Artigo da seção pessoas Eduardo Guimaraens

Eduardo Guimaraens

Artigo da seção pessoas
Literatura  
Data de nascimento deEduardo Guimaraens: 1892 | Data de morte 1928

Biografia

Eduardo Gaspar da Costa Guimaraens (Porto Alegre RS 1892 - Rio de Janeiro RJ 1928). Publica seu primeiro poema, o soneto Aos Lustres, com 16 anos, no Jornal da Manhã, de Porto Alegre. Seu primeiro livro de poesia, Caminho da Vida, é publicado em 1908. Por volta de 1911 atua como colaborador dos periódicos Jornal do Comércio, Folha da Manhã, Diário, Federação e Correio do Povo, na capital gaúcha. Entre 1912 e 1916 vive no Rio de Janeiro, onde colaborou nos jornais A Hora, Rio-Jornal, A Imprensa e Boa Hora, e na revista Fon-Fon. Em 1916, ainda, publica A Divina Quimera, que o torna conhecido no Brasil. Produz também traduções de poemas e comédias, além de peças de teatro. Poeta simbolista, sua obra é influenciada por Baudelaire, Eugênio de Castro, Maeterlinck, Mallarmé, Rimbaud, Verlaine. Segundo o crítico Donaldo Schuler, "o discurso paradoxal de Eduardo Guimaraens rebenta em lugar próprio ao acontecer na época das grandes transformações por que passa o Estado. Estas, abrindo as fronteiras entre os versos e o que os circunda, propiciam a poetização da vida e a vitalização da poesia".

Outras informações

  • Outros nomes
    • Eduardo Gaspar da Costa Guimaraens
  • Habilidades
    • escritor
    • tradutor
    • jornalista
    • poeta

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • EDUARDO Guimaraens. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa3205/eduardo-guimaraens>. Acesso em: 30 de Mar. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7