Artigo da seção pessoas George Leuzinger

George Leuzinger

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deGeorge Leuzinger: 1813 | Data de morte 1892 Local de morte: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Aléia das Palmeiras no Jardim Botânico do Rio de Janeiro , ca. 1865 , George Leuzinger
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Biografia
George Leuzinger (Cantão de Glaris, Suíça 1813 - Rio de Janeiro RJ 1892). Fotógrafo. Vem para o Brasil, fixa-se no Rio de Janeiro em 1832. É proprietário da Casa Leuzinger, adquirida em 1840 como papelaria, que depois funciona como oficina de gravura, tipografia e litografia, e onde a partir da metade da década de 1860 instala um ateliê fotográfico. Realiza uma série de fotografias da cidade e das regiões serranas da província do Rio de Janeiro. A Casa Leuzinger destaca-se como centro de divulgação de um repertório de paisagens do país, em gravura e fotografia. Leuzinger ilustra, com Auguste Stahl (1824 - 1877) e Hunnewell, o livro Viagem ao Brasil, 1865-1866, de Louis Agassiz e Elizabeth Cary Agassiz, em 1866. O estabelecimento de Leuzinger tem importância também como casa editorial, que publica, entre outros, o Catálogo da Exposição de História do Brasil, realizada na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, entre 1881 e 1882. Leuzinger participa de quatro edições da Exposição Nacional, no Rio de Janeiro, e das Exposições Universais de Viena, em 1873, de Antuérpia, em 1885, e de Paris, em 1867 e 1887. Sua produção é analisada nos livros Fotógrafos Pioneiros no Rio de Janeiro: Victor Frond, George Leuzinger, Marc Ferrez e Juan Gutierrez, de Pedro Karp Vasquez (1954), publicado pela editora Dazibao, em 1990, e O Rio de Janeiro do Fotógrafo Leuzinger: 1860-1870, de Maria Lucia David de Sanson, Mario Aizen e Pedro Karp Vasquez, publicado pela editora Sextante, em 1998.

Comentário Crítico
George Leuzinger é um dos primeiros fotógrafos a realizar uma coleção de vistas do Rio de Janeiro e de Niterói e também das cidades das regiões serranas fluminenses no século XIX. Como nota a pesquisadora Maria Inez Turazzi, os panoramas do Rio de Janeiro foram elogiados na imprensa francesa por sua qualidade e pela novidade em termos de abordagem. Na opinião do estudioso de fotografia Pedro Karp Vasquez (1954), Leuzinger revela-se um fotográfo atento às possibilidades plásticas da paisagem. Em O Dedo de Deus, em Teresópolis, 1867, enfatiza os volumes das montanhas no plano de fundo e o jogo de luz e sombra no espaço vazio em primeiro plano, criando uma imagem de composição moderna. Já em Ilha das Cobras e em Porto do Rio de Janeiro, ambas de 1867, seguindo uma tradição de pintura de paisagem, adota o procedimento recorrente de colocar em primeiro plano um elemento importante, para acentuar a impressão de profundidade.

Na fotografia Igreja de Santa Luzia, 1867, o enquadramento supreende pelo fato de a construção estar situada à extrema direita do observador, destacando-se o mar que banha toda a frente da Igreja. Em sua produção, Leuzinger mantém diálogo com a pintura do período: essa mesma vista fora mostrada por Hildebrandt (1818 - 1869) em telas de 1844. Já em Arcos, Santa Tereza e Glória, ca.1865, apresenta uma imagem registrada anteriormente também por Victor Frond (1821 - 1881) e pintada por muitos artistas, entre os quais Agostinho da Motta (1824 - 1878).

Realiza também as fotografias de espécies da flora brasileira, que ilustram o livro de Agassiz, intitulado Viagem ao Brasil: 1865-1866. Como nota ainda Pedro Karp Vasquez, essas fotos de plantas, altamente despojadas, como exige a ilustração científica, adquirem atualmente uma intrigante modernidade fotográfica.

Outras informações de George Leuzinger:

  • Outros nomes
    • Georg Leuzinger
    • Georges Leuzinger
  • Habilidades
    • fotógrafo

Obras de George Leuzinger: (11) obras disponíveis:

Exposições (26)

Artigo sobre A Fotografia no Brasil do Século XIX : 150 anos do fotógrafo Marc Ferrez 1843/1993 (1993 : São Paulo, SP)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioA Fotografia no Brasil do Século XIX : 150 anos do fotógrafo Marc Ferrez 1843/1993 (1993 : São Paulo, SP): 11-12-1993  |  Data de término | 11-02-1994
Resumo do artigo A Fotografia no Brasil do Século XIX : 150 anos do fotógrafo Marc Ferrez 1843/1993 (1993 : São Paulo, SP):

Pinacoteca do Estado de São Paulo (Pina_)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (12)

  • BILLETER, Erika. Canto a la realidad: fotografía latinoamericana: 1860-1993. Barcelona: Lunwerg Ed. ; Madrid: Casa de América, 1993.
  • FABRIS, Annateresa (Org.). Fotografia: usos e funções no século XIX. São Paulo: Edusp, 1991. (Coleção texto & arte, 3).
  • FERNANDES JÚNIOR, Rubens; LAGO, Pedro Corrêa do. O século XIX na fotografia brasileira : coleção Pedro Corrêa do Lago.  São Paulo : FAAP, Francisco Alves, 2000.
  • FERREIRA, Orlando da Costa. Imagem e letra: introdução à bibliologia brasileira: a imagem gravada. 2. ed. São Paulo: Edusp, 1994. (Coleção texto & arte, 10).
  • FERREZ, Gilberto. A fotografia no Brasil: 1840- 1900. Prefácio Pedro Karp Vasquez. 2. ed. Rio de Janeiro: Funarte, 1985. 248 p. (História da fotografia no Brasil, 1).
  • KOSSOY, Boris. Dicionário histórico-fotográfico brasileiro: fotógrafos e ofício da fotografia no Brasil (1833-1910). São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2002.
  • KOSSOY, Boris. Origens e expansão da fotografia no Brasil : século XIX. Prefácio Boris Kossoy. Rio de Janeiro: Funarte, 1980. 128 p.
  • MARÇAL, Joaquim (org.). A coleção do imperador: fotografia brasileira e estrangeira no século XIX. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1997. 71 p.
  • SANSON, Maria Lucia David de; AIZEN, Mario; VASQUEZ, Pedro. O Rio de Janeiro do fotógrafo Leuzinger : 1860-1870. Rio de Janeiro : Sextante, 1998.
  • TURAZZI, Maria Inez. Poses e trejeitos: a fotografia e as exposições na era do espetáculo: 1839/1889. Rio de Janeiro: Funarte. Rocco, 1995. 309 p. (Coleção Luz & Reflexão, 4).
  • VASQUEZ, Pedro Karp. Mestres da fotografia no Brasil: Coleção Gilberto Ferrez. Tradução Bill Gallagher. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, 1995. 272 p.
  • VASQUEZ, Pedro. Fotógrafos pioneiros no Rio de Janeiro: Victor Frond, George Leuzinger, Marc Ferrez e Juan Gutierrez. Rio de Janeiro: Dazibao, 1990. (Antologia fotográfica, 3) .

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • GEORGE Leuzinger. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21629/george-leuzinger>. Acesso em: 16 de Dez. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7