Artigo da seção pessoas Rochelle Costi

Rochelle Costi

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deRochelle Costi: 18-02-1961 Local de nascimento: (Brasil / Rio Grande do Sul / Caxias do Sul)
Imagem representativa do artigo

Quartos-São Paulo , 1998 , Rochelle Costi

Biografia

Rochelle Costi (Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, 1961). Fotógrafa e artista multímidia. Forma-se em comunicação social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), Porto Alegre, em 1981. No ano seguinte, permanece seis meses em Belo Horizonte, e freqüenta ateliês de arte na Escola Guignard e um curso de extensão sobre processos fotográficos do século XIX na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) .

De volta a Porto Alegre, faz instalações com fotografias e objetos que coleciona, tais como cinzeiros, malas, vidros e lâmpadas. Em 1983, realiza a mostra individual Tentativa de Vôo, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (Margs) e, a partir de então, expõe em outros Estados do Brasil. Nessa época, atua como fotógrafa de teatro e música.

Em 1988, muda-se para São Paulo, onde trabalha com fotografia editorial. Vive em Londres, entre 1991 e 1992, período em que estuda na Saint Martin School of Art e na Camera Work. A atuação em jornais e revistas lhe possibilita o contato com ambientes diversos, o que estimula suas pesquisas sobre espaços privados e resulta séries fotográficas em que registra fachadas e interiores de casas. Participa da 24ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1998, e das 6ª e 7ª Bienais de Havana, em 1997 e 1999, entre outras mostras internacionais. Em 1997, recebe o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Fundação Nacional de Arte (Funarte) e, três anos depois, a Bolsa de Artes da Fundação Vitae.

Análise

Rochelle Costi inicia sua trajetória trabalhando com fotografia na área de teatro e música. Passa também a desenvolver trabalhos pessoais, utilizando a fotografia em objetos e instalações. Como nota o crítico de arte Ivo Mesquita, a artista apropria-se de imagens impressas ou de materiais banais, coletados ao acaso, realizando uma intervenção direta e deslocadora no código usual da fotografia e da representação. Alguns trabalhos apresentam composições abstratas elaboradas com base em colagem de imagens fragmentadas, como na série Bandeja, 1995/1996.

Para o historiador da arte Tadeu Chiarelli, a problemática da perda de identidade perpassa toda a produção de Rochelle Costi. A artista explora, com humor e ironia, até sua própria identidade corporal, como em Cinqüenta Horas - Auto-Retrato Roubado (1992), obra que deriva de sua experiência pessoal como modelo em sessões de pintura. Utiliza ainda a imagem do próprio público, em trabalhos nos quais subverte os limites entre a obra de arte e o espaço da realidade cotidiana.

Na série Escolha (2005), volta-se para o registro do cenário urbano de São Paulo, fotografando o interior de lojas no Largo da Batata, no bairro de Pinheiros. Cria também back-lights com fotos da região, que apresentam as pessoas em atividades rotineiras.

A artista trabalha também com vídeo, como em Vigília (2004), ou em Convite ao Infinito (2005). Nessa última obra, realizada com câmara fixa, filma pessoas correndo sobre o símbolo do infinito, desenhado por ela no chão do Instituto Tomie Ohtake (ITO), em São Paulo, alternando no vídeo a imagem dos participantes da experiência.

Outras informações de Rochelle Costi:

  • Outros nomes
    • Rochele Costi
  • Habilidades
    • fotógrafo

Obras de Rochelle Costi: (37) obras disponíveis:

Todas as obras de Rochelle Costi:

Exposições (176)

Todas as exposições

Eventos relacionados (7)

Fontes de pesquisa (15)

  • FOTOGRAFIAS no acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo. São Paulo: MAM, 2002. 200 p., il. p&b color.
  • OUTEIRO, Robson (coord.); PAIVA, Joaquim (org.). Visões e alumbramentos: fotografia brasileira contemporânea na coleção Joaquim Paiva. Versão em inglês Katica Szabó, Laura Ferrari; fotografia Denise Andrade. São Paulo: BrasilConnects Cultura & Ecologia, 2002. 296 p., il. p&b. color.
  • ARTE brasileira contemporânea: doações recentes/96. São Paulo: MAM, 1996. 45 p., il. p&b color.
  • ARTISTAS colecionistas. Curadoria Ivo Mesquita, Stella Teixeira de Barros. São Paulo: Valu Oria Galeria de Arte, 1995. , il.
  • Bienal de Artes Visuais do Mercosul, 2., 1999, Porto Alegre, RS. II Bienal de Artes Visuais do Mercosul: catálogo Geral. Curadoria Fábio Magalhães. Porto Alegre: Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul, 1999. 264 p.
  • BIENAL DE LA HABANA, 7., 2000, Habana. Séptima Bienal de Habana. Curadoria Nelson Herrera Ysla, Hilda María Rodríguez, José Manuel Noceda Fernandéz, Ibis Hernández Abascal, Margarita Sánchez Prieto, Magda I. González-Mora, Lourdes Castillo González; coordenación Lourdes A. Ricado Suaréz. Habana: Centro de Arte Contemporâneo Wifredo LAM, 2000. 462 p., il. color.
  • BRASIL. Plural y singular. Curadoria e texto Clélia Taricco; curadoria Laura Buccellato. Buenos Aires: MAMba, 2000. 32 p., il. color.
  • CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli/MASP de Fotografias : v. 9. Texto Boris Kossoy; versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: MASP, 1999. 100 p., il. p&b. color.
  • COSTI, Rochelle. Sem título = Untitled = Sin titulo. Texto Ivo Mesquita; entrevista Ivo Mesquita, Rafael Vogt Maia Rosa; texto Rafael Vogt; versão em inglês Izabel Murat Burbridge, Cora Sueldo; versão em espanhol Andrea R. G. Justino, Graciela Toretti. São Paulo: Metalivros, 2005. 196 p., il. p&b color.
  • EM busca da identidade. Curadoria Peter Weiermair; texto Lisette Lagnado. Bologna: Oehrli, 2001. 174 p., il. color.
  • IDENTIDADE/NÃO identidade: a fotografia brasileira atual. Curadoria e texto Tadeu Chiarelli; curdoria Rejane Cintrão; tradução Izabel Murat Burbridge. São Paulo: MAM, 1997. [27] p., il. p&b.
  • LOBACHEFF, Georgia (coord.); BOFFA, Marcelo (coord.). Fotógrafos e fotoartistas na Coleção do Museu de Arte Moderna de São Paulo: fotografia contemporânea brasileira. Curadoria Georgia Lobacheff; texto Tadeu Chiarelli. São Paulo: Espaço Porto Seguro de Fotografia, 1999. 80 p., il. p.b., color.
  • MOSTRA DO REDESCOBRIMENTO, 2000, SÃO PAULO, SP. Arte contemporânea. Curadoria geral Nelson Aguilar; curadoria Nelson Aguilar, Franklin Espath Pedroso; coordenação Suzanna Sassoun; tradução Arnaldo Marques, Ivone Castilho Benedetti, Izabel Murat Burbridge, Katica Szabó, John Norman. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo : Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000. 255 p., il. color.
  • PANORAMA da Arte Brasileira 1995. Curadoria Ivo Mesquita; texto Cacilda Teixeira da Costa; tradução Izabel Murat Burbridge. São Paulo: MAM, 1995. 92 p., il. p&b color.
  • PRÊMIO SERGIO MOTTA DE ARTE E TECNOLOGIA, 5., 2004 São Paulo, SP. 5º Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia. Texto Vitória Daniela Bousso, Fernando Oliva, Juliana Monachesi; versão em inglês Thomas William Nerney. São Paulo: Instituto Sergio Motta, 2004. 170 p., il. color.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ROCHELLE Costi. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa22077/rochelle-costi>. Acesso em: 23 de Set. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7