Artigo da seção pessoas Francisco Pedro do Amaral

Francisco Pedro do Amaral

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deFrancisco Pedro do Amaral: 1790 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro) | Data de morte 10-11-1831 Local de morte: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Retrato da Marquesa de Santos , ca. 1826 , Francisco Pedro do Amaral
Reprodução Fotográfica Abril Press

Biografia

Francisco Pedro do Amaral (Rio de Janeiro RJ ca.1780 - idem 1830). Pintor, desenhista, decorador, cenógrafo, dourador, estucador. Estuda inicialmente com José Leandro de Carvalho (17-- - 1834), e depois se matricula na aula régia de desenho e pintura, criada na cidade do Rio de Janeiro pelo vice-rei dom Fernando e ministrada pelo pintor Manuel Dias de Oliveira (1764 - 1837). Estuda cenografia com Manuel da Costa e trabalha como ajudante de José Leandro no Teatro São João. Em 1823, é um dos cinco alunos do curso de pintura ministrado pelo Debret (1768 - 1848). Participa da fundação da Sociedade de São Lucas, entidade só para pintores, em 1827. Como chefe da decoração da casa Imperial, trabalha no Palácio da Quinta da Boa Vista e no Paço da Cidade. Decora residências particulares, como o palacete da marquesa de Santos, no Rio de Janeiro. Em 1829, restaura velhos coches, por ocasião do casamento de dom Pedro I (1798 - 1834), e publica o folheto Explicação Allegorica da Decoração dos Coches de Estado de S.M.I. O Senhor D. Pedro I, em que descreve seu trabalho de ornamentação.

Análise

Francisco Pedro do Amaral torna-se um retratista destacado na corte do Rio de Janeiro, tendo realizado inclusive o retrato (ca.1826) de dona Domitila de Castro Canto e Melo, a marquesa de Santos. Nessa obra, o artista já busca o tratamento neoclássico da figura. Realiza também diversas pinturas decorativas para a Biblioteca Pública, Palácio da Quinta da Boa Vista, Paço Imperial e ainda para o palácio da marquesa de Santos. O pintor e historiador Manuel de Araújo Porto-Alegre (1806 - 1879) informa que o artista teria se dedicado também à realização de caricaturas.

Para o historiador da arte Quirino Campofiorito (1902 - 1993), Francisco Pedro do Amaral, vindo da tradição colonial brasileira, é o artista que melhor evidencia a transição que ocorre no campo artístico nesse período, motivada pela presença dos artistas franceses no país.

Outras informações de Francisco Pedro do Amaral:

Obras de Francisco Pedro do Amaral: (1) obras disponíveis:

Exposições (5)

Fontes de pesquisa (22)

  • DUQUE, Gonzaga. A Arte brasileira: pintura e esculptura. Rio de Janeiro: H. Lombaerts & C., 1888. 254 p. Não catalogado
  • ARAÚJO, Emanoel (Coord.). Reflexões iconográficas: memória. Texto Jaelson Bitran Trindade, Carlos Eugênio Marcondes de Moura, Maria Cecília França Lourenço, Ruth Sprung Tarasantchi. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1994.
  • ARAÚJO, Emanoel (Coord.). Reflexões iconográficas : memória. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1994. 110 p., il. color. 709.034 R332
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 2v. 709.81 A163ar v.1
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 2v.
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997.
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942. R703.0981 B813a
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942.
  • CAMPOFIORITO, Quirino. História da pintura brasileira no século XIX. Prefácio Carlos Roberto Maciel Levy. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1983. 292 p., il. p&b. color. 759.981034 C198hi
  • CAMPOFIORITO, Quirino. História da pintura brasileira no século XIX. Prefácio Carlos Roberto Maciel Levy. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1983. 292 p., il. p&b. color.
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1973. v.1: A a C. (Dicionários especializados, 5). R703.0981 C376d v.1 pt. 1
  • FREIRE, Laudelino. Um século de pintura: apontamentos para a história da pintura no Brasil de 1816-1916. Rio de Janeiro: Fontana, 1983. 677 p. 759.981034 F866u
  • FREIRE, Laudelino. Um século de pintura: apontamentos para a história da pintura no Brasil de 1816-1916. Rio de Janeiro: Fontana, 1983. 677 p.
  • História da pintura brasileira no século XX. São Paulo, Paço das Artes, 1983 Não catalogado
  • MORALES DE LOS RIOS FILHO, Adolfo. Grandjean de Montigny e a evolução da arte brasileira. Ilustração Arnaldo Pacheco; fotografia Mario Baldi. Rio de Janeiro: Noite, 1941. xv, 315 p., il. p&b. 720.944 M792m
  • MORALES DE LOS RIOS FILHO, Adolfo. Grandjean de Montigny e a evolução da arte brasileira. Rio de Janeiro: Empresa A Noite, 1941.
  • MOSTRA DO REDESCOBRIMENTO, 2000, SÃO PAULO, SP. Arte do século XIX. Curadoria Luciano Migliaccio, Pedro Martins Caldas Xexéo; tradução Roberta Barni, Christopher Ainsbury, John Norman. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo : Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000. 709.034 M9161a
  • MOSTRA DO REDESCOBRIMENTO, 2000, SÃO PAULO, SP. Arte do século XIX. Curadoria Luciano Migliaccio, Pedro Martins Caldas Xexéo; tradução Roberta Barni, Christopher Ainsbury, John Norman. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo : Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. R703.0981 P818d
  • RUBENS, Carlos. Pequena história das artes plásticas no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1941. (Brasiliana. Série 5ª: biblioteca pedagógica brasileira, 198). 709.81 R895p Ed. ilust.
  • RUBENS, Carlos. Pequena história das artes plásticas no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1941. (Brasiliana. Série 5ª: biblioteca pedagógica brasileira, 198).
  • TAUNAY, Afonso de E. A Missão Artística de 1816. Rio de Janeiro: Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 1956. Não catalogado

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • FRANCISCO Pedro do Amaral. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa23167/francisco-pedro-do-amaral>. Acesso em: 14 de Nov. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7