Artigo da seção pessoas Luiz Paulo Baravelli

Luiz Paulo Baravelli

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deLuiz Paulo Baravelli: 03-10-1942 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Sem Título , 1988 , Luiz Paulo Baravelli
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Biografia

Luiz Paulo Baravelli (São Paulo SP 1942). Pintor, desenhista, escultor, gravador, professor, cronista. Cursa desenho e pintura na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em São Paulo, entre 1960 e 1962. Nessa época, estuda com Wesley Duke Lee (1931 - 2010), cuja obra torna-se uma referência importante em sua produção. Em 1964, inicia o curso de arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP). Leciona desenho na Escola Superior de Desenho Industrial de Ribeirão Preto e no Instituto de Artes e Decoração (Iade), em São Paulo. Participa da fundação da Escola Brasil:, juntamente com Carlos Fajardo (1941), José Resende (1945) e Frederico Nasser (1945). É co-editor da revista Malasartes, entre 1975 e 1976, e da revista Arte em São Paulo, no período de 1981 a 1983. Escreve também crônicas para o jornal Folha de S. Paulo, entre 1985 e 1986. No início de sua carreira, realiza pinturas que se aproximam da arte pop. No fim dos anos 1960, cria objetos com base em materiais industrializados. A partir da década 1970, passa a dedicar-se exclusivamente à pintura. Realiza obras nas quais emprega freqüentemente suportes de formato irregular, sendo temas predominantes a paisagem urbana e a figura humana.

Análise

Os trabalhos de Luiz Paulo Baravelli de meados da década de 1960 têm influência decisiva de seu professor Wesley Duke Lee (1931 - 2010). Segundo a historiadora Cláudia Valladão de Mattos, "nos quadros que Baravelli pintou na época, é recorrente a presença de soluções composicionais próximas às de Wesley, como o uso de cortes geométricos e [...] a tendência à compilação e à exploração de inúmeros materiais e meios".1 Na mesma época, interessa-se pela arte pop feita na Inglaterra, sobretudo por Ron Kitaj (1932), Peter Blake (1932), David Hockney (1937) e Richard Hamilton (1922).

Nas telas feitas até 1967, trabalha com a iconografia pop e procedimentos tradicionais da pintura. Junta ícones gráficos, desenhos e figuras geometrizadas com pinceladas marcadas. No fim da década de 1960, interessa-se, cada vez mais, pelo uso de materiais não convencionais. Paulatinamente, afasta-se do artesanato da pintura e passa a trabalhar com objetos montados a partir de projetos. Lida com materiais industrializados, como fórmica, acrílico, compensado e ferro, os quais recorta, criando formas regulares que depois dispõe de maneira impessoal.

Em 1970, expõe com os seus colegas Carlos Fajardo (1941), José Resende (1945) e Frederico Nasser (1945) no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) e no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC/USP). O esforço conjunto os anima a seguir trabalhando juntos. Nesse ano, montam a Escola Brasil: - um espaço onde os artistas ministram cursos livres de arte. Ainda em 1970, Baravelli decide dedicar-se exclusivamente à pintura. Segundo o crítico de arte Olívio Tavares Araújo, nessa época "ele se recolhe para um exercício cotidiano e intenso de desenho de observação".2 Em 1974, faz sua primeira exposição individual, na qual mostra desenhos de observação e pinturas. Seus trabalhos são figurativos e avessos à idéia de vanguarda.

Na década de 1980, Baravelli faz telas com formato irregular, as quais chama de "recortes". Daí em diante, esse tipo de trabalho torna-se constante em sua produção. Em 1996, o artista mostra a Série Branca na Galeria Nara Roesler, em São Paulo. Nela, segundo a crítica Marilia Saboya de Albuquerque, retoma algumas "questões de figura/fundo que precederam os recortes".3

Notas

1 MATTOS, Cláudia Valladão de. Entre quadros e esculturas: Wesley e os fundadores da escola Brasil. São Paulo: Discurso Editorial, 1997, p. 39.

2 ARAÚJO, Olívio Tavares. Partes de um ensaio (d'Aprés Baravelli). In: BARAVELLI, Luiz Paulo. Parte do todo / Partes de agora: (pintura, 1983-1987) / (série das Ovais, 1987). São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1987. p. 8.

3 ALBUQUERQUE, Marilia Saboya de. Sobre a série Branca. Galeria Nara Roesler, 1996. Disponível em: [http://www.nararoesler.com.br/artistas_txtg_p.asp?idartista=31&onumero=3]. Acesso em: 29 ago. 2005.

Outras informações de Luiz Paulo Baravelli:

  • Outros nomes
    • Luiz Paulo Baravelli
    • Baravelli
    • L. P. Baravelli
    • Luis Paulo Baravelli
  • Habilidades
    • Artista visual
    • escritor
    • gravador
    • Pintor
    • desenhista
    • professor de artes plásticas
    • Arquiteto
  • Relações de Luiz Paulo Baravelli com outros artigos da enciclopédia:

Obras de Luiz Paulo Baravelli: (20) obras disponíveis:

Midias (1)

Exposições (189)

Artigo sobre 1ª Jovem Arte Contemporânea

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de início1ª Jovem Arte Contemporânea : 20-09-1967  |  Data de término | 19-10-1967
Resumo do artigo 1ª Jovem Arte Contemporânea :

Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC/USP)

Todas as exposições

Eventos relacionados (2)

Artigo sobre sp-arte 2010

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2010: 29-04-2010  |  Data de término | 02-05-2010
Resumo do artigo sp-arte 2010:

Fundação Bienal de São Paulo

Artigo sobre sp-arte 2011

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2011: 12-05-2011  |  Data de término | 15-05-2011
Resumo do artigo sp-arte 2011:

Fundação Bienal de São Paulo

Fontes de pesquisa (37)

  • ALBUQUERQUE, Marilia Saboya de. Sobre a série Branca. Galeria Nara Roesler, 1996. In: Disponível em: [http://www.nararoesler.com.br/artistas_txtg_p.asp?idartista=31&onumero=3]. Acesso em: 29 ago. 2005.
  • ALBUQUERQUE, Marilia Saboya de. Sobre a série Branca. Galeria Nara Roesler, 1996. In: Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2005. Não catalogado
  • ARAÚJO, Olívio Tavares de. Luiz Paulo Baravelli. Galeria: revista de arte, São Paulo: Area Editorial, n. 7, p. 24-28, 1987.
  • ARAÚJO, Olívio Tavares de. Luiz Paulo Baravelli. Galeria: revista de arte, Sao Paulo: Area Editorial, n.7, p.24-28,1987 P37/7/87
  • ARAÚJO, Olívio Tavares. Partes de um ensaio (d'Aprés Baravelli). In: BARAVELLI, Luiz Paulo. Parte do todo / Partes de agora: (pintura, 1983-1987) / (série das Ovais, 1987). Curadoria Marília Saboya de Albuquerque; texto Olívio Tavares de Araújo, Manuela Carneiro da Cunha. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1987. 120 p., il. p&b. color.
  • ARAÚJO, Olívio Tavares. Partes de um ensaio (d'Aprés Baravelli). In: BARAVELLI, Luiz Paulo. Parte do todo / Partes de agora: (pintura, 1983-1987) / (série das Ovais, 1987). São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1987. B227p 1987
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 2v. 709.81 A163ar
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 2v.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Hermas, planetas. São Paulo: Galeria São Paulo, 1989. [24] p., il. p&b color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Luiz Paulo Baravelli: lendas do princípio. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1991. il. color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Luiz Paulo Baravelli: cinquenta anos. Curadoria e texto Gabriela Suzana Wilder. São Paulo: MAC/USP, 1992. [12 p.], il. p.b.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Panoramas. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 2000. [40] p., il. color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Parte do todo / Partes de agora: (pintura, 1983-1987) / (série das Ovais, 1987). Curadoria Marília Saboya de Albuquerque; texto Olívio Tavares de Araújo, Manuela Carneiro da Cunha. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1987. 120 p., il. p&b. color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Partes de agora: série das Ovais, 1987. Curadoria Marília Saboya de Albuquerque; texto Manuela Carneiro da Cunha, Olívio Tavares de Araújo. São Paulo: Galeria de Arte de São Paulo, 1987. 36 p., il. color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Recortes recentes. Texto Marco Antonio Lopes Tabet. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1985. [20] p., il. p&b., color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Série dos casais. Entrevista Miguel Chaia. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 2004. [16] p., il. color.
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Hermas, planetas. Projeto gráfico Maria Helena Pereira da Silva. São Paulo: Galeria São Paulo, 1989. B227 1989
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Luiz Paulo Baravelli: cinquenta anos. Apresentação Ana Mae Barbosa. São Paulo: MAC/USP, 1992. B227L 1992
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Luiz Paulo Baravelli: lendas do princípio. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1991. B227 1991
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Panoramas. Fotografia Nelson Kon. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 2000. B227p 2000
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Parte do todo / Partes de agora: (pintura, 1983-1987) / (série das Ovais, 1987). São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1987. B227p 1987
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Partes de agora: série das Ovais, 1987. São Paulo: Galeria de Arte de São Paulo, 1987. B227 1987/p
  • BARAVELLI, Luiz Paulo. Recortes recentes. Texto Marco Antonio Lopes Tabet; fotografia Romulo Fialdini. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1985. B227 1985
  • BARAVELLI. Série dos casais. Entrevista Miguel Chaia. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 2004. B227s 2004
  • DUARTE, Paulo Sérgio. Anos 60: transformações da arte no Brasil. Rio de Janeiro: Lech, 1998. 709.81 D812a
  • DUARTE, Paulo Sérgio. Anos 60: transformações da arte no Brasil. Rio de Janeiro: Lech, 1998.
  • KLINTOWITZ, Jacob. Versus: dez anos de crítica de arte. Prefácio Jacob Klintowitz; apresentação Pietro Maria Bardi. São Paulo: Galeria de Arte André, 1978. 143 p. 701.18 K65v
  • KLINTOWITZ, Jacob. Versus: dez anos de crítica de arte. Prefácio Jacob Klintowitz; apresentação Pietro Maria Bardi. São Paulo: Galeria de Arte André, 1978. 143 p.
  • MATTOS, Cláudia Valladão de. Entre quadros e esculturas: Wesley e os fundadores da escola Brasil. organização Yanet Aguilera; tradução Douglas V. Smith, Silvio Rosa Filho; ilustração Fábio Miguez, Marcia Pastore; fotografia Eduardo Giannini Ortega. São Paulo, SP: Discurso Editorial, 1997. 759.981 L482m
  • MATTOS, Cláudia Valladão de. Entre quadros e esculturas: Wesley e os fundadores da escola Brasil. organização Yanet Aguilera; tradução Douglas V. Smith, Silvio Rosa Filho; ilustração Fábio Miguez, Marcia Pastore; fotografia Eduardo Giannini Ortega. São Paulo, SP: Discurso Editorial, 1997.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. R703.0981 P818d
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987. 709.8104 Cg492pr
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987.
  • VLAVIANOS, Gabriel (coord.). Objetos: projetados nos anos 60 executados pelo artista nos anos 90. Texto Olívio Tavares de Araújo, Luiz Paulo Baravelli. São Paulo: Múltipla de Arte, 2000. [28] p., il. p&b, color.
  • VLAVIANOS, Gabriel (Coord.). Objetos: projetados nos anos 60 executados pelo artista nos anos 90. São Paulo: Múltipla de Arte, 2000. B227o 2000
  • ZANINI, Walter (Coord.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Instituto Moreira Salles: Fundação Djalma Guimarães, 1983. v.2. 709.81 H673
  • ZANINI, Walter (Coord.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Instituto Moreira Salles: Fundação Djalma Guimarães, 1983. v.2.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • LUIZ Paulo Baravelli. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa3291/luiz-paulo-baravelli>. Acesso em: 19 de Dez. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7