Artigo da seção pessoas Rodrigo Garcia Lopes

Rodrigo Garcia Lopes

Artigo da seção pessoas
Teatro / literatura  
Data de nascimento deRodrigo Garcia Lopes: 02-10-1965 Local de nascimento: (Brasil / Paraná / Londrina)

Biografia
Rodrigo Garcia Lopes (Londrina PR 1965). Poeta, tradutor, compositor, editor, professor e jornalista. Graduado em jornalismo, volta-se para o estudo acadêmico da literatura e torna-se mestre, em 1992, pela Arizona State University, nos Estados Unidos, com dissertação sobre a narrativa do romancista norte-americano William S. Burroughs (1914 - 1997). Com tese a respeito da obra da poeta norte-americana Laura Riding (1901 - 1991), recebe o título de doutor em Letras pela Universidade Federal de Santana Catarina - UFSC. Sua primeira coletânea de poemas, Solarium, é publicada em 1994 e reúne a sua poesia produzida na década anterior. Três anos depois edita Visibilia, seguido por Polivox, de 2001. Polivox é também o título do CD de canções e de poesia sonora que lança neste mesmo ano. Junto com os poetas Marcos Losnak (1964) e Ademir Assunção (1961) funda, em 2002, a revista Coyote, que publica poemas, fotografias, desenhos, traduções e outras produções artísticas. Atua também como tradutor, vertendo para o português obras de autores como os poetas norte-americanos Walt Whitman (1819 - 1892) e Sylvia Plath (1932 - 1963) e o poeta francês Arthur Rimbaud (1854 - 1891).  Editado em 2004, Nômada é seu livro de poemas mais recente.

Comentário Crítico
Uma das mais destacadas características da poesia escrita por Rodrigo Garcia Lopes é, sem dúvidas, a diversidade de formas e de estilos com a qual ela é construída. O poeta transita com igual naturalidade, por exemplo, entre a poesia visual, a tradição do haicai e o poema em prosa.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Rodrigo Garcia Lopes:

  • Outros nomes
    • Rodrigo Garcia Lopes
  • Habilidades
    • poeta
    • jornalista

Midias (1)

A obra de Rodrigo Garcia Lopes é formada por livros, um CD no qual mescla música e poesia, além de sua atuação como jornalista, editando a revista de criação literária Coyote. “Me sinto transitando na área do texto criativo em suas várias formas, ou seja, tradução, ensaio, edição, trabalho editorial e também estou escrevendo uma novela a quatro mãos”, descreve. À frente da Coyote, que edita com Ademir Assunção e Marcos Losnak, Lopes dá vazão a uma produção que inclui prosa, poesia, quadrinhos e fotografia, de autores nacionais e estrangeiros. “Incluímos aquilo que gostaríamos de ler”, explica. Sobre a função do escritor, Lopes diz que ela se define por uma “vontade de mudar o mundo”: “O que talvez una a todos é o fato de que estão escrevendo dentro do mesmo contexto histórico mas, em termos de estilo, de formato, a gente vê todas as formas. O que vai sempre contar é o talento e o trabalho apaixonado.”

Captação, edição e legendagem: Sacisamba
Intérprete: Erika Mota (terceirizada)
Locução: Júlio de Paula (terceirizado)

Eventos relacionados (2)

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • RODRIGO Garcia Lopes. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa385808/rodrigo-garcia-lopes>. Acesso em: 14 de Dez. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7