Artigo da seção pessoas Luisa Paraguai

Luisa Paraguai

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deLuisa Paraguai: 29-11-1960 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / São José dos Campos)
Imagem representativa do artigo

Vestis , 2004 , Luisa Paraguai
Registro fotográfico Sérgio Guerini

Biografia
Luisa Angélica Paraguai Donati (São José dos Campos, São Paulo, 1960). Artista visual. Gradua-se em Engenharia Civil, pela Universidade de São Paulo (USP), em 1983. Em 1986, conclui a especialização em Artes e Animação em Desenhos e Objetos, pelo Senac. Defende o mestrado em 1999, e o doutorado em 2005, ambos em Multimeios, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Sua dissertação de mestrado recebe o prêmio de melhor dissertação em vídeo e cinema, pela Intercom. Entre 2011 e 2012 realiza estágio pós-doutorado no M-Node NABA, The Planetary Collegium, Plymouth University, Inglaterra.

Em 2000, inicia o trabalho como professora na Universidade Anhembi Morumbi. Entre 2008 e 2015 atua em várias instituições de ensino superior. A partir de 2015, torna-se professora e pesquisadora da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).

Desde o ano 2000, produz e expõe trabalhos em arte tecnológica e performance. Participa da exposição EmMeio#5.0 (2013),  realizada no Museu Nacional da República, em Brasília. Publica artigos em eventos e periódicos da área de artes e design, no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa, como o da revista Technoetic Arts, em 2012. A pesquisa em computadores vestíveis marca sua atuação, principalmente com Vestis: corpos afetivos (2004), retomada em 2010 e 2011, que inclui performance. Em 2003, recebe o prêmio Rumos Itaú Cultural Pesquisa.

Análise da Trajetória
As preocupações poéticas de Luisa Paraguai se alinham, desde 2000, quando começa a reunir  em seu trabalho, os contextos sinestésicos do corpo, da percepção e das estéticas tecnológicas. Influenciada pela formação em engenharia civil, a artista busca, em sua produção, pesquisar as formas de interação entre o corpo humano e o computador. Envolve o corpo com sensores e aparatos tecnológicos, criando computadores vestíveis. Estes, quando conectados à web, potencializam a capacidade do usuário de interagir, simultaneamente, em espaços físicos e digitais.  Em INcorpos (2000) e Vestis, corpos afetivos (2004), a artista experimenta aliar produtos interativos com performances. Vestis torna-se um trabalho versátil como criação poética, compondo o eixo de produção mais relevante da artista. É apresentado em 2004, 2005, 2006, 2010 e 2011, em várias exposições.

Seus objetos vestíveis interativos lidam com o espaço do corpo e suas percepções, lançando nele o mecanismo de sondagem da individualidade e do social. Esses temas também são explorados nas instalações, como @intervalo (2003) e INmobility (2012), com Paulo Costa. A partir de 2012, a artista insere o olfato em seu universo, elaborando objetos que remetem ao cheiro e sua inserção na contemporaneidade. Os elementos são sensoriais, base da criação da artista, e sua relação com o mundo.

Outras informações de Luisa Paraguai:

  • Outros nomes
    • Luisa Angélica Paraguai Donati
    • Luisa Paraguai Donati
  • Habilidades
    • Artista visual

Obras de Luisa Paraguai: (1) obras disponíveis:

Exposições (2)

Eventos relacionados (1)

Artigo sobre Mostra Sesc de Artes 2010

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Música / teatro / literatura / dança / artes visuais  
Data de inícioMostra Sesc de Artes 2010: 18-11-2010  |  Data de término | 28-11-2010
Resumo do artigo Mostra Sesc de Artes 2010:

SESC Consolação

Fontes de pesquisa (6)

  • 12º ENCONTRO INTERNACIONAL DE ARTE E TECNOLOGIA: prospectiva poética (#12.ART) e exposição de arte computacional EmMeio#5.0. Coordenação geral Suzete Venturelli. Brasília: Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, 2013. 51 p. Exposição realizada no período de 2 a 6 out. 2013. Disponível em: < https://art.medialab.ufg.br/up/779/o/Livro12art_final_colorido_2014-3VERS%C3%83O-FINAL-REVISADA-04-SET.pdf >. Acesso em: 20 jun. 2015.
  • DONATI, Luisa Angélica Paraguai. Currículo do sistema currículo Lattes. [Brasília], 10 jun. 2015. Disponível em: < http://lattes.cnpq.br/6616305768133913 > . Acesso em: 10 jun. 2015.
  • PARAGUAI, Luisa. Luisa Paraguai. São Paulo: [s.n], 10.jun.2015. Entrevista concedida a Cleomar Rocha, pesquisador da Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras.
  • PARAGUAI, Luisa. Dispositivos móveis: Dimensões e espacialidades do corpoespaço. Revista Z cultural: revista do programa avançado de cultura contemporânea. Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 2, p. 6, 2011.
  • PARAGUAI, Luisa. Interfaces multisensoriais: espacialidades híbridas do corpoespaço. Revista FAMECOS (Online), v. 37, p. 54-60, 2008.
  • PARAGUAI. Luisa. Spatialities and scents: Chemical and cultural dialogues. Technoetic Arts: A Journal of Speculative Research, Reino Unido, v. 9, p. 171-179, 2012.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • LUISA Paraguai. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa364374/luisa-paraguai>. Acesso em: 18 de Jan. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7