Artigo da seção pessoas Berna Reale

Berna Reale

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deBerna Reale: 01-12-1965 Local de nascimento: (Brasil / Pará / Belém)
Imagem representativa do artigo

O Escuro das Coisas , 2001 , Berna Reale
Reprodução Fotográfica Acervo do Artista

Biografia
Berna Reale (Belém, Pará, 1965). Artista e perita criminal. Licencia-se em artes pela Universidade Federal do Pará em 1996. Começa a dar aulas, mas abandona o magistério. Trabalha em diversas instituições culturais, como o Instituto de Arte do Pará e a Fundação Tancredo Neves. Os primeiros trabalhos em arte surgem após a realização de cursos práticos, de cerâmica e fotografia, já nos anos 2000. Passa das esculturas em argila para a fotografia, instalação e performance, meios que constituem a base de seu trabalho mais recente. A partir de 2009, quando recebe o grande prêmio do Salão Arte Pará, sua produção circula de forma intensa. Seu trabalho destaca-se no programa Rumos Artes Visuais, do Itaú Cultural (2011) e recebe o Prêmio Pipa (2012 e 2013). No mesmo período, presta concurso para atuar na perícia criminal do Estado do Pará. Começa a exercer a função em 2010. A atividade garante-lhe autonomia financeira para desenvolver seus projetos e, ao mesmo tempo, permite observar de perto os efeitos do tema central de sua pesquisa: o impacto da violência no cotidiano das pessoas. Por meio de ações e performances minuciosamente concebidas, Berna Reale desvenda aspectos ocultos das relações de poder, de caráter individual ou social. A artista, que se define como uma pesquisadora obcecada, trabalha com projetos bem definidos, com fortes referências simbólicas, personificando signos e ícones de grande impacto.

Análise
A violência é o tema central da obra de Berna Reale. Não a brutal, mas aquela pautada pelas agressões cotidianas, que desestruturam a sociedade, humilham e solapam o indivíduo de forma disfarçada e perversa. A artista torna evidente mecanismos insidiosos de perpetuação do poder, manutenção da ordem, exploração do trabalho, colonização, relações de dominação econômica, racial, de gênero ou social. Cada trabalho é autônomo e obedece a um roteiro determinado, para enfatizar elementos simbólicos de impacto visual e conceitual. “Improviso é bom, mas com um mínimo de risco”, afirma.

Em torno de personagens icônicos, constrói narrativas imagéticas. Como, por exemplo, uma orgulhosa e patética condutora de biga, levada não por cavalos elegantes, mas por uma vara de porcos no cenário miserável da periferia, em Soledade (2013). Ou ainda, uma espécie de Prometeu moderno, à mercê dos urubus do mercado Ver-o-Peso, em Belém, em Quando todos calam (2009), premiado no Arte Pará de 2009. Tratando de questões incômodas, Berna trabalha com temas como os cemitérios clandestinos, em Ordinário (2013), ou o valor residual da vida humana na nossa sociedade, em Limite Zero (2012).

Ao contrário do que ocorre em muitas performances, o trabalho de Berna Reale não valoriza a ação em detrimento dos registros. Fotos e vídeos – suportes finais da obra – não são resíduos memorialísticos ou elogios do efêmero, mas obras autônomas e potentes, associadas à semiologia e pesquisa estética.

Outras informações de Berna Reale:

  • Outros nomes
    • Bernadete de Lourdes Guerreiro Reale
    • Bernardete de Lourdes Guerreiro Reale
  • Habilidades
    • Educação Artística
    • Arte-educador
    • artista plástica

Obras de Berna Reale: (1) obras disponíveis:

Exposições (22)

Todas as exposições

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (2)

  • PIPA. A janela para a arte contemporânea brasileira. Berna Reale. PIPA. A janela para a arte contemporânea brasileira,Rio de Janeiro. Disponível em: < http://www.pipa.org.br/pag/berna-reale/ >. Acesso em: 20 de maio de 2013
  • REALE, Berna. Entrevista concedida pela artista Berna Reale, realizada em 14 mar. 2014

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • BERNA Reale. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa26879/berna-reale>. Acesso em: 20 de Out. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7