de. Público: Adriana Calcanhotto. 30/04/2000. Disponível em: http://www.cliquemusic.com.br/br/lancamentos/lancamentos.asp?nu_critica=54. Acesso em: 13 ago. 2009

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ADRIANA Calcanhotto. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa530843/adriana-calcanhotto>. Acesso em: 24 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;