Artigo da seção pessoas Graziela Kunsch

Graziela Kunsch

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deGraziela Kunsch: 08-05-1979 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Nightshot 3 , 2000 , Graziela Kunsch
Reprodução fotográfica arquivo da artista

Biografia

Graziela Krohling Kunsch (São Paulo, São Paulo, 1979). Artista, editora, crítica, curadora e professora. Faz parte dos coletivos A.N.T.I. Cinema, Núcleo Performático Subterrânea, Rejeitados e Usina. Forma-se em Artes Cênicas pela Escola Célia Helena em 1996. Em 2001, gradua-se em Artes Visuais pela Faculdade Álvares Penteado (Faap), em São Paulo. Entre 2001 e 2003, faz de sua casa um espaço público (Casa da Grazi), onde abriga exposições e coletivos de diferentes cidades brasileiras. Em 2002, ganha o prêmio de Artes Visuais Rumos do Itaú Cultural e, em 2004, é selecionada para o 8º Cultura Inglesa Festival, promovido pela escola Cultura Inglesa, com o trabalho Um Espaço para a Contracultura Inglesa. Em 2007, recebe menção honrosa no 7º Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia, oferecida pelo Instituto Sergio Motta, pelo website do projeto Mutirão – Refazendo a Cidade. No mesmo ano, orienta a produção de relatos críticos do Fórum Permanente, organizando com Ana Letícia Fialho o livro Relatos Críticos –  Seminários da 27a Bienal de São Paulo.  Em 2008, torna-se mestre pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

Em 2010, participa da 29a Bienal de São Paulo, com o Projeto Mutirão. Em 2011, entre outras exposições, participa da mostra Caos e Efeito, no Itaú Cultural, em São Paulo. Em 2013, participa com o coletivo Usina da mostra Panorama 33, no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo e da 10a Bienal de Arquitetura no Centro Cultural São Paulo (CCSP). Em 2014, integra a 31a Bienal de São Paulo como colaboradora do setor educativo. Em 2016, recebe o título de doutora em Meios e Processos Audiovisuais pela ECA/USP e é indicada como professora convidada no curso de pós-graduação Critical Habitats, do Royal Institute of Art de Estocolmo, Suécia.

Análise

Ao atuar em áreas complementares, a artista, curadora, pesquisadora e professora Graziela Kunsch apresenta um trabalho que transita do vídeo e performance à curadorias educativas. Todas as atividades são focadas em questões processuais e com o engajamento político necessário à prática artística contemporânea. Individualmente ou como integrante de coletivos de arte, Kunsch propõe trabalhos com caráter de projetos, ou seja, a priori não há foco na elaboração de um produto final, mas na criação de uma grande teia de proposições passíveis de transformação e pensamento coletivos.

Um dos temas de reflexão da artista é a cidade e suas produções coletivas. Partindo dessa temática, realiza o projeto Mutirão, uma pesquisa aberta que se inicia em 2005 e assume diversas formas. Apresenta-se como projeto de mestrado em 2008, e, em 2010, participa 29a Bienal de São Paulo. No espaço da Bienal, o projeto integra-se à mostra com quatro vídeos (produzidos entre 2004 e 2008 e formados por um único plano), com o arquivo do projeto e com livros da biblioteca pessoal da artista sobre utopias, autogestão e educação.

Fazem parte, também, desse trabalho, conversas para articular excertos de A.N.T.I Cinema, ou para registro e articulação de lutas políticas em andamento. O trabalho de Graziela Kunsch propõe que esses momentos sejam incorporados ao arquivo do projeto Mutirão como maneira de pensar o papel dos indivíduos e artistas nos processos coletivos da história.

Outras informações de Graziela Kunsch:

  • Outros nomes
    • Graziela Krohling Kunsch
  • Habilidades
    • Artista visual
    • Crítico
    • editor
    • Curadora
    • professora
  • Relações de Graziela Kunsch com outros artigos da enciclopédia:

Obras de Graziela Kunsch: (1) obras disponíveis:

Espetáculos (2)

Exposições (17)

Artigo sobre Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira (2002 : Belo Horizonte, MG)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioRumos Itaú Cultural Artes Visuais. Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira (2002 : Belo Horizonte, MG): 22-02-2002  |  Data de término | 31-03-2002
Resumo do artigo Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira (2002 : Belo Horizonte, MG):

Fundação Clóvis Salgado. Palácio das Artes

Artigo sobre Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Poéticas da Atitude: o transitório e o precário (2002 : Recife, PE)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioRumos Itaú Cultural Artes Visuais. Poéticas da Atitude: o transitório e o precário (2002 : Recife, PE): 16-08-2002  |  Data de término | 22-09-2002
Resumo do artigo Rumos Itaú Cultural Artes Visuais. Poéticas da Atitude: o transitório e o precário (2002 : Recife, PE):

Fundação Joaquim Nabuco (Recife, PE)

Fontes de pesquisa (3)

  • BIENAL DE SÃO PAULO. Catálogo da 29a Bienal de São Paulo. Disponível em: < https://issuu.com/bienal/docs/29a-catalogo-pt/378 >. Acesso em: 2 ago.2016.
  • ITAÚ Cultural. Entreolhares – Conversas com a 31ª Bienal de São Paulo (2014). São Paulo, 8 out. 2014. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=VLhavXNLtMA >. Acesso em: 2 ago.2016.
  • Programa do Espetáculo - A Casa Antiga - 2002.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • GRAZIELA Kunsch. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa248577/graziela-kunsch>. Acesso em: 15 de Dez. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7