Artigo da seção pessoas Marc Ferrez

Marc Ferrez

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deMarc Ferrez: 14-09-1788 Local de nascimento: (França / Lorena / Saint-Laurent) | Data de morte 31-03-1850 Local de morte: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Busto da Baronesa de Sorocaba , s.d. , Marc Ferrez

Biografia
Marc Ferrez (Saint-Laurent, França 1788 - Rio de Janeiro RJ 1850). Escultor, gravador, professor. Inicia seus estudos na École des Beaux-Arts [Escola de Belas Artes], em Paris, com mestres como o escultor Philippe-Laurent Roland (1746 - 1816) e o gravador e restaurador Pierre-Nicolas Beauvallet (1750 - 1818). Após estada de seis meses em Nova York, chega em 1817 ao Rio de Janeiro com seu irmão, o escultor e gravador Zepherin Ferrez (1797 - 1851), e integra-se à Missão Artística Francesa, que está no Brasil desde 1816. Executa, com Auguste Marie Taunay (1768 - 1824), Debret (1768 - 1848), o irmão Zepherin e o arquiteto Grandjean de Montigny (1776 - 1850), a decoração dos monumentos festivos por ocasião da chegada da princesa Maria Leopoldina (1797 - 1826) e de seu casamento com dom Pedro I (1798 - 1834). Em 1820, Ferrez é nomeado professor pensionista (substituto) da Academia Imperial de Belas Artes - Aiba e, em 1829, participa da primeira exposição da Aiba, organizada por Debret. Após a morte de Taunay, em 1824, ocupa o cargo de segundo professor de escultura e, com a morte de Joaquim Alão, em 1837, torna-se catedrático de escultura da Aiba. Esculpiu, em 1842, os móveis dos aposentos da futura esposa de dom Pedro II, princesa Teresa Cristina (1822 - 1889), na fragata Constituição, que a trouxe da Europa.

Comentário Crítico
Nomeado em 1820 pensionista de escultura, apenas em 1837, Marc Ferrez se torna professor titular da disciplina na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba. Realiza muitas obras no Brasil, como o berço em madeira esculpida, que realiza juntamente com seu irmão Zepherin Ferrez (1797 - 1851), oferecido a  D. João VI (1767 - 1826), em 1818, por ocasião do nascimento da princesa Maria da Glória. Executa também muitas obras ornamentais, como as estátuas de Apolo e Minerva para a fachada da Aiba.

Marc Ferrez destaca-se pela realização de bustos de personalidades, principalmente em relação à qualidade técnica das obras e à preocupação realista no tratamento da figura, como é possível observar em Dama do Primeiro Reinado (1829); Martim Francisco Ribeiro de Andrade (1829); Busto de José Bonifácio de Andrade e Silva (1839) e, principalmente, no busto de D. Pedro I (1826).

O artista é responsável pela formação de novas gerações de escultores no país, em que se destaca Chaves Pinheiro (1822 - 1884).

Outras informações de Marc Ferrez:

Obras de Marc Ferrez: (2) obras disponíveis:

Exposições (13)

Artigo sobre Missão Artística Francesa e Pintores Viajantes: França - Brasil no século XIX (1990 : Rio de Janeiro, RJ)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioMissão Artística Francesa e Pintores Viajantes: França - Brasil no século XIX (1990 : Rio de Janeiro, RJ): 11-1990  |  Data de término | 12-1990
Resumo do artigo Missão Artística Francesa e Pintores Viajantes: França - Brasil no século XIX (1990 : Rio de Janeiro, RJ):

Fundação Casa França-Brasil (Rio de Janeiro, RJ)

Artigo sobre Missão Artística Francesa e as origens da coleção do Museu Nacional de Belas Artes (2004 : Rio de Janeiro, RJ)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioMissão Artística Francesa e as origens da coleção do Museu Nacional de Belas Artes (2004 : Rio de Janeiro, RJ): 14-05-2004  |  Data de término | 15-08-2004
Resumo do artigo Missão Artística Francesa e as origens da coleção do Museu Nacional de Belas Artes (2004 : Rio de Janeiro, RJ):

Museu Nacional de Belas Artes (MNBA)

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (12)

  • BOGHICI, Jean (org.). Missão Artística Francesa e pintores viajantes: França-Brasil no século XIX. Apresentação Michel Oyharcabal. Rio de Janeiro: Instituto Cultural Brasil-França, 1990. 142 p., il. p&b., color.
  • ACQUARONE, Francisco. História das artes plásticas no Brasil. Atualizada por Lêda Acquarone de Sá. Rio de Janeiro: Ed. Americana, 1980. p. 136-137.
  • ARTE no Brasil. Apres. Victor Civita. Pref. Pietro Maria Bardi. São Paulo: Abril Cultural, 1979. v. 1, p. 461.
  • BANDEIRA, Julio; XEXÉO, Pedro Martins Caldas; CONDURU, Roberto. A Missão Francesa. Rio de Janeiro: Sextante Artes, 2003. 208 p., il. p&b. color.
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1974. v.2: D a L. (Dicionários especializados, 5).
  • EXPOSIÇÃO da Missão Artística Francesa de 1816. Rio de Janeiro: Museu Nacional de Belas Artes, 1940. 91 p., il. p&b.
  • MORALES DE LOS RIOS FILHO, Adolfo. O ensino artístico: subsídio para a sua história: um capítulo, 1816-1889. Rio de Janeiro: s. n. , 1938. p. 175.
  • MOSTRA DO REDESCOBRIMENTO, 2000, SÃO PAULO, SP. Arte do século XIX. Curadoria geral Nelson Aguilar; curadoria Luciano Migliaccio, Pedro Martins Caldas Xexéo; tradução Roberta Barni, Christopher Ainsbury, John Norman. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo : Associação Brasil 500 anos Artes Visuais, 2000. 223 p.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Texto Mário Barata, Lourival Gomes Machado, Carlos Cavalcanti et al. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. 559 p.
  • RUBENS, Carlos. Pequena história das artes plásticas no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1941. 388 p. (Brasilian. Série 5ª: biblioteda pedagógica brasileira, 198).
  • TAUNAY, Afonso de E. A missão artística de 1816. Brasília: Ed. da Universidade de Brasília, 1983. (Temas brasileiros, 34).
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. Pesquisa Cacilda Teixeira da Costa, Marília Saboya de Albuquerque. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. 1106 p. 2v.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • MARC Ferrez. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21644/marc-ferrez>. Acesso em: 23 de Nov. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7