Artigo da seção pessoas Emiliano Perneta

Emiliano Perneta

Artigo da seção pessoas
Literatura  
Data de nascimento deEmiliano Perneta: 03-01-1866 Local de nascimento: (Brasil / Paraná / Curitiba) | Data de morte 19-01-1921 Local de morte: (Brasil / Paraná / Curitiba)

Biografia

Emiliano Perneta (Curitiba, Paraná, 1866 - Curitiba, Paraná, 1921). Publica seus primeiros poemas em O Dilúculo, em 1883. Muda-se para São Paulo SP em 1885, onde funda a Folha Literária, dom Afonso de Carvalho, Carvalho Mourão e Edmundo Lins, em 1888. No mesmo ano publica as obras poéticas Músicas, de versos parnasianos, e Carta à Condessa d'Eu. É também  diretor da Vida Semanária, com Olavo Bilac (1865 - 1918), e  colaborador do Diário Popular e da Gazeta de São Paulo. Forma-se bacharel em Direito em 1889, e muda-se para o Rio de Janeiro no ano seguinte. Lá, colabora em vários periódicos e, em 1891, é secretário da Folha Popular, na qual foram publicadas as manifestações iniciais do movimento simbolista, assinadas pelos poetas B. Lopes, Cruz e Sousa (1861 - 1898) e Oscar Rosas. De volta ao Paraná, cria a revista simbolista Victrix, em 1902. Em 1913 publica o poema-livreto Papilio Innocentia, para a ópera do compositor suíço Léo Kessler, sobre o romance Inocência, de Visconde de Taunay. Sua obra poética inclui Ilusão (1911), no qual se faz presente a estética simbolista, Pena de Talião (1914) e os póstumos Setembro (1934) e Poesias Completas (1945). A poesia de Emiliano Perneta é vinculada ao Simbolismo. Segundo o crítico Péricles Eugênio da Silva Ramos (1919 - 1992), "Emiliano Perneta, dentro de sua corrente literária, tem personalidade e merecimento, podendo figurar, sem favor, entre os nosso mais típicos e notáveis poetas decadentes e simbolistas".

Outras informações de Emiliano Perneta:

  • Outros nomes
    • Emiliano David Perneta
    • Vítor Marinho
  • Habilidades
    • Poeta
    • Direito

Fontes de pesquisa (2)

  • PERNETA, Emiliano. Ilusão e outros poemas. Org. Tasso da Silveira. Introd. cronol. bibliogr. e fontes para estudo Andrade Muricy. Rio de Janeiro: GRD, 1966.
  • RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Emiliano Perneta. In: ___. Poesia simbolista: antologia. São Paulo: Melhoramentos, 1965. p.115-130.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • EMILIANO Perneta. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa3017/emiliano-perneta>. Acesso em: 19 de Jun. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7